GoDaddy destaca 5 tendências em empreendedorismo para 2018

A companhia especialista em ferramentas online para pequenas empresas aponta as principais tendências que empreendedores devem considerar para ajudar seus negócios a crescer.

A visão de retomada do mercado pode ser um bom impulso para empreendedores que querem entrar em 2018 com mais força

GoDaddy, maior plataforma de cloud dedicada a pequenos negócios e empreendimentos independentes, divulgou uma lista com algumas das principais tendências em empreendedorismo que eles veem para 2018, e incentiva empreendedores e pequenas empresas a considera-las para ajudar seus negócios a crescer ao longo do ano.

Segundo uma pesquisa do Sebrae, 82% dos empreendedores acreditam que a retomada do crescimento da economia brasileira começará a partir de 2018. "Essa visão de retomada do mercado pode ser um bom impulso para empreendedores que querem entrar em 2018 com mais força", comenta Valéria Molina, diretora de marketing para a GoDaddy no Brasil. "A GoDaddy acredita que é fundamental que eles estejam antenados às novas ondas e tendências para que eles possam aproveitá-las para ajudar no crescimento de seus negócios", pontua a executiva.

Essas são as cinco grandes tendências destacadas pela GoDaddy para auxiliar os empreendedores e pequenas empresas:

Experiência de compra e valor do produto

Com tanta diversidade de produtos no mercado atualmente, o diferencial de um empreendedor pode ser a forma como ele oferece seus produtos a seus clientes. "É melhor fugir da ideia de commodity e mostrar para seu público-alvo que você está oferecendo algo diferente e único", comenta Molina. "O diferencial de uma marca pode ser o que ela significa para o cliente num nível mais profundo".

A experiência da compra, seja ela online ou física, pode fazer toda a diferença, portanto atendimento personalizado, storytelling e produtos diferenciados voltados a perfis específicos podem ajudar o empreendedor e seus produtos a se destacar.

Geração Z

A geração Y dominou o mercado nos últimos anos. Porém, a partir de 2018, os mais velhos da geração Z estarão com 22 anos de idade e entrando com mais força no mercado de trabalho e cenário de compras. Isso significa que o poder aquisitivo dessa nova geração muito provavelmente irá aumentar daqui para frente, sendo importante focar a comunicação neles também.

Ainda mais do que a geração Y, a Z já nasceu com a tecnologia muito próxima de suas vidas e não conheceram um mundo sem Internet. A interação deles com as redes é diferente e os empreendedores devem prestar atenção em como eles se comportam para ajudar a conversar da melhor forma e atraí-los como potenciais clientes. Eles usam smartphones, realizam compras online e utilizam as mídias sociais como parte de suas rotinas.

Estratégias de Marketing interativo

Com a evolução das mídias sociais, o marketing tradicional pode não ser sempre a forma mais adequada de mostrar uma marca. Atualmente, muitas vezes o cliente verá valor na conversa com a marca. Um bom exemplo foi o caso em que Carter Wilkerson, um adolescente de 16 anos de Reno, Nevada, nos Estados Unidos, tweetou:

"Yo @Wendys how many retweets for a year of free chicken nuggets?"

("Ei, Wendy's, quantos retweets por um ano de nuggets de graça?")

Entrando na brincadeira, a rede de fast food, Wendy's, respondeu dizendo que precisaria de 18 milhões de retweets, uma proposta ambiciosa. Ainda em tom descontraído, Carter aceitou o desafio e pediu ajuda para os usuários do Twitter. Assim, nasceu a hashtag: #NuggsForCarter e o tweet do adolescente é o mais retweetado da história da rede social, ultrapassando a selfie do Oscar de Ellen Degeneres.

"Esse exemplo mostra que pode ser valioso uma conversa entre marca e cliente, podendo incentivar engajamento e melhorar a imagem da empresa", afirma Valéria Molina.

Home office

Formas tradicionais de trabalho estão cada vez menos atrativas. Por exemplo, de acordo com uma pesquisa realizada pela GoDaddy em 2016, 52% dos participantes afirmam que a flexibilidade oferecida por modelos de trabalho autônomo é a maior motivação para que eles queiram trabalhar em empresas que seguem esse tipo de contratação. As pessoas buscam por mais qualidade de vida e flexibilidade, além disso, para o empreendedor que tem menos de 5 funcionários, pode valer mais a pena manter regime de home office integral.

Dessa forma, os gastos com aluguel de sala e contas adicionais podem diminuir e os colaboradores podem fazer os próprios horários e trabalhar de qualquer lugar. Além disso, em cidades grandes como São Paulo, pode ser uma boa alternativa para evitar o estresse do trânsito pesado no dia a dia ou longos períodos de deslocamento, podendo aproveitar esse tempo trabalhando. Hoje existem muitos espaços de coworking que podem ser utilizados de tempo em tempos para reuniões, por exemplo.

Segurança digital

A importância da segurança digital não é novidade, no entanto, o bloqueio de sites no Google Chrome que não possuem Certificado SSL em 2017 indica que o mercado está cada vez mais preocupado com a segurança das informações online. Em adição a isso, com a crescente popularização da Internet das Coisas, a segurança digital está ganhando um destaque extra atualmente, por isso o empreendedor e as pequenas empresas devem estar sempre atentos para tomar ações que ajudam a proteger seu site e os dados de seus clientes.

O ideal é ter um Certificado SSL em seus sites e manter o programa de antivírus e proteção contra malwares atualizados. Em adição a isso, devem monitorar o site de forma contínua e treinar seus funcionários sobre segurança online para o negócio.

Ficar atento às tendências acima pode ajudar os empreendedores e pequenos negócios a crescer e atrair mais clientes em 2018. "Nós da GoDaddy estamos comprometidos em dar apoio a empreendedores e pequenas empresas para aumentar seus negócios online", acrescentou Molina. A GoDaddy oferece ferramentas para a criação e gerenciamento de uma identidade online profissional para pequenas empresas e empreendedores, inclusive ferramentas como: como registro de domínio, hospedagem, Criador de Sites e Loja Online, Certificado SSL, ferramentas de SEO, E-mail da Microsoft Office e entre outros.

Para mais informações sobre os serviços da GoDaddy, acesse: br.godaddy.com/

17 milhões de clientes

A GoDaddy administra a maior plataforma dedicada a micro e pequenas empresas e negócios independentes. Com mais de 17 milhões de clientes pelo mundo e quase 73 milhões de domínios sob gestão, a GoDaddy é onde as pessoas encontram suas ideias de nomes de marca, constroem sites profissionais, atraem clientes e gerenciam seu negócio. A missão da empresa é dar as ferramentas e insights para seus clientes e a habilidade de transformar suas ideias e iniciativas pessoais em sucesso. Para saber mais, favor acessar:www.GoDaddy.com.

HASHTAGS: #empreendedorismo #tendenciasemempreendedorismo #tendenciasemempreendedorismopara2018 #GoDaddy #plataformadecloud #pequenosnegocios #empreendimentosindependentes #ValeriaMolina

Deixe um comentário

*