Entenda as consequências da COVID-19 na saúde capilar

Com diversas variações do vírus, há casos de pessoas que vem lidando com diferentes sequelas após contraírem a doença.

A COVID-19 vem afetando a vida das pessoas do mundo inteiro de diferentes maneiras. Além dos sintomas comuns, algumas pessoas vêm se deparando com outras sequelas após terem contraído a doença, como a queda de cabelos durante semanas ou até meses, dependendo do quadro de infecção que o indivíduo teve.

Para entendermos melhor sobre o problema, conversamos com a terapeuta e tricologista capilar Andréa Estrella, que nos falou um pouco sobre o problema.

“A pessoa começa a perceber os cabelos soltos no travesseiro e no banho. Quando vai pentear, começa a cair de tufos ou fica na escova e isso fica frequente. O problema é que a rarefação capilar na parte frontal é muito rápida, principalmente em mulheres. Então a pessoa vai ficando com o cabelo falho, principalmente nas entradas e no meio. Também pode dar muita coceira”, diz.

Os efeitos capilares causados pela COVID-19 necessitam de uma atenção especial para que não venham a causar danos permanentes na pessoa.

“O quanto antes procurar uma orientação profissional para achar o diagnostico correto, melhor. Além da rarefação, pode-se apresentar uma variação nas fases de crescimento. Há uma grande possibilidade de a pessoa desenvolver eflúvio telógeno, que seria os fios que estão em fase anagenas (fase da produção do fio) migrarem precocemente para a fase telógena (quando o cabelo é liberado e cai do folículo piloso) após a covid, e isso é um problema, pois são poucos centímetros que nascem por mês, então, se a pessoa não procurar um tratamento, vai demorar para recuperar”, conta Andréa.

Além disso, a queda dos fios pode estar associada as mudanças que sofremos em nossas rotinas, como o estresse, a ansiedade e a preocupação causadas pelo isolamento e o medo da infecção.

“A queda acontece após o organismo sofrer algum processo estressante importante ao físico ou mental. O nosso corpo responde parando de mandar nutrientes para o cabelo priorizando os órgãos vitais, dessa forma, os fios param de crescer e caem,” explica a tricologista.

PRODUTOS PÓS-COVID

Linha D.TOX Cattion Cosméticos

Pensando em reduzir esses impactos, a fábrica de produtos capilares do empresário Giba Junior desenvolveu uma linha para garantir a recuperação profunda do couro cabeludo, minimizando os efeitos causados pelo vírus e por outros microrganismos prejudiciais para a saúde capilar.

“Nós tínhamos a necessidade de criar um produto pós-covid para ajudar as pessoas que estavam sofrendo com as consequências da doença nos cabelos, porque aquelas que tomaram antibiótico durante o tratamento da covid-19 ou utilizaram algum medicamento que cause uma variação hormonal, precisam de um fortalecimento para o couro cabeludo. Foi com muitas pesquisas que desenvolvemos uma fórmula eficaz, que remove as impurezas, reconstrói a fibra capilar e devolve todo o fortalecimento”, conta.

A linha, que conta com um shampoo e condicionador, possui agentes de limpeza e tratamento de origem natural que estimulam o crescimento dos fios.

“A dupla D.Tox possui uma composição rica em ativos com ação antioxidante, antimicrobiana e anticaspa, que proporcionam uma limpeza profunda e a regeneração dos fios e couro cabeludo, além de minimizarem a queda de cabelo causada pela covid-19, estresse e ação de microrganismos”, finaliza o empresário.

Andréa ainda nos dá algumas dicas para tratamento com base nos casos que ela vem atendendo. “Em alguns casos, as glândulas sebáceas entram em disfunção, deixando os cabelos mais oleosos. Eu faço uma higienização peeling no couro cabeludo quando não há inflamação. Caso tenha, eu trato a inflamação primeiro e depois entro com o peeling. Regularizo a seborreia e oleosidade por uns dois meses e depois começo o tratamento da queda, que pode durar até 6 meses”, diz.

Por fim, a profissional indica alguns tratamentos para ajudar na recuperação da saúde capilar. “É possível tratar o couro cabeludo com ativos locais, além da utilização de técnicas como o vapor de ozônio, alta frequência, microagulhamento capilar, argiloterapia, fototerapia e vacuoterapia. São diversas as opções de tratamento. Recomendo também fazer uma junção de profissionais caso seja necessário, como a busca por terapeutas capilares, nutricionistas, psicólogos e dermatologistas”, finaliza.

SERVIÇO: 

Rua Dr. Prisciliano Pinto, 2526 – Santos Dumont – São José do Rio Preto/SP
Telefone: (17)3364-0270
Instagram: @cattioncosmeticos

#SaudeCapilarECOVID #LinhaDTOX #CattionCosmeticos #GibaJunior #ProdutosPosCOVID #COVID19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*