LATAM retoma seu voo mais longo entre o Chile e a Austrália

Santiago-Melbourne é a segunda rota da companhia para a Austrália e conta com 11 mil quilômetros de distância.

A LATAM acaba de voltar a operar o seu voo mais longo na rota Santiago-Melbourne, com mais de 11 mil quilômetros de distância. A nova operação na Austrália, suspensa desde abril de 2020 em função da pandemia de Covid-19, deve permitir que 10 mil passageiros sejam transportados anualmente entre o Brasil e a cidade australiana. A nova rota reinaugurada em 1º de setembro é operada três vezes por semana em aeronaves Boeing 787-9 com capacidade para 300 passageiros. Até então, a LATAM havia retomado somente a rota Santiago-Auckland-Sydney.

“A LATAM é a única companhia aérea da América do Sul a ter duas opções de voos entre a nossa região e a Austrália. Além da operação que realizamos diariamente para a capital australiana via Santiago e Auckland, agora teremos uma conexão Brasil-Melbourne com duração total de 22 horas”, explica Aline Mafra, diretora de Vendas e Marketing da LATAM Brasil. “Nenhuma companhia conecta o Brasil com o mundo como a LATAM e isso não é diferente no caso da Austrália, um destino multicultural muito buscado por turistas e para oportunidades de trabalho e estudo”.

Segundo Steve Dimopoulos, Ministro do Turismo, Esportes e Grandes Eventos de Victoria, “o retorno da LATAM a Melbourne é um voto de confiança em nossa economia de visitantes, à medida que recebemos mais turistas e estudantes da América Latina e, ao mesmo tempo, impulsionamos as exportações e os empregos locais”.

Os voos da LATAM para Melbourne decolam de Santiago segunda, quarta e sexta-feira à 0h55 (hora local) e pousam no destino às 5h30 (hora local) do dia seguinte. No sentido inverso, decolam de Melbourne terça, quinta e sábado às 12h25 (hora local), com pouso em Santiago às 11h20 do mesmo dia.

#SantiagoMelbourne #ChileAustralia #Chile #Australia #LATAM #Voo @latam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*