Turismo participa de mobilização em defesa das crianças

Entre as linhas de ação do órgão, destacam-se o apoio à qualificação profissional e a inclusão de vítimas no mercado de trabalho.

Entre as linhas de ação do órgão, destacam-se o apoio à qualificação profissional e a inclusão de vítimas no mercado de trabalho.

Por Deborah de Salles – ASCOM/MTur

Nesta segunda-feira, 18 de maio, Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual Infantil, Vitória (ES) sedia o III Fórum de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. O encontro faz parte de uma série de atividades que serão realizadas na capital capixaba sobre o tema. O objetivo é discutir programas e ações para mobilizar setores envolvidos e interessados em políticas de proteção aos menores, vítimas de violência. O evento está sendo realizado pela prefeitura da cidade, em parceria com o Sesi.

A data foi escolhida após o trágico desaparecimento de uma menina na capital capixaba em 1973. Ela foi drogada, espancada, estuprada e morta aos 8 anos de idade. A exemplo do restante do país, a violência contra as crianças não cessou. No ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde de Vitória notificou 112 casos novos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Desse total, mais da metade (89) era do sexo feminino e 59 estavam na faixa etária de 5 a 14 anos.
 
Na ocasião, o coordenador geral de Proteção à Infância do Ministério do Turismo, Adelino Neto, apresentará o programa que visa a proteção infantil no contexto do turismo. Entre as linhas de ação, destacam-se encontros de mobilização nacional nos principais destinos turísticos do país e o apoio à qualificação profissional e à inserção de vítimas no mercado de trabalho. Adelino também vai divulgar dados de denúncias de violência sexual no país, contabilizados pela Secretaria de Direitos Humanos.

Serão distribuídos materiais como banners, adesivos e cartazes, da campanha Proteja Brasil. A iniciativa, do Governo Federal, estimula o uso do Disque 100, ferramenta gratuita para denunciar, por meio de ligações gratuitas e anônimas, casos e suspeitas de qualquer violação ao direito dos menores.

Ainda na programação do seminário estão previstas apresentações artísticas e culturais, debates, palestras, além da exposição de projetos que englobam a proteção das crianças. Estarão presentes representantes da Promotoria da Infância e Juventude de Vitória, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescentes, da 1ª Vara especializada da Infância e Juventude de Vitória, entre outros.

Ouça áudio do coordenador Adelino Neto sobre a importância de campanhas de conscientização na área.

 
Mobilização

Os participantes devem vestir uma camisa branca e participar de um ato no próximo domingo (17), das 8 às 12 horas. Está prevista uma manifestação na praia de Camburi, próximo ao Clube dos Oficiais.

Deixe um comentário

*