Fábrica de sorvetes de Maringá espanta a crise com solução de vitrine virtual

A Gela Boca teve que encontrar uma plataforma de vendas online de rápida implementação, descomplicada e que resolvesse a questão de atendimento ao cliente.
Ao contratar o Vendizap, a Gela Boca oficializou o delivery da rede de sorveterias e o faturamento chegou a 80% da meta estabelecida antes da pandemia.
A Gela Boca teve que encontrar uma plataforma de vendas online de rápida implementação, descomplicada e que resolvesse a questão de atendimento ao cliente.

O cenário do início das medidas de isolamento social para empreendedores de todo o país era de desespero. Como as empresas sobreviveriam sem poder abrir as portas aos consumidores? O caminho óbvio foi o delivery, mas nem todos estavam preparados para esse novo cenário.

Foi o caso da maringaense Gela Boca, que desde sua fundação, em 2000, comercializa sorvete e açaí para abastecer suas 63 lojas espalhadas no interior do Paraná (Norte, Oeste) e interior de São Paulo. Logo que as medidas de fechamento de comércio não essenciais, a empresa literalmente congelou!

O projeto de delivery já estava sendo estruturado 30 dias antes da pandemia bater à porta por meio da parceria com aplicativos de entregas em domicílio como o iFood. Esse era o caminho mais óbvio, não só para a Gela Boca, mas para milhares de empresários país afora. Nos primeiros dias, o caos se instaurou: as entregas aumentaram exponencialmente, faltavam entregadores, muitos pedidos eram feitos pelo WhatsApp sem qualquer ferramenta de gestão para priorizar pedidos e encantar o cliente. O resultado foi muito aquém do atendimento próximo e personalizado idealizado pela empresa.

Do dia para a noite a maringaense sentiu o impacto financeiro: queda de 60% no faturamento, mesmo com os dias quentes do fim de março e começo de abril, convidativos para se refrescar com um sorvete ou açaí.

A saída para a Gela Boca foi encontrar uma plataforma de vendas online que fosse de rápida implementação, descomplicada e que resolvesse a questão de atendimento ao cliente.

E a solução estava ali pertinho, em Maringá mesmo, um dos maiores polos de desenvolvimento de software do país e atende pelo nome de Vendizap, uma solução para vendas online voltada para a montagem de vitrines virtuais intuitivas e descomplicadas, criada pela Makito Software, que conta com 26 anos de experiência em soluções para o mercado de varejo.

O Vendizap facilita a o cadastramento de produtos, que são feitos rapidamente, sem dor de cabeça ou configurações complicadas. É possível escolher uma URL personalizada para cada vitrine virtual, que, por sua vez, já quase 4 mil criadas com o Vendizap.

Também é possível compartilhar o link da vitrine nas redes sociais e para toda a base de clientes, que escolhem os produtos sem precisar de cadastro. O pedido completo é enviado diretamente para o canal da empresa, com gravação própria plataforma, tornando a venda muito mais fácil e rápida e, ao mesmo tempo, podendo manter a conversação personalizada com o cliente.

O Vendizap também centraliza todos os pedidos realizados em outras redes sociais como Instagram, Facebook ou pelo próprio WhatsApp, na mesma vitrine virtual e pela mesma URL, sem burocracia.

Thiago Ramalho, diretor da Gela Boca, explica que o Vendizap foi uma contratação feliz em meio a um cenário sem precedentes para o varejo brasileiro. “Contratamos versão PRO – Profissional e pudemos realizar diversas personalizações na plataforma com um atendimento extremamente atencioso. Não poderíamos estar mais felizes com a parceria com a Vendizap. Para se ter uma ideia, nosso faturamento está em 80% da meta estabelecida antes da pandemia para o período”, conta o executivo.

A vitrine virtual do Vendizap possibilitou a oferta de todos os 120 produtos do cardápio da Gela Boca – com maior qualidade e quantidade de fotos por produto – e já rendeu outros frutos: em breve o sistema será integrado com a solução de PDV (ponto de venda) da fábrica de sorvetes e funcionará como uma plataforma de automação e virtualização. Com a restrição de número de pessoas nos estabelecimentos comerciais, as filas estão sendo organizadas por meio de QR Code. O cliente escolhe os produtos ainda na fila e só entra para pagar e retirar. O mesmo sistema de QR Code também será usado nas mesas para a realização de pedidos, assim que a pandemia passar e o comércio puder, enfim, reabrir suas portas.

De acordo com o CEO da Vendizap, Luis Marcos Campos, “a parceria com a Gela Boca e foi extremamente positiva para todas as partes e estamos bastante orgulhosos pela implementação. As melhorias e customizações que fizemos para atendê-los serão estendidas para outros clientes. Fico feliz em ver que, assim como colaboramos com a Gela Boca, o Vendizap pode ajudar outros comerciantes a enfrentarem o desafio econômico e, de quebra, ainda fazer as empresas crescerem em meio à crise”.

Para conhecer mais sobre o Vendizap basta acessar https://www.vendizap.com/ e descobrir como uma crise pode significar a descoberta de maneiras mais simples de realizar as tarefas básicas de cada atividade.

#Vendizap #GelaBoca #MakitoSoftware #PDV #QRCode

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*