Tudo o que você precisa saber sobre alongamento de unhas

 

Nail designer que atende pelo GetNinjas desmistifica as principais dúvidas sobre as queridinhas do momento.

Com as técnicas, basta decidir qual combina mais com o “mood” do dia.
Foto reprodução.

A fase das unhas roídas e curtas ficaram para trás. Com a correria do dia a dia, fica complicado manter os cuidados com as unhas. Agora, com as técnicas relacionadas ao alongamento de unhas, basta decidir qual combina mais com o “mood” do dia. Para ajudar aqueles que ainda têm dúvidas sobre a moda na ponta dos dedos, a nail designer Liara Godoi de Porto Alegre, que atende pelo GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços do Brasil, dá dicas de como cuidar e optar pelo alongamento ideal. Confira:

Na ponta dos dedos

As técnicas mais conhecidas e mais utilizadas do momento, são os alongamentos em fibra de vidro, acrygel, gel moldado e acrílico. Liara informa que: “As mais populares entre as clientes são as de gel e fibra de vidro, pois permitem uma curvatura mais natural. Além disso, as consumidoras dizem que a fibra de vidro tem maior durabilidade”.

Avanços do mercado nail

As técnicas evoluem e mudam constantemente. De acordo com a Nail Designer, algumas técnicas estão chegando para aumentar a gama de possibilidades para as clientes.

Os pés não ficaram de fora

Acabou o sufoco das unhas curtinhas e desalinhadas! Liara conta que é possível sim manter as unhas dos pés bonitas e alinhadas com alongamento e que diversos profissionais se dedicam a novas técnicas para bons resultados: “Nos pés, utilizo a técnica de fibra de vidro, que tem uma durabilidade maior, sendo a mais adequada devido ao impacto e movimentos dos pés”, explica a profissional.

Cuidados necessários

Assim como os cuidados da pele e dos cabelos são essenciais, com as unhas não seria diferente! É necessário atentar ao tempo da manutenção para evitar a proliferação de fungos e bactérias entre o alongamento e a unha natural. “Cada trabalho tem a sua vida útil com durabilidade entre 18 e 23 dias, dependendo do cuidado da cliente e da técnica utilizada. Isso muda de acordo com o crescimento da unha natural, que varia de organismo para organismo e sobre a manutenção, o ideal é em até duas semanas”, orienta Liara.

Alongamento bem cuidado não é prejudicial

Liara alerta que o alongamento só será prejudicial caso a cliente não respeite o período de manutenção e nem crescimento natural da unha. “O que realmente pode prejudicar é arrancar com a boca ou lixar em casa com um tipo de lixa imprópria para o tipo de alongamento escolhido. Nesse caso, pode haver um descolamento da unha natural ou até um rompimento ou infiltração na unha, e isso pode acarretar fungos. É necessário redobrar a atenção para não se machucar ou bater os dedos sem querer, pois roxinhos de acidente são diferentes da coloração de fungo”, comenta a especialista.

Ainda sobre os cuidados com o alongamento das unhas, a especialista respondeu algumas perguntas sobre o que pode e o que não pode fazer com as mãos. Acompanhe:

Pode digitar com a unha?

Não pode! O ato de digitar com a unha, danifica a estrutura do material, podendo diminuir o tempo útil da técnica. Tente utilizar apenas os dedos para trabalhar com o computador. Nada de “tamborilar os dedos” nos dias de ansiedade.

Pode usar produtos químicos?

Não pode! Produtos químicos em contato com a unha natural e o alongamento podem danificar a base, e abrir fissuras que amoleçam o material. Use luvas para a limpeza pesada mantendo as unhas lindas e perfeitas!

Pode retirar a unha em casa?

Não é recomendado! Caso não queira mais o alongamento, solicite a retirada com os produtos indicados para cada material. O produto que retira acrílico é diferente do da fibra, e esse cuidado é imprescindível para a saúde da unha natural. Além desse cuidado, não tente arrancar a unha, os cantos e a cutícula com os dentes. Evite levar a unha até a boca, pois além de ser perigoso engolir parte do material, é anti higiênico.

#GetNinjas
#LiaraGodoi
#acrygel
#alongamentodeunhas

 

3 Comentarios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*