Os verdadeiros influenciadores na nova era online

Apesar da necessidade e da recomendação de usarmos máscaras para nos proteger e proteger o outro, as máscaras, como o perdão do trocadilho, vêm caindo dia após dia.

TENDÊNCIAS. O cenário atual de isolamento social está propondo mudanças significativas no papel dos influenciadores em tempos de pandemia.

Por Ju Ferraz, especialista em networking e conexões reais entre marcas e pessoas.

Ju Ferraz analisa as mudanças.
Quem são os verdadeiros influenciadores dessa nova era online? A gente já vivia essa vida virtual há algum tempo, mas tudo se acentuou durante a quarentena, que ainda estamos vivendo. Qual influenciador de antes (ou de durante essa fase) deve permanecer quando tudo isso passar? Pois vai passar. Eu não tenho essas respostas, mas tenho a minha vivência e de mudanças que ocorreram em mim.

Apesar da necessidade e a recomendação de usarmos máscaras para nos proteger e proteger o outro, as máscaras, como o perdão do trocadilho, vêm caindo dia após dia. E sem as máscaras metafóricas, fica mais fácil de a gente ver quem sim, quem não e quem nunca.

De uma hora pra outra tivemos de ressignificar tudo. Tivemos de entender que o eu, o ego, não poderia mais ser o principal elemento de um influenciador, mas, sim, de que forma o eu pode ajudar próximo. E, mais do que isso, tivemos de entender que só vamos seguir vivos se pensarmos como comunidade.

Os influenciadores que têm me influenciado durante a quarentena não são aqueles que estão preocupados com a barriga que cresceu, com o cabelo branco que nasceu ou com a unha que descascou e não sabe como fazer para viver sem a unha feita. Os influenciadores dessa nova era podem até continuar sendo os influenciadores que já existiam, mas aqueles que entenderam, e de forma rápida, o seu novo papel no mundo.

Os influenciadores dessa nova era online fazem um trabalho digno, não têm vergonha nem pudor de mostrar suas fraquezas, sua realidade, seus medos e angústias e nem tem medo de dividir seu conhecimento. Os influenciadores dessa nova era entenderam que a influência não é causa, é consequência.

Não estou julgando ninguém. Longe de mim, tenho mil falhas, escorregões e portas que abri de forma errada. Estamos todos aprendendo juntos. Mas o que quero dizer é que quem se abriu para o outro, para as dificuldades do outro e pela necessidade de entendermos que somos seres coletivos, e não únicos, é quem vai seguir me influenciando daqui para a frente.

Quero ser influenciado por mulheres que ajudam outras mulheres, que fazem algo por quem tem menos, por pessoas que querem ajudar o planeta a sobreviver. Quero ser influenciada por pessoas que não tem medo de ser a melhor versão de si, por pessoas que me ajudam e quem eu posso ajudar, por pessoas que não soltam a mão de ninguém.Quero ser influenciada por gente que vai nos ajudar a sair dessa e não por quem vai nos fazer afundar ainda mais. Sigamos.

#onovopapeldosinfluenciadores #influenciadores #influencers #novaeraonline #influenciadoreseisolamentosocial #isolamentosocial #juferraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*