Entenda a técnica que está diminuindo as bochechas dos artistas

Bichectomia é a nova moda entre as celebridades e promete afinar o rosto em menos de uma hora.

Bichectomia é a nova moda entre as celebridades e promete afinar o rosto em menos de uma hora.

Angelina Jolie, Jennifer Lopez, Kim Kardashian, Madonna, Megan Fox, Victoria Beckham, são exemplos de famosos que fizerem uso do procedimento cirúrgico para reduzir as bochechas e deixar o rosto mais fino. Relativamente comum nos Estados Unidos, a técnica ganhou evidência no Brasil recentemente, pela adesão de diversos artistas. O procedimento cirúrgico age na redução das Bolas de Bichat, que são acúmulos de gordura da face. A técnica é realizada por cirurgiões dentistas e cirurgiões plásticos. “O processo é confortável ao paciente que costuma ter um excelente pós-operatório, sem grandes desconfortos, exceto por um inchaço inicial que tende a diminuição após 48 horas”, comenta o cirurgião dentista Fernando Buranello, sócio da Esthetic Aligner.

Antigamente a principal indicação para a bichectomia era para quem mordia a bochecha, mas a mudança no padrão de beleza fez com que a cirurgia ganhasse destaque pelo lado estético. “O procedimento também é indicado ao paciente que está insatisfeito com o volume das bochechas, com o formato arredondado do rosto, que possui falta de definição da linha da mandíbula e do pescoço e que sente incomodo com as bochechas”, indica o especialista.

O procedimento cirúrgico costuma levar entre 30 a 40 minutos. “Realizamos uma pequena incisão de aproximadamente um centímetro, próxima aos primeiros molares superiores, para se acessar a Bola de Bichat (corpo gorduroso da bochecha). Após a localização do tecido adiposo o mesmo é parcialmente removido e a incisão é fechada com pontos. Os resultados já começam a ser vistos em três semanas, mas o resultado final se mostra após seis meses”, explica o cirurgião dentista.

Segundo o especialista, é fundamental uma correta avaliação e indicação da bichectomia por parte do profissional – “Os possíveis riscos são o comprometimento do ducto da parótida, canal da glândula salivar, ou dos nervos e artérias faciais” – alerta o cirurgião dentista. No dia seguinte ao procedimento, o paciente já pode retornar ao trabalho, mas deve ficar atento a alguns cuidados – “É preciso aplicar uma compressa fria nas primeiras 48 horas após a cirurgia, a alimentação deve ser líquida e pastosa, deve-se evitar tomar sol nas primeiras quatro semanas ou enquanto houver hematomas e o retorno às atividades físicas leves só pode acontecer após duas semanas”, finaliza o Dr. Fernando Buranello.

Deixe um comentário