Conheça cinco novas tendências nos tratamentos estéticos para 2021

 

 

As tecnologias avançaram e o custo da cirurgia estética tornou-se mais acessível.

O Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão, segundo dados do Euromonitor International. O setor está em constante crescimento, e tudo indica que continuará em ritmo acelerado em 2021.

Atualmente, fazer cirurgia estética, por exemplo, é muito mais fácil se compararmos ao passado. “As tecnologias avançaram e o custo tornou-se mais acessível. Também estamos mais conscientes que quando algo afeta a nossa autoestima, podemos transformar o que não nos agrada”, diz Lorelay Lopes, head de Negócios do UP Consórcios . A executiva lista quais são as cinco novas tendências nos tratamentos estéticos para 2021 e como o Consórcio de Serviços tem contribuído com esta demanda. Confira:

1. Microagulhamento

O procedimento está super em alta no Brasil e consiste num procedimento dermatológico baseado na utilização de diversas agulhas bem pequenas que agem de modo a perfurar as camadas da pele, estimulando a formação do colágeno. Pode ser usado em diferentes tratamentos da pele, como cicatrizes oriundas da acne, estrias, flacidez, calvície e as manchas escuras, inclusive o melasma.

2. Depilação a laser e luz pulsada

A partir deste tratamento estético, destrói-se o folículo piloso, mais conhecido como cravos, retardando ou até inibindo o crescimento do pelo na região da pele em que foi aplicado, assim, a pele fica mais bonita e livre de pelos encravados. O laser e a luz pulsada são tratamentos totalmente seguros.

3. Tratamentos estéticos para homens

Os homens estão cada vez mais atentos às soluções para ter uma boa aparência, além disso, eles reconhecem que isso ajuda a ter sucesso pessoal e profissional. Os números não mentem: em cinco anos, de acordo com a Euromonitor International, as vendas de produtos de cuidados pessoais masculinos cresceram 70% no Brasil, indo de R﹩ 11,66 bilhões, em 2012, para R﹩ 19,8 bilhões, em 2017.

4. Tecarterapia

Trata-se de uma técnica indolor e não invasiva que tem como efeitos fisiológicos: aumentar a produção de colágeno e elastina e espessamento da derme e epiderme, aumentar o aporte de nutrientes, diminuir a viscosidade do edema e líquido intersticial, promover vasodilatação e aumento da circulação sanguínea, aumentar a atividade metabólica e enzimática, promover estimulação nervosa. Este tratamento estético promove resultados rápidos e sua aplicação pode ser realizada em todos os tipos de pele e em qualquer estação do ano.

5. Estética íntima

Temos observado esta tendência acontecendo cada vez mais. Há um maior cuidado e preocupação com a estética íntima, lembrando que não existe um modelo padrão dessa região do corpo humano, mas as mulheres estão interessadas em modificar a aparência, sobretudo no que se refere à flacidez e excesso de pele. A busca por esse tipo de procedimento aumentou cerca de 24% entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018.

Para realizar o sonho de uma cirurgia estética ou reparadora é possível fazer um consórcio de Serviços no UP Consórcios. A carta vai de R﹩ 15 mil a R﹩ 30 mil, parcelado entre 20 e 40 mensalidades. “Outras formas de pagar o procedimento seriam o empréstimo pessoal ou o parcelamento direto na clínica. No entanto, os empréstimos têm juros super elevados e o parcelamento na clínica, além de raro, tira qualquer chance de negociar o valor”, explica Lorelay. “Com o consórcio é possível se planejar com antecedência e pedir um bom desconto, já que o pagamento é sempre feito à vista”, finaliza.

#UPConsorcios
#melasma
#Tecarterapia
#colageno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*