O Que Criamos Hoje, Inspira Você A Criar O Futuro

Com esse conceito, Samsung apresenta sua nova Campanha de marca para celebrar os 10 anos da marca Galaxy e sua visão do futuro.

O que o futuro nos reserva? Na década de 1950, Doris Day respondeu a essa pergunta com uma simples letra de canção: “Que Será, Será, Whatever will be, will be” e encorajou uma geração a abandonar suas preocupações e deixar o futuro se desenrolar como pudesse. A visão da Samsung traz o contrário disso, que os avanços e mudanças no mundo são liderados por aqueles que desafiam barreiras para alcançar o impossível.

Nessa linha, a Samsung apresenta a Campanha que celebrará o 10º aniversário dos smartphones Galaxy e estabelecerá a base para a próxima década de produtos inovadores e revolucionários.

A campanha faz uma releitura da letra da canção de Doris Day e sobrepõe a posição de liderança da Samsung: o que criamos hoje permite que o usuário crie o futuro. A campanha baseia-se na filosofia “Do What you Can´t” da Samsung, em um vídeo que destaca potenciais e inovadoras tecnologias – incluindo experiências conectadas entre dispositivos, inteligência artificial, realidade aumentada e novos displays – incluindo a tecnologia de display dobrável da Samsung, que será lançada ainda este ano.

“A campanha foge do convencional ao trazer uma perspectiva sobre o futuro, ao invés de uma retrospectiva. Assim de uma forma leve e irreverente, mostramos como a tecnologia da Samsung estará cada vez mais presente na vida das pessoas”, afirma Loredana Sarcinella, Diretora Sênior de Marketing da Divisão de Dispositivos Móveis da Samsung Brasil.

Seja um usuário empreendedor, um designer de moda ou um gamer de smartphone, a Samsung está abrindo o caminho para a mudança ao levar inovações a uma grande variedade de mercados.

Confira no vídeo como a Samsung está remodelando o futuro para seus usuários:

#Samsung #LoredanaSarcinella #DorisDay #SamsungBrasil #Galaxy

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*