Sobre a brevidade da vida, de Sêneca, para uma vida feliz

Clássico livro do filósofo estoico é lançado em edição bilíngue traduzido direto do Latim.

“Por que reclamamos da natureza? Essa se comporta com bondade; a vida, se você sabe como usá-la, é longa.” Esta ilustre frase de Sêneca, um dos principais nomes da filosofia estoica na história, ajuda as pessoas a compreenderem que as angústias, reclamações, descontentamentos e os problemas humanos não mudaram muito, continuam semelhantes mesmo através dos séculos.

Por mais que as pessoas tenham dificuldades na vida, ainda é possível ser feliz? Essa pergunta sempre esteve nos questionamentos da mente humana. E, o renomado intelectual do Império Romano, afirma que é possível e que o tempo é um ótimo aliado para isso. Na obra Sobre a brevidade da vida, escrita pelo filósofo, advogado e dramaturgo, Lúcio Aneu Sêneca (4 a.C.-65 d.C.), publicada pelo Grupo Editorial Edipro em versão bilíngue Latim-Português, o leitor é convidado a refletir sobre uma questão fundamental para a humanidade: como usar o tempo em favor de uma vida plena e feliz. Tema universal que o homem ainda busca compreender e vivenciar até os dias de hoje.

“Repara naqueles cuja felicidade todos se juntam para ver; são sufocados por sua própria prosperidade. Quantos acham a riqueza um fardo! Quantos perdem sangue por causa da eloquência e necessidade cotidiana de exibir o seu talento!” (Sêneca, P. 19)

Sobre a brevidade da vida apresenta o pensamento de Sêneca de como os humanos não controlam tudo o que está em seu entorno, além de esclarecer a forma de como se é aproveitado ou desperdiçado o tempo de vida que nos foi generosamente concedido. O filósofo ainda sustenta que a existência é proveitosa apenas quando a atenção é voltada para coisas relevantes que farão a diferença na sociedade.

Neste breve ensaio, além do texto original com tradução direta do latim, feita pelo professor Artur Costrino, mestre em Estudos Clássicos e ph.D. em Estudos Medievais, a obra também conta com notas explicativas para facilitar o entendimento dos escritos. Este clássico de Sêneca se posiciona como um dos grandes expoentes da corrente filosófica estoica, ao lado do imperador Marco Aurélio.

Sobre o tradutor: Artur Costrino é Bacharel em Letras (Latim/Português) pela Universidade de São Paulo, mestre em Estudos Clássicos pela mesma universidade, é ph.D. em Estudos Medievais pela University of York, Reino Unido. Atualmente é professor da graduação e da pós-graduação do curso de Letras da Universidade Federal de Ouro Preto, onde desenvolve pesquisa sobre a interação e a transmissão de conceitos retóricos, filosóficos e poéticos desde a Antiguidade até a Renascença.

Sobre o autor: Lúcio Aneu Sêneca viveu no século I d.C e tornou-se um dos mais reconhecidos intelectuais do Império Romano. Atuou como advogado, dramaturgo e escritor. Como filósofo, era um adepto do estoicismo. Era o segundo filho de uma família abastada da região de Córdoba, na Espanha. Foi enviado jovem a Roma, com seus irmãos, para receber a melhor educação. Após os estudos, trilhou uma carreira política, que o levou a tornar-se conselheiro de imperadores e uma das pessoas mais ricas de Roma. Vítima de conspiração após sua aposentadoria do mundo político, foi condenado à execução. Em busca e dignidade, seguiu o exemplo do filósofo Sócrates, recebeu amigos, bebeu veneno e passou seus últimos momentos discutindo a imortalidade da alma.

Serviço:

Editora: Edipro
Assunto: Filosofia
Título: Sobre a brevidade da vida
Autor: Lúcio Aneu Sêneca
Edição: 1ª edição, 2020
ISBN-10: 6556600164

ISBN-13: 978-6556600161
Número de páginas: 96
Preço: R$ 29,90
Pré-venda: AMAZON

#GrupoEditorialEdipro #Sobreabrevidadedavida #LucioAneuSeneca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*