As muitas funções da toxina botulínica

 

Novas abordagens e técnicas trazem resultados ainda melhores.

A toxina botulínica possui uma variada gama de utilidades.

A toxina botulínica é um dos procedimentos estéticos mais procurados em consultórios dermatológicos. E à medida que os estudos avançam, surgem novidades a respeito das técnicas de aplicação e utilização do produto. Os dermatologistas Carla Pecora CRM SP- 0078977, do Brasil, e Jani Van Loghem, da Holanda, comentam a respeito.

Quando se trata de áreas de aplicação, a toxina possui uma variada gama de utilidades. Segundo Carla Pecora, a substância pode ser utilizada para a simetrização da abertura ocular a partir da aplicação da toxina botulínica na pálpebra, bem como correção de assimetrias faciais, melhora do design da sobrancelha, e suavização de rugas da porção superior – região da testa – e no pescoço. “Dependendo de como os pontos são distribuídos, conseguimos também mexer no formato do rosto, gerando um afinamento da porção inferior. Isso torna a face mais angulada e promove um melhor contorno da mandíbula” explica.

Poros e flacidez

A médica comenta sobre um estudo recente publicado noJournal of Drugs in Dermatology pelo médicos sul-coreanos Je-Young Park, Soo Ick Cho, Keunyoung Hur e Dong Hun Lee. Eles chegaram à conclusão de que a toxina botulínica reduz a secreção sebácea, diminui o diâmetro dos poros e melhora a flacidez do rosto. Carla Pecora acrescenta ainda a capacidade de a toxina botulínica gerar neocolagênese, que é a produção de novas fibras de colágeno na porção mais superficial da pele.

Há ainda novos insights quando se trata da aplicação da toxina botulínica. A médica explica que realizou um estudo comparando a técnica convencional à ONE21, técnica desenvolvida por ela de aplicação da toxina botulínica purificada. A conclusão é que as pessoas ficam mais satisfeitas quando escolhe a segunda opção, por se tratar de uma técnica individualizada. “Quando consideramos as particularidades do paciente observamos uma melhora de dois pontos na escala de avaliação exigida pelo Food and Drug Administration (FDA), órgão do departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos. Assim, geramos melhores resultados”, afirma. O Dr. Van Loghem menciona também a importância de observar e amplificar a beleza que já existe no paciente. Sendo assim, características intrínsecas ao sexo, idade e anatomia devem ser consideradas a fim de alcançar um resultado mais natural.

O tipo de toxina botulínica é essencial para o sucesso do tratamento. É por isso que, para o desenvolvimento da técnica, a médica considerou uma toxina diferenciada. “A toxina botulínica purificada é o que podemos chamar de toxina target, ou seja, quando injetada permanece no ponto de aplicação e não acomete os músculos adjacentes”. Além disso, a Dra. Carla diz que essa toxina possui baixo risco de provocar imunogenicidade, que é a capacidade de um produto proteico de origem não humana provocar a formação de anticorpos, assim reduzindo a duração da toxina. O Dr. Van Loghem complementa dizendo que o aspecto da pureza é importante porque a substância não apresenta proteínas desnecessárias, o que evita o aparecimento de efeitos adversos e garante resultados mais duradouros.

Por fim, a Dra. Carla conclui dizendo que para obter bons resultados é necessário compreender a necessidade do paciente em vez de optar por abordagem convencional “Percebe-se cada vez mais que um tratamento personalizado é fundamental para melhorar a eficácia da toxina botulínica e deixar os pacientes mais satisfeitos com os resultados”.

#toxinabotulinica
#ONE21
#FDA
#neocolagenese
#toxinatarget

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*