Arte EPIX’S inaugura exposição “Arte, Provocações da Cultura” na terça, 18

A exposição. que vai até o dia 2 de junho, será aberta de forma presencial e gratuita.

Na próxima terça-feira, dia 18 de maio, o Escritório de Arte EPIX’S inaugura a mostra, “ARTE, PROVOCAÇÕES DA CULTURA”, no Espaço Cultural Giostri, em São Paulo. A exposição – que vai até o dia 2 de junho –  será aberta de forma presencial e gratuita, observando todos os protocolos de segurança sanitária para combater a disseminação do COVID-19.

Serão 15 dias de programação com uma mostra histórica associada a cultura, com a curadoria de Chico Cortez, que participará da inauguração falando sobre as obras expostas apresentando e apresentando todo o conteúdo.

A mostra contará com obras de seis artistas plásticos de renome, exibindo obras carregadas de linguagem poética, inspiradas pela literatura, que o curador define como “a arte de replicar, colar e tornar um original”. Ao todo, o acervo trará 19 telas, e intervenções que garantem a originalidade da criação de cada artista.

“Dessa forma, a exposição ‘ARTE, PROVOCAÇÕES DA CULTURA’ trata da forte influência do passado sobre a cultura e do desejo do artista de propor novas leituras sobre o tempo fixado nas cores”, explica Chico Cortez.

CONHEÇA OS ARTISTAS E ALGUNS DOS TRABALHOS DA MOSTRA

CAMILA FERREIRA

A força dos temas urbanos, frequente na pintura de Camila Ferreira, se impõe dentro da arte contemporânea com toda originalidade que lhe é própria.

Porém, no evoluir da obra, há uma revolução abstracionista, uma certa fugacidade nos movimentos e cores da matéria pictural. Percorrendo as artes redescobrindo técnicas e efeitos, da exuberância das cores e a diversidade de olhares e iluminação que só o Brasil tem.

CAROL POCI

A artista, se encontrou depois de percorrer alguns caminhos. Isso inclui a fotografia, nos pincéis marcadores coloridos, retratando suas memórias e a vida.

A arte de Carol Poci, retratada em suas obras super coloridas e iluminadas, magnetiza com naturalidade sempre quando se busca a compressão, papel fundamental em suas telas.

CRISTINA ZILLI

Maria Cristina Zilli, inquieta desde criança aos 8 anos, já ousava pintar retratando seus professores nas últimas folhas de seu caderno, hoje professora para graduação em Artes Plásticas.
Além de artista plástica é Cenógrafa, ilustradora, restauradora,, revela, com sua criatividade, um panorama de combinação de conceitos, ações e estilo, transformando sua energia em obras de arte reais e únicas.

 

IVAN PINHEIRO MACHADO

O trabalho Hiper-realista de Ivan se destaca logo na tentativa de compreender a sutileza de sua arte pictórica, que retrata pedaços do cotidiano que geralmente não são observados. Com isso, o artista Machado cria vida, contrastando a luz e os espaços urbanos em que as edificações e o cotidiano abstraído da presença humana.

LUIZ MACEDO

Luiz Macedo, faz sua arte com simplicidade e uma visão extremamente própria.

Buscou em um curso de aperfeiçoamento na Academia d’Arte di Firenze, Itália, que o trouxe em seu trabalho, um harmonioso conjunto de cores fortes e marcantes, indicando total domínio representativo e técnico.

 

JULIANA TORTORELLI

Juliana Tortorelli, utiliza em suas obras cores exuberantes com efeitos ópticos, atenuando ludicamente os espaços de um universo jovial, fazendo uma arte conceitual destacando-se entre os artistas da nossa contemporaneidade.

Além da sua arte, Juliana milita a propagar a arte e cultura como delegada cultural da cidade de Atibaia -SP,

NILDA IUZ

Nilda luz, cresceu em uma São Paulo bem diferente da que vive hoje, mas que aprendeu a amar com todas as qualidades e defeitos. A artista plástica de 85 anos há 70 deles expressa arte com seus pincéis, tintas e cores seu amor pela maior cidade do país, ela busca vestígios da memória para compor cenas e paisagens de São Paulo, em pinturas figurativas que mexe com abstração com linhas modernas, ela retrata cenas de locais históricos da cidade.

Nilda que estudou na academia Paulista de Belas Artes no Liceu de Artes e ofícios, e no Masp, tem obras no acervo da igreja da Consolata, no Jardim São Bento, bairro na Zona Norte de São Paulo, retratando a “Via Sacra”, também a obra “Madrugada em São Paulo” na Assembleia Legislativa que faz parte do acervo permanente do pátio do colégio. Seus trabalhos são grandiosas telas.

SERVIÇO:

A exposição se estende dos dia 18 de maio ao dia 2 de junho, das 12h00 às 20h00.

Espaço Cultural Giostri – Rua Rui Barbosa, 201- Bela Vista – São Paulo/SP

Enquanto durar o período de medidas ao combate à pandemia de COVID-19, serão respeitados o distanciamento e o uso de máscaras e álcool em gel, dentro doa horários previstos pelas regras sanitárias.

#ArteProvocacoesDaCultura ExposicaodeArte #MostraDeArte #ArtesPlasticas #CamilaFerreira #CarolPoci #IvanPinheiroMachado #LuizMacedo #JulianaTortorelli #NildaIuz #ChicoCortez #Arte #Cultura #Inauguracao #EscritorioDeArteEPIXS #EscritorioDeArte #EPIXS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*