O “Estado do Sol” e o Guia MICHELIN 2024 dão as boas-vindas a nove novos restaurantes estrelados

Três restaurantes com uma estrela Michelin foram adicionados em Miami, quatro em Orlando e dois em Tampa, totalizando 26 restaurantes.

Nove restaurantes se juntaram ao seleto grupo de restaurantes com estrelas MICHELIN na Flórida, quando a seleção de 2024 do Guia MICHELIN Miami, Orlando e Tampa foi recentemte anunciada no hotel Tampa EDITION.

No total, 26 restaurantes foram premiados com estrelas pelos inspetores anônimos do Guia MICHELIN, com o L’Atelier de Joël Robuchon Miami permanecendo no topo da lista com duas estrelas MICHELIN. A seleção deste ano inclui 149 restaurantes e 38 tipos de cozinha com as novas estrelas, incluindo japonesa, peruana, vietnamita e escandinava.

“Desde a chegada do Guia MICHELIN à Flórida em 2022, houve um crescimento significativo no cenário da culinária local do estado, provando que a Flórida é um destino gastronômico líder para viajantes vindos de cidades próximas e distantes”, disse Gwendal Poullennec, Diretor Internacional dos Guias MICHELIN. “Além dos nove novos restaurantes premiados com uma estrela MICHELIN, é com grande entusiasmo que anunciamos pela primeira vez os restaurantes Green Star na seleção, demonstrando o compromisso destes estabelecimentos com uma gastronomia mais sustentável.”

CONFIRA A RELAÇÃO DOS NOVOS RESTAURANTES PREMIADOS COM ESTRELAS MICHELIN!

ORLANDO

Camille (cozinha vietnamita)

O Chef Tung Phan pegou o conceito pop-up e tornou-o permanente neste espaço próximo ao Lago Baldwin. Os lugares no balcão oferecem o menu de degustação vietnamita-francês de dez pratos, enquanto os assentos nas cabines oferecem uma versão reduzida. Com raízes nas técnicas francesas, os sabores vietnamitas recebem aqui um toque refinado. O curry de caranguejo Dungeness é servido com uma concha de tartelete, recheada com carne de siri e misturada com limão, servida por cima da tampa que, quando retirada, revela um curry deliciosamente farto. O salmão sobre macarrão de peixe-trombeta com molho de tamarindo e abacaxi é criativo, mas o melhor talvez esteja reservado para o final. O brioche de batata doce coberto com um sorvete de chocolate “dourado” e molho de café vietnamita é uma finalização elegante para a refeição.

Natsu (cozinha japonesa)

No Natsu, há apenas duas sessões por noite neste omakase intimista, onde um balcão de 10 lugares ocupa uma sala de estilo espartano. As refeições começam com quatro pratos dos chefs Stone e Sky, incluindo chawanmushi e kampachi trufado, servidos com batata palha crocante e vinagrete de trufa Yuzu para uma combinação de sabores inesperada e especialmente memorável. O sushi é impressionante, como é o caso da barracuda com pele com um toque dinâmico de carvão ou do salmão marinado em soja que deixa um sabor doce no paladar. O Toro, extremamente amanteigado, é suave e derrete na boca. A refeição se completa com um Temaki e sorvete.

Papa Llama (cozinha peruana)

O casal Kevin e Maria Ruiz prepara receitas de uma culinária peruana moderna, cheia de ingredientes brilhantes com um toque de elegância, e o menu de degustação de vários pratos é uma forma acessível (e econômica) de provar a sua cozinha. O niguiri dá início à refeição com um aceno inteligente à tradição peruana de fusão japonesa, fornecendo sabores diferenciados com confiança. O Bok Choy é realçado com texturas ousadas e contrastantes, enquanto o rocambole de coxa de frango com molho de pimenta amarela é simplesmente espetacular. Para a sobremesa, os donuts de batata-doce com compota de mirtilos encerram a experiência gastronômica.

Victoria & Albert’s (cozinha contemporânea)

Localizado dentro do complexo Disney, o Grand Floridian Resort é um restaurante disputado para reservas. O ambiente é intimista e o ritmo é o de uma valsa de três horas, orquestrada por uma graciosa equipe de profissionais veteranos. O chef Matthew Sowers cozinha com uma energia contínua e inspira-se em influências que vão da Ásia aos países nórdicos. Pense em tortas delicadas com lagostins da Nova Zelândia, “sanduíches” impressionantes feitos com carpaccio de veado e repolho roxo, e molhos ousados como bordelaise de Coca-Cola de cereja. Outros detalhes como cardápio de águas, um serviço decorativo de café e chá, e uma vasta carta de vinhos impressionam ainda mais.

