Ruane Ballmant estreia na minissérie “Dois Irmãos”, com direção artística de Luiz Fernando Carvalho

Artista da cena paulistana, descoberta por meio das mídias sociais, Ruane Ballman tinterpretará uma cantora de cabaré dos anos 20.

Artista da cena paulistana, descoberta por meio das mídias sociais, Ruane Ballman tinterpretará uma cantora de cabaré dos anos 20.

A cantora da cena paulistana Ruane Ballmant foi convidada pelo diretor de elenco, Luiz Antônio Rocha, da TV Globo, para fazer parte da próxima minissérie “Dois Irmãos”. Descoberta por meio das mídias sociais, a equipe buscava uma artista que pudesse compor o elenco, com o perfil de uma cantora de cabaré dos anos 20. Por isso, Ruane Ballmant foi convidada a interpretar a personagem que é uma extensão de “Madame Ballmant”, que a artista criou em 2011 para o show “Je Sui D’aqui”.

Como novo projeto musical em 2011, a artista produziu e gravou a canção Trem das Onze, na versão francesa que originou seu primeiro show solo. Essa performance conquistou um público exigente e formador de opinião, com cenografia e releituras inusitadas da música brasileira e da chanson française. “Quando fui convidada para participar da minissérie, fiquei emocionada. Foi um grande privilégio receber o convite do diretor de elenco, Luiz Antônio Rocha, porque a personagem Madame Ballmant é uma mulher de personalidade forte e marcante”, afirma Ruane.

Com estreia prevista para o dia 9 de janeiro de 2017, a minissérie tem dez capítulos e foi escrita por Maria Camargo, a partir da obra homônima de Milton Hatoum. A história se passa entre os anos 1920 e 1970, em Manaus, e terá no elenco atores e atrizes de peso como: Juliana Paes, Cauã Reymond, Antônio Fagundes, Maria Fernanda Cândido, Eliane Giardini, Lorenço Rocha, Enrico Rocha entre outras celebridades. “Estou muito ansiosa para ver o resultado do trabalho, pois é a minha estreia como atriz na TV Globo. Ver minha personagem ganhar vida numa obra de Milton Hatoum, com direção de ninguém menos que Luiz Fernando Carvalho, foi um presente para a minha carreira. A minissérie Dois Irmãos será um novo marco na teledramaturgia brasileira”, afirma a cantora.

Além disso, Ruane prepara novidades para 2017. Um ensaio fotográfico da artista foi clicado recentemente pelo mestre no assunto, Angelo Pastorello, no estúdio localizado em São Paulo. “Ruane Ballmant é uma artista completa. Ao fotografá-la, num ensaio livre para a produção do seu novo trabalho, percebo que ela tem um talento como cantora e um DNA mutante pouco explorado na fotografia”, afirma o fotógrafo.

Quem é Ruane Ballmant

Ruane Ballmant começou carreira ainda criança, cantando nos coral da igreja que frequentava com seus pais. Aos cinco anos ela teve sua primeira participação em um disco. Nascida na cidade de Belo Horizonte, a artista mineira é filha de cantor gospel e de uma modelista da cidade. Trabalhou como backing vocal de diversos artistas regionais na cidade de Belo Horizonte, e mais tarde ingressou na moda como assistente de estilo.

Em 2004 mudou-se pra São Paulo em busca do aprimoramento da carreira artística, fez laboratório de canto, além de trabalhar como personal stylist da marca Iorane Rabello. Nesse mesmo período Ruane Ballmant se apresentou em bares da noite paulistana, um grande momento e também um divisor de águas na carreira da artista. De 2005 até 2011, trabalhou como backing vocal de vários artistas como: Elza Soares, Leonardo, Aguinaldo Rayol, Jair Rodrigues, Gustavo Lima, Daniel Boaventura entre outros. Essa vivência proporcionou maturidade profissional, a ponto da artista seguir carreira solo. Como novo projeto musical, em 2011 a artista produziu e gravou a canção “Trem das Onze”, na versão francesa que originou seu primeiro show solo em “Je Suis D’Aqui”. Atualmente, essa performance tem conquistado um grande público apaixonado por música brasileira e o estilo ímpar da artista.

Deixe um comentário