Como desenvolver o Quociente de Adaptabilidade

O QA é a capacidade de prosperar em cenários diversos, conforme a velocidade que as mudanças acontecem.

Na plataforma digital de impulso de carreiras femininas, Todas Group, um tema recorrente é a velocidade em que as mudanças acontecem no mundo e como estar preparada para uma nova e rápida adaptação.

Por algum tempo, muito ouvimos falar da avaliação do QI, o Quociente de Inteligência, e atualmente, a medida que o mundo traz mudanças tão rápidas redefinindo aprendizados necessários, duas outras letras tomaram o lugar de evidência, o QA, que mede o Quociente de Adaptabilidade, a capacidade de prosperar em cenários diversos, um potencial muito ligado às mulheres, que precisam ser multitarefas, flexíveis e adaptáveis.

Segundo um estudo da McKinsey, com a crescente automação do setor produtivo, entre 40 milhões e 160 milhões de mulheres terão de mudar de carreira até 2030. Devido a muitos cargos com a concentração de mão de obra feminina, como atendentes, caixas de supermercado e secretarias, já começaram a ser automatizados. As mulheres terão que passar a estudar e se qualificar em profissões voltadas para a área tecnológica, onde ainda existe baixa participação feminina.

PENSANDO NISSO, A PLATAFORMA TODAS GROUP ELENCOU TRÊS PONTOS IMPORTANTES PARA DESENVOLVER O QA FEMININO:

1. Desapegue do passado e projete o futuro

No lugar de elencar tudo o que você fez, a proposta é elencar o que você fará? Visão de futuro adaptativo é a moeda mais valiosa do momento. O que você já fez te traz experiência de um cenário específico que você já sabe o caminho, mas sabemos bem, principalmente em um momento de pandemia, que os cenários mudam com muita velocidade e antigos caminhos não levam aos mesmos resultados de sucesso do passado, a intenção é forçar seu cérebro a pensar versões diferentes de futuro para se adaptar. A pergunta chave é: E se? Faça o exercício, E SE? O principal componente que você usa na sua rotina de trabalho fosse por lei proibido de ser usado? Como você o substituiria? E SE? O volume financeiro direcionado para execução do seu trabalho fosse bloqueado? Qual recurso você usaria? E SE? Chegasse um potente concorrente que roubasse 50% dos seus clientes? O que você faria? É isso, você já está nesse momento colocando seu cérebro em modo de adaptabilidade prevendo possibilidades para mudanças não esperadas!

2. Troque a exploração pela investigação

Quando encontramos um modelo de sucesso, ficamos tão focados em explorar esse modelo que não enxergamos além dele, investigando mudanças de mercado e possibilidades à frente. A intenção é não ficarmos tão apaixonadas por nossas vitórias a ponto de ficarmos cegas para os movimentos de mercado. Muitas vezes seu sucesso é seu pior inimigo de adaptabilidade. Revise hoje sua vida e trabalho. Qual seu ponto de sucesso que pode estar te deixando cega? Dispa se do seu ego e chame um adolescente para conversar, conte sobre o seu trabalho e esteja aberta para ouvir o que uma geração diferente pensa sobre o futuro do seu trabalho, como consumidor. Esse exercício te fará pensar sobre adaptabilidade futura, e com certeza te trará insights reflexivos.

3. Conheça como você reage

O autoconhecimento tem impacto fundamental em nossas decisões de mudanças. É uma ferramenta incrível que pode te ajudar nesse processo a criar seu caderno de adaptabilidade. Anote nele, cada situação que você teve que se adaptar e qual foi sua reação, valem mudanças grandes ou pequenas, anote todas. Teve atraso de um prazo agendado? Qual foi sua reação? Teve que cancelar um projeto planejado há tempo? Qual seu sentimento inicial? Aumentaram o tempo de um compromisso seu e atrapalhou toda sua agenda do dia? Como você se sentiu? Alguém agiu com você de uma maneira negativa, o que você não esperava? Qual foi sua resposta? Anote todas as mudanças e seu primeiro sentimento, depois volte e escreva como está se sentindo uns dias depois. Aos poucos você irá entendendo seus processos de reações às mudanças e a melhor forma de lidar com elas para reverter as situações de forma positiva para você. Você conseguirá também entender quais os gatilhos são mais fáceis ou desafiadores para você se adaptar e trabalhar isso. E a questão de anotar o sentimento de dias depois trará aprendizados sobre sua resolutividade, facilitando seu entendimento sobre si mesma, para as próximas situações de mudanças e adaptabilidade.

SERVIÇO:

Todas Group

#QuocientedeAdaptabilidade #QA #TodasGroup

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*