Semana Santa e Páscoa na Tchéquia

 

Mosteiro de Velehrad, Museu etnográfico, Região de Valašsko.

Estamos próximos da Semana Santa e Páscoa, uma época cheia de celebrações por todo o mundo e não é diferente na República Tcheca. Aqui, alguns lugares para se visitar nas datas dessas celebrações ou em qualquer época do ano.

Mosteiro de Velehrad

O mosteiro de Velehrad e especialmente sua basílica representam o centro espiritual da República Tcheca. Aqui começou a ser escrita a história milenar do Cristianismo nesta parte da Europa. É o local onde se realizam anualmente as peregrinações nacionais das quais participam dezenas de milhares de pessoas.

O mosteiro de Velehrad foi fundado no século 13, no sopé das montanhas de Chřibské hory. Sua aparência barroca atual vem de sua reconstrução após o incêndio em 1681 e a parte mais importante do mosteiro é a Basílica de Nossa Senhora da Assunção e de São Cirilo e Metódio, a igreja de peregrinação mais importante da República Tcheca. Em 1990, a basílica de Velehrad foi visitada pelo Papa João Paulo II.

É um dos locais de peregrinação mais importantes da República Tcheca e de 5 a 14 de abril ali serão celebradas as liturgias da Páscoa e da Ressureição.

Veselý Kopec

No museu etnográfico ao ar livre no monte Veselý kopec, perto de Hlinsko, na Boêmia Oriental, você verá como as pessoas viviam quando a eletricidade e as máquinas ainda não existiam.

O conjunto de casas populares do século XIX foi preservado graças ao trabalho de alguns amadores e hoje possui dezenas de edifícios. Planeje sua visita durante um dos eventos, pois o museu estará cheio de energia. Na poética paisagem da serra de Vysočina, você encontrará não só casas de campo de vários tamanhos, mas também monumentos técnicos como uma fábrica de óleo artesanal ou uma máquina para esmagar a casca do abeto para ser curtida.

Divirta-se em uma parada carnavalesca com o limpador de chaminés, com o “espantalho”, vestido com roupas de palha e trazendo saúde e fertilidade às mulheres que guardam uma palha, com o “pastor”, que vai com um urso na procissão ou com os turcos.

A procissão, acontece antes da Semana Santa e está inscrita na lista da UNESCO desde 2010.

De 9 a 12 de abril, todas as casas são decoradas no estilo pascal. Os habitantes locais vestidos ao estilo da época vão explicando os costumes tradicionais das celebrações da Páscoa. Muitos deles foram esquecidos, mas são revividos, uma vez por ano.

Rožnov pod Radhoštěm

A cidade situada no vale do rio Rožnovská Bečva, aos pés da mítica montanha Radhošť, destaca-se pelo ar puro e pelo aroma da madeira. O coração de Rožnov é um museu ao ar livre aonde você pode voltar no tempo. Você pode ver como as pessoas viviam, comiam, bebiam e trabalhavam no século XIX. Você subirá ao mirante que mais parece uma casa de pão de mel, passará pelo antigo balneário e poderá praticar esportes. Visitar Radhošť, onde as culturas pagã e cristã se entrelaçam, é um passeio imprescindível.

O maior e mais antigo museu ao ar livre da Europa Central é um monumento cultural nacional com mais de 100 objetos originais e composto por várias partes. A vila de madeira representa uma pequena aldeia rural do século XIX e início do século XX. Isso permitirá que você tenha uma ideia sobre a vida da época, o artesanato, as autoridades, a igreja, o balneário. A Aldeia Wallachian reproduz uma aldeia real com as suas quintas, moinho de vento, oficina do ferreiro, poços e jardins. O vale do moinho mostra edifícios técnicos em operação. Aqui você pode ver como o tecido é fabricado, o processo de moagem do trigo, prensagem do óleo, trabalho com ferro.

A Páscoa na região de Valašsko é um dos eventos mais representativos da tradição tcheca e é celebrada no museu ao ar livre em Rožnov pod Radhoštěm, na Morávia Oriental. Este ano o festival terá início no dia 3 de abril (sábado) com uma feira de artesanato tradicional. Aí pode-se ver como é a “pomlázka” – uma das tradições tchecas cujas raízes remontam à época pagã. Na segunda-feira de Páscoa, os rapazes fazem “pomlázka”. Isso é: eles vão de casa em casa visitando suas jovens vizinhas e dando-lhes algumas palmadas simbólicas com ramos de salgueiro entrelaçados. Nos tempos antigos, essa prática servia para garantir a fertilidade. Seu significado original desapareceu, mas a tradição é mantida e os jovens sempre ganham algo doce como recompensa.

Descubra outras regiões tchecas na página https://czechtourism.com/br/press/releases/

Visite www.destinotchequia.com para mais histórias, dicas, recomendações e surpresas.

www.visitczechrepublic.com

#SemanaSanta
#RepublicaTcheca
#Pascoa
#UNESCO
#pomlazka

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*