Instituto Unidos Pelo Brasil: Atual liberação do comércio ainda é insuficiente para recuperação do emprego

Entidades ligadas ao comércio esperam a reabertura completa de shoppings e comércio de rua sem restrições.

Com o avanço do estado de São Paulo para a fase 4, verde, entidades ligadas ao comércio esperam a reabertura completa de shoppings e comércio de rua sem restrições de horário de funcionamento. “Os shoppings já podem reabrir por 12 horas. Entendemos que a ampliação para 10 horas seja um avanço mas precisamos recuperar o nível de emprego no setor e 120 mil pessoas perderam seu trabalho no comércio durante a pandemia”, diz Nabil Sahyoun, presidente do Instituto Unidos Pelo Brasil.

Desemprego é um temor

A partir de agora, cinemas e teatros podem reabrir as portas com limitação de até 60% do público, o que pode ajudar na recuperação do movimento em centros de compra e no comércio de rua. Dados do IBGE divulgados esta semana, mostram que o país já tem 13,8% de desempregados, a maior taxa em oito anos, sendo que nos últimos três meses durante o fechamento do comércio por conta da pandemia, 5,2 milhões de pessoas perderam trabalho.

A sondagem feita com mais de 70 empresas que representam pontos de venda em todo o país, mostra a preocupação do setor com a sustentabilidade dos negócios que envolvem eventos desse tipo. Atualmente o nível de faturamento do comércio está em 50% do período pré pandemia. “Essa reabertura pode contribuir com a elevação no movimento e faturamento, mas certamente a ampliação total somada aos procotolos já adotados tornarão o shopping e as lojas de rua ambientes seguros para funcionários e para os consumidores”, explica.

Campanha pela reabertura

O Instituto Unidos Pelo Brasil lançou uma campanha de vídeos de conscientização pela retomada do comércio. Nas redes sociais, entrevistas com pequenos empreendedores, lojistas de centros populares de compra e transeuntes nas ruas mostram os efeitos da crise do coronavírus. “Estamos com uma condição confortável em estados como São Paulo e Rio de Janeiro e a retomada tem sido muito lenta. Temos feito reuniões e encontros virtuais com o poder público mas precisamos mesmo acelerar a reabertura da economia ou os resultados serão ainda piores”, finaliza Sahyoun.

#InstitutoUnidosPeloBrasil #IBGE #pandemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*