Doutores da Alegria lança o sexto volume da série Boca Larga, “E, Se…?,”

 

Caderno virtual reúne textos de colaboradores de diversos setores da organização, convidados a escreverem sobre seus sonhos.

Atores e atrizes atuam como palhaços em hospitais.

‘E, Se…?’ é o tema do sexto volume da série Boca Larga, criada pela Associação Doutores da Alegria com o propósito de divulgar a experiência dos atores e atrizes que atuam como palhaços em hospitais, propiciando estudos, pesquisas e qualificação profissional.

A edição virtual, gratuita e disponível no site www.doutoresdaalegria.org.br, reúne 23 artigos escritos por profissionais de diferentes setores da organização, além de dois estudantes da Formação de Palhaços Jovens (FPJ). Cada um deles foi convidado a construir utopias, escrevendo sobre seus sonhos nos tempos atuais.

“A ideia deste ano é exercitar a capacidade de sonhar. A inspiração vem do neurocientista Sidarta Ribeiro, que afirma que sonho precisa de curadoria e que é necessário sonhar coletivamente e falar sobre os sonhos para reestruturas as ideias”, afirma a diretora de Formação da Escola Doutores da Alegria, Lourdes Atié, responsável pela organização e coordenação editorial do projeto.

Originalmente idealizada no formato de um caderno anual, a série Boca Larga foi criada pela associação em 2005 e teve quatro edições, até 2008. Doze anos depois, em 2020, Lourdes Atié propôs resgatar a publicação com um novo olhar, incluindo reflexões de todos os trabalhadores da organização.

Com o tema ‘Boca Larga na Pandemia’, a quinta edição, desta vez virtual, registrou por meio de diversos gêneros textuais, o que estava sendo aprendido em meio a um cenário de tantas mudanças cotidianas e globais.

Roteiro imaginário – Quando os artigos para a edição de 2021 foram recebidos, a coordenação do projeto percebeu que os textos se completavam. Desta forma, a revista foi organizada em uma espécie de roteiro imaginário.

Os primeiros artigos tentam traduzir a indagação ‘E, Se…?’, com as mais diferentes possibilidades. Em seguida, estão os textos que buscam respostas no presente para esse questionamento. Na sequência, o olhar dos colaboradores se volta para descobertas, novas possibilidades e mais indagações, como: “e se a pandemia não passar?” ou “se não tivermos aprendido nada com tudo que vivemos?”. A resposta vem no último bloco, com artigos sobre a nossa humanidade e a arte como resistência.

“Esse roteiro imaginário foi a tradução da edição que fizemos dos artigos recebidos. Mesmo sem qualquer acordo e desconhecendo os demais, todos eles se completam e formam um conjunto que é a cara da Associação Doutores da Alegria”, complementa Lourdes Atié.

A publicação ‘Boca Larga – E, Se…?’ tem editoria de arte e projeto gráfico de Iêda Alcântara, e revisão de José Vladimír Araújo Filho e Ligia Souza. Este ano, a publicação contou com os seguintes colaboradores: Allan Benatti, Ana Flávia, Anderson Machado, David Taiyu, Denis Goyos, Douglas Souza, Elza Maria de Jesus, Gabriel Rosa da Silva, Larissa da Silva Lima, Lourdes Atié, Luciana Viacava, Luis Silva, Marcio Douglas, Nereu Afonso, Nice Vasconcelos, Olga Ferrario, Paola Musatti, Raul Figueiredo, Roberta Calza, Sandro Fontes, Simone Pimentel, Thais Ferrara, Val Pires.

Como ajudar na manutenção da associação Doutores da Alegria? – O trabalho da associação Doutores da Alegria, gratuito para os hospitais, é mantido por doações de empresas e de pessoas físicas, tanto por recursos próprios quanto por recursos advindos por meio das leis de incentivo fiscal. Os recursos das contribuições permitem a continuidade e a expansão das atividades e da estrutura do grupo, a realização de atividades de formação, oficinas e o aprimoramento técnico dos artistas. Para contribuir com a manutenção do trabalho, basta acessar o site www.doutoresdaalegria.org.br ou pelo Facebook (/Doutores)

SERVIÇO:

CADERNO BOCA LARGA – 6ª EDIÇÃO (ONLINE)

“E, SE…?” – DEZEMBRO/2021

Para ler, acesse o link

#AssociacaoDoutoresdaAlegria
#EscolaDoutoresdaAlegria
#PlateiasHospitalares
#BocaLarga

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*