Frango no Pote, da churrasqueira de casa para o Brasil

Frango no Pote projeta fechar o ano com 74 unidades e faturamento de R$ 30 milhões.

O orientador educacional Carlos Augusto Nepomuceno da Silva trabalhou em uma tradicional escola do Distrito Federal por 21 anos, mas sua verdadeira paixão sempre foi empreender. Em meados de 2012, diante da churrasqueira de casa, Carlão – para os mais chegados – decidiu que havia chegado a hora. O negócio? Vender frango frito via delivery em Arniqueiras –que em 2019 passou a ser uma nova região administrativa do Distrito Federal – onde morava. Logo no primeiro dia de operação, após a divulgação do serviço no Orkut, o telefone tocou cinco vezes. Surpresa total e sinal de que o empreendimento tinha um futuro promissor.

Nascia o Frango no Pote, rede de alimentação que hoje já conta com 23 unidades em operação – três próprias e 20 franqueadas, além de outras 12 em implantação. Presente nos estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Acre, Pará, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Bahia, Mato Grosso e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, a rede é comandada por Carlos Augusto Nepomuceno da Silva Júnior, graduado em Gastronomia, 21 anos, filho de Carlão. “Nosso modo de preparo, diferentemente de outras redes, coloca o paladar e os costumes brasileiros em primeiro lugar”, explica o atual CEO. “Nosso frango é sequinho e crocante por fora e suculento por dentro. Nosso tempero, molhos e farinha são exclusivos.”

Carlos Júnior tinha apenas 14 anos quando começou a ajudar o pai na Frango no Pote. Antes disso, apaixonado por cozinha, ele vendia cookies na escola para ter o seu próprio dinheiro, enquanto sonhava com a Faculdade de Gastronomia, que viria a concluir aos 18 anos, no Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb). Foi quando decidiu viajar para fazer um intercâmbio e aprimorar seus conhecimentos na área gastronômica. Depois de cinco meses, Carlos Júnior voltou ao Brasil e assumiu o cargo de Diretor de Operações e posteriormente CEO da empresa.

Seu pai, que hoje cuida das finanças da rede, viu seu sonho empreendedor materializar-se e ganhar escala em apenas oito anos. Em junho de 2012, com as vendas crescendo dia após dia, Carlão inaugurou a primeira loja física, que se tornou um sucesso entre os brasilienses, já com padrão digno de franquia. Dois anos depois, o Frango no Pote abriu sua primeira loja franqueada, no JK Shopping, e filiou-se à Associação Brasileira de Franchising (ABF). Outros dois anos passaram-se até que, em 2016, a marca já fosse considerada a maior franquia de frango frito do Centro-Oeste. “Sabia que a hora certa de ter meu próprio negócio chegaria”, lembra o fundador. “Apostei todas as minhas fichas no Frango no Pote e não me arrependo.”

Em agosto de 2020, visando à expansão em território nacional, a Frango no Pote passou a integrar o rol de marcas aceleradas pela 300 Franchising Exponencial, empreendimento liderado pelos irmãos Leonardo e Leandro Castelo, fundadores da Ecoville. Em menos de 20 dias de parceria, a rede – que durante a pandemia registrou um crescimento mensal médio de 14% no faturamento – já havia vendido sete novas unidades. Aos franqueados, a marca oferece um cardápio variado, que lhes garante condições de competitividade em várias faixas de horário, operação simplificada – com insumos compartilhados –, amplo suporte logístico e suporte completo na pré e na pós-inauguração.

Até o fim do ano, a projeção é de que a franquia conte com 74 unidades (abertas e implantação) em todo o país, fechando o exercício com faturamento de R$ 30 milhões 50% a mais do que no ano passado. Para 2021, a expectativa é de que outras 50 novas lojas sejam vendidas e implantadas. “Cada empresa em que nos associamos é escolhida cuidadosamente para que possamos dominar o segmento”, diz Ronaldo Camargo, diretor de Marcas da 300 Franchising. “Vimos na ponta o sucesso que os franqueados estão obtendo, a estrutura de suporte da franqueadora e a mentalidade empreendedora dos fundadores e temos certeza de que em breve seremos a maior rede de franquias de frango frito do país e uma das maiores do setor da alimentação.”

Serviço:

Frango no Pote
Investimento: modelo Delivery Express (a partir de R$ 79 mil), Express Completo (a partir de R$ 149 mil) e Shopping (investimento a partir de 258 mil)
Retorno de investimento: 18-36 MESES
Informações: [email protected]

@FrangonoPote #Arniqueiras #ABF #300FranchisingExponencial @Ecoville

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*