Família x política: Mais da metade das pessoas já "perdoou" briga sobre eleição

Estudo da Toluna diz que 52% das pessoas já voltaram a conversar após o segundo turno.

Toda eleição reserva um pouco de polêmica, mas, o sufrágio ocorrido em 2018 no Brasil talvez tenha sido o mais controverso da história do país. Amizades foram desfeitas, famílias brigaram, colegas se desentenderam… Mas, após a definição da disputa para presidente da república, como esses relacionamentos ficaram?

Segundo estudo da Toluna com 533 pessoas, empresa fornecedora líder de insights do consumidor para a economia sob demanda, 37% das pessoas discutiram devido às eleições de 2018. Mas, após o término da disputa, 52% delas contaram que o relacionamento com as pessoas que discutiram já voltou ao que era antes.

Além disso, entre essas pessoas que discutiram, 59% disseram que não valeu a pena brigar com parentes ou amigos por causa da política.

Postagens em redes sociais

A mesma pesquisa ainda perguntou como está o hábito dos brasileiros nas redes sociais, um dos maiores palcos de discussões sobre as últimas eleições. Mas, apesar de discordar ou concordar com o novo plano de governo, a maioria das pessoas (57%) manteve o mesmo volume de publicações, contra 24% que diminuíram e 19% que aumentaram os posts.

Link para o estudo: http://tolu.na/l/Zs8f3RPt2

Nota ao editor

(Pesquisa realizada no dia 6 de novembro de 2018 com 533 pessoas das classes A, B e C, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep – Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$ 1.625 por mês).

#Toluna #sufragio #redessociais

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*