Conheça alimentos que melhoram a disposição

 

Folhas, castanhas e chás estão entre os alimentos que vão fazer do corpo uma usina de energia, segundo nutricionista.

Uma alimentação estratégica é capaz de melhorar a disposição.
Divulgação Shutterstock

Cada vez mais os dias parecem curtos diante do aumento de tarefas. Isso intensificou ainda mais para as pessoas que estão fazendo home office. Muitas vezes, falta energia para deixar tudo em ordem e manter a alta performance no trabalho, nos estudos, e inclusive, na rotina de treino e de autocuidado importantes para o bem-estar da mente e do corpo.

A boa notícia é que uma alimentação estratégica é capaz de melhorar a disposição, acabar com o cansaço e até mesmo com o desânimo. A nutricionista Sthe Venturi, parceira da FIT FOOD, conta que existem alimentos que fornecem mais energia para o corpo, ao contrário de outros que geram fadiga e até mesmo bastante sono. “O alto consumo de açúcar e farinha branca com frequência, pode acarretar não só no aumento de peso, mas como também no rendimento”, conta.

Então, o que comer para ter mais disposição? A nutricionista conta que o caminho é rever hábitos e escolhas alimentares, pois tudo o que é consumido impacta diretamente na performance do dia a dia. “As pessoas demonstram querer mais energia e disposição para fazer as atividades do dia, para praticar esportes ou para brincar com seus filhos”, comenta Sthe.

Confira a lista de 7 alimentos recomendados pela nutricionista que vão fazer do corpo uma usina de energia:

1 – Folhas verdes: além de serem pouco calóricas, folhas verdes são ricas em ferro, cálcio, fibras, magnésio e vitaminas, como A e C. “Ajudam a prevenir a anemia, que é uma das principais causas de fadiga”, diz Sthe. As folhas podem ser consumidas saladas, refogado quentinho ou até mesmo ser adicionadas em sucos. “Um exemplo é o suco verde normalmente feito com folhas de couve e frutas da preferência”, sugere.

2 – Guaraná: é um poderoso estimulante natural, por ser fonte de cafeína. Ajuda a manter o estado de alerta, reduzir o esgotamento físico e melhorar a disposição. “É possível comprar a polpa ou até mesmo comprar o guaraná em pó e adicionar em sucos e vitaminas. Uma ótima pedida de ser incluído no café da manhã para começar o dia com tudo”, recomenda.

3 – Açaí – A fruta açaí, o açaí puro é rico em carboidratos (que dão energia), antioxidantes (que retardam o envelhecimento) e gorduras insaturadas (benéficas para o coração), também se destaca por ser fonte de vitaminas C, B1 e B2. “Mas não vale o açaí que encontramos facilmente por aí – cheio de açúcar, xarope de glicose ou xarope de guaraná e por aí vai”, alerta Sthe. Ela orienta comprar a polpa de açaí, ver se não contém açúcar no rótulo e bater com iogurte ou como um suco mesmo. É uma boa opção pela manhã, no meio da tarde ou até mesmo como um pré-treino.

4 – Oleaginosas – Nozes, amêndoas e castanhas são excelentes fontes de gorduras insaturadas, que fazem bem ao sistema cardiovascular, e minerais, como o selênio. “Auxiliam na redução do estresse, melhoram a memória e aumentam a sensação de energia e foco”, conta a nutricionista. A recomendação é comer como lanchinhos intermediários ou até mesmo triturá-las e consumir como uma “farinha” por cima de frutas.

5 – Peixes – São ricos em ômega 3, como a sardinha, o arenque, o salmão e o atum. “O ômega 3 recebe este sufixo por ser formado por três ácidos graxos, as siglas são: EPA, DHA, e ALA. As substâncias que exercem as funções mais conhecidas do ômega-3 são o EPA e o DHA. O EPA apresenta ação anti-inflamatória, seus principais benefícios estão relacionados à saúde cardiovascular e problemas circulatórios. E o DHA é um ótimo combustível para o cérebro, então está associado mais a capacidades cognitiva e neuronal”, explica. “Um preparo simples para o dia a dia é forrar uma fôrma com papel alumínio ou papel manteiga, colocar as postas de peixes com alguns legumes picados, adicionar ervas e azeite e prontinho! Fácil, fácil”, ensina Sthe.

6 – Chá verde – Fonte de cafeína, a bebida é considerada termogênica, ou seja, ajuda a acelerar o metabolismo, contribuindo para a maior queima calórica, e aumentar a energia. “Esse chá é bastante indicado no processo de emagrecimento”, revela. Pode tomar quente ou gelado e misturar com outras ervas para inovar no sabor.

7 – Gengibre – tem ação anti-inflamatória e antioxidantes. “A raiz melhora a digestão e auxilia no emagrecimento, pois ajuda a manter o metabolismo acelerado e fornece mais disposição”, conta a nutricionista. O gengibre pode ser adicionado no preparo de sucos, chás e receitas.

@FITFOOD
@StheVenturi
#Guarana
#acaí

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*