Valentine’s Day cresce no Brasil e Flores Online espera aumento de 70% nas vendas

Data tradicionalmente americana tem registrado crescimento de 68% ao ano no Brasil.

O Dia de São Valentim tem ganhado cada vez mais força e adeptos também no mercado brasileiro.

Apesar do Dia dos Namorados no Brasil ser em junho, o Dia de São Valentim tem ganhado cada vez mais força e adeptos também no mercado brasileiro. Uma prova disso é a representatividade da data no calendário do varejo que nota uma crescente de sua própria economia durante o Valentine’s Day, comemorado no dia 14 de fevereiro.

“Nos últimos quatro anos notamos um aumento de 68% anual no volume de pedidos para esta data. Esse percentual representa mais que o dobro do crescimento médio que temos apurado no restante do ano. Outro fator que contribui para o aumento do volume de vendas é o aumento dos pedidos vindos de outros países na qual a tradição do Valentine’s já é mais consolidada”, afirma Lucas Buffo, CIO da Flores Online, primeiro e-commerce de flores e presentes especiais do país. Para este ano, a empresa se prepara para um crescimento de 70% no volume de vendas em relação ao ano passado.

Os produtos mais pedidos são os arranjos grande ou médio com rosas vermelhas, acompanhada de chocolates, pelúcias e espumantes. Em 2019 foram mais de 3.500 pedidos com a motivação do Valentine’s Day, já em 2020 as expectativas giram em torno dos 6.000. Para Buffo, a data requer cuidados redobrados por diversos fatores, mas principalmente por terem que lidar com os sentimentos das pessoas envolvidos nos presentes. “Temos que ter uma atenção especial com a preservação dos produtos, pois estamos no auge do verão e o calor pode arruinar as flores e os chocolates, mas nosso setor de logística está atento a isso e desenvolveu alguns processos para que todos os itens cheguem perfeitos”, completa.

Outro fator que gera uma dificuldade e que as marcas como a Flores Online precisam estar preparadas para tirar de letra é a última milha da entrega. “Como se trata de um dia útil, mais de 95% dos envios são realizados em centros comerciais e empresariais o que é um desafio por vários fatores, como o trânsito que é mais intenso próximos a essas regiões, o horário de entrega que deve ser realizada dentro do período comercial, e a restrição de acesso dos entregadores a esses locais”, explica o CIO.

No ano passado a marca registrou um crescimento de 30%, compondo o faturamento do Grupo Flora em R﹩ 32 milhões, e espera repetir o feito em 2020, com a criação de novas categorias, investimento em tecnologia e fechando parcerias estratégicas.

#ValentinesDay #FloresOnline #SaoValentim #DiadosNamorados #GrupoFlora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*