Vendas para o Dia das Mães podem crescer até 3%, diz pesquisa

Ticket médio de compra pode variar entre R$ 100,00 e R$ 200,00; setor de vestuário pode ser o mais beneficiado.

As vendas para o Dia das Mães devem crescer 3% com ticket médio entre R$ 100,00 e R$ 200,00, segundo pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo). Para os lojistas, o crescimento é singelo, porém, há uma esperança para o aumento das projeções para o setor em um período de curto e médio prazo.

Presidente da FCDLESP, Maurício Stainoff
Divulgação

“Considerada a segunda data mais importante para o varejo, as vendas de produtos durante esse período aquecem o setor varejista. Os segmentos que mais podem se beneficiar são: vestuário, como loja de roupas e sapatos; alimentício e floriculturas”, afirma o presidente da FCDLESP, Maurício Stainoff.

A pesquisa foi realizada com a participação das principais CDLs do Estado de São Paulo, que enviaram dados locais, como ticket médio, produtos de maior venda e estratégias de marketing utilizadas.

Região Metropolitana de São Paulo

Na região metropolitana de São Paulo, as expectativas para o Dia das Mães são de um crescimento médio, quando comparadas aos dados de outras cidades do estado. As CDLs de Franca e do Bom Retiro preveem um crescimento de 3%, porém o ticket médio em Franca é de R$ 200,00 a R$ 300,00 e no Bom Retiro R$ 100,00 a R$ 200,00.

No ABC, o movimento é estável, alcançando cerca de 3%, com ticket médio de R$ 100,00 e R$ 200,00, principalmente para os restaurantes e bares. Para o presidente da CDL de São Bernardo do Campo, Marcello Alexandre, as vendas dos presentes via e-commerce podem ser consideradas um ponto forte, visto que grandes lojas estimulam a venda pela internet com preços mais baixos do que presencialmente nas lojas.

Litoral

O otimismo toma conta quando falamos sobre as vendas para o Dia das Mães, as CDLs do Litoral Paulista acreditam em um crescimento de 5% para esse ano.

Segundo as CDLs de Guarujá e Santos o ticket médio esperado pelos comerciantes varia entre R$ 50,00 e R$ 100,00, favorecendo as vendas de roupas, sapatos e acessórios. Para alavancar as vendas, o presidente da CDL de Santos, Camilo Rey, afirma que as inovações nas estratégias de vendas podem ser o diferencial para um fechamento positivo do comércio.

Interior

Em 2018, a CDL de Ribeirão Preto registrou um declínio nas vendas na região atingindo -3,99%, em consequência, a visão para o crescimento das vendas esse ano é mínima. O presidente da CDL da cidade, Paulo César, acredita que o percentual máximo alcançado é de 3% com ticket médio de R$ 100,00 a R$ 200,00, destacando as vendas para o setor de vestuário. Ele ressalta ainda que os descontos nos produtos serão de grande peso para a decisão de compra do consumidor. Para a CDL de Pederneiras, na região de Bauru, as vendas podem crescer 3%, se comparadas a 2018.

#FCDLESP #MaurícioStainoff #CDLs #DiadasMaes

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*