MIAMI

EntreNos (cozinha contemporânea)

Os chefs Evan Burgess e Osmel Gonzalez estão no comando deste local aberto apenas para o jantar, onde um bem-organizado menu à la carte dá destaque às estações do ano da Flórida (e quase todos os ingredientes vêm do Sunshine State). O espaço eclético tem um toque convidativo e o balcão alto de jantar oferece uma vista privilegiada da cozinha aberta. Aqui, os ingredientes de alta qualidade aliam-se a mãos hábeis. A cobia defumada envelhecida a seco é um exemplo perfeito do que este lugar faz tão bem. Envelhecida a seco durante uma semana, depois defumada e finalizada na grelha, a cobia é servida com um molho beurre blanc de chá Maojian. O flan de abóbora é transformado em sorvete e coberto com pedaços de granola e espuma de café para uma sobremesa tão inesperada quanto deliciosa.

Ogawa (cozinha japonesa)

O chef/coproprietário Masayuki Komatsu marca presença com um omakase que surpreende com uma série de pratos tentadores e uma sequência de niguiri preparados com maestria. Desde filhotes de enguias marinhas com ovo de codorna curado com soja e lulas do recife com molho shiso-miso até filhotes de caranguejo e ovas de arenque ao estilo japonês, este aperitivo de quatro peças é o primeiro sinal de que este não é um típico balcão de sushi. Em seguida, o tempura de lagostim, raiz de lótus e inhame selvagem é acompanhado por um molho espesso feito de cascas de lagostim torradas. Depois dos pratos cozidos, são servidos niguiri com kisu brilhante e equilibrado, ebodai cremoso, lulas cobertas com caviar osetra e anago polvilhado com pimenta sansho, demonstrando a habilidade do chef.

Shingo (cozinha japonesa)

O chef Shingo Akikuni, sempre simpático e acolhedor, retornou, agora de volta à ação atrás de um espaçoso balcão de 14 lugares em Coral Gables. O chef Akikuni e o seu subchef lidam com a multidão sem sobressaltos e até trocam de lado no meio do preparo da refeição. Assim que a sala se enche com o aroma forte de vinagre para misturar ao arroz de sushi, é hora de começar as apostas. Os pescados são provenientes quase inteiramente do Japão, sendo fatiados de forma uniforme e temperados com pouco mais do que uma camada de nikiri. Os chefs também estão atentos às estações do ano, o que é evidenciado por um recente prato especial de atum de alta qualidade da província de Aomori e um saboroso chawanmushi com matsutake.

TAMPA

Ebbe (cozinha contemporânea)

O restaurante homônimo do chef Ebbe Vollmer, localizado no centro da cidade, não é o típico restaurante de Tampa. Elementos escandinavos compõem os pratos daqui, evidenciando a origem sueca do chef, e a culinária é inteligente e confiante, sem exageros. A arte do empratamento ocupa o centro do palco em receitas como o rocambole de beterraba com manteiga marrom e molho de cereja preta. Espargos brancos fermentados beurre monté e espinafres salteados formam uma bela base para um pregado tenro que ganha vida com uma quenelle de caviar de esturjão. O rabo de boi refogado com foie gras grelhado e brunoise de sunchoke é igualmente rico e macio.

Kōsen (cozinha japonesa)

Embora seja um local com dois conceitos (o Kō é um espaço separado para o kaiseki), todos os olhos devem estar voltados para o omakase, que o chef Wei Chen executa com habilidade e precisão. A delicada dourada envolta em brotos com trufa preta raspada oferece sabores diferenciados, enquanto o kamasu frito em tempura, servido com myoga e berinjela doce assada e resfriada, é engenhoso e perfeito. Depois da degustação de alguns pratos, passamos ao niguiri. Há muito carisma e estilo, mas o sushi é tradicional sem muito esforço, como no kinmedai grelhado e depois batido com um pouco de limão.

#Flórida #EstadoDoSol #GuiaMICHELIN2024 #GuiaMICHELIN #RestaurantesEstrelados #Restaurantes #Orlando #Miami #Tampa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*