Cava Bar – o novo bar de coquetelaria dos Jardins

Instalado no subsolo de um sobrado dos anos 30, o Cava Bar foi inspirado do português cava, que significa pavimento inferior de uma casa, abaixo do nível da rua. Com um clima de bar escondido intimista, a casa chega ao bairro dos Jardins com uma carta de drinks muito bem cuidada com ingredientes de qualidade. “Pesquisamos muito a história de cada coquetel que escolhemos para nossa carta, desde os clássicos até outras populares e contemporâneas” conta Marcela Arone, sócia da casa.

A história do Cava Bar começa pela escolha do local. A casa que abriga o bar foi comprada pela família de um dos sócios, Gianpaolo Granato – que também é arquiteto -, e sempre foi usada como um ponto comercial. Com o passar das décadas, o local acabou sendo desfigurado e pouco se via dessa construção dos anos 1930 que conseguiu sobreviver às especulações do bairro. A família decidiu investir em uma reforma geral, desde o telhado, elétrica, hidráulica até o tratamento dos pisos originais da casa, de peroba rosa. Durante a obra, Gianpaolo se recordou que aquela casa tinha um porão, que havia sido coberto para que o antigo inquilino ganhasse mais uma vaga de garagem, com um escada de acesso somente pelo lado de dentro. Foi então que o arquiteto decidiu escavar o local e recuperou seu acesso para a fachada, através da escada original que foi encontrada.

Nesse momento, o arquiteto vislumbrou a oportunidade de investir em um outro negócio no local, um bar despretensioso no pavimento inferior da casa com coquetéis clássicos e contemporâneos, além de uma boa diversidade etílica (gin, uísque, rum, cachaça, conhaque, licor, bitter, vermute, vinho, saquê, cerveja etc). Foi então que convidou sua esposa Marcela Arone, seu cunhado André Arone e o amigo Fabrizio Guardino para se juntar em sociedade e colocar em prática essa ideia.

Passando pela rua Guarará, o cliente fica atento à pequena placa com um pictograma de uma taça martini que indica a entrada do bar. Depois de descer a pequena escada, o primeiro ambiente comporta um lounge com um balcão de madeira do lado de direito e uma mesa em um segundo plano do lado esquerdo. Seguindo em frente, um corredor onde se encontra o bar com banquetas, de onde se podem ver os coquetéis sendo preparados belo cuidadoso barman Diego Almirante Carvalho. Passando pelo corredor,o segundo ambiente mais descontraído, onde os amigos se encontram bebendo os coquetéis da casa. As paredes são revestidas em madeira com decoração despretenciosa. Completando a decoração, algumas das garrafas de etílicos consumidos no bar viram suporte para arranjos com plantas tropicais.

A carta de coquetéis foi pesquisada pela sócia Marcela Arone e inspirada em vivências nos bares e botequins de São Paulo a diversas cidades mundo afora,   trazendo desde os mais conhecidos e clássicos até sugestões contemporâneas, todos equilibrados pelo barman Diego Almirante Carvalho. Entre os destaques estão Nelson’s blood (conhaque vsop + vinho do porto ruby – R$38), Gin Pesto (gin beefeter ou tanqueray + suco de limão tahiti e siciliano + xarope de manjericão feito na casa + manjericão macerado + xarope de açúcar – R$26), Rabo de galo (cachaça claudionor + bitter cynar + vermute carpano classico – R$26), Cava Cocktail (cava + brandy de Jerez + bitter angostura + cubo de açúcar – R$26), Negroni Tredici (gin tanqueray + bitter campari + bitter cynar + vermute carpano classico – R$26) e Bloody Mary ou Red Snapper (um é feito com vodca, o outro com gin + suco de tomate orgânico feito na casa + suco de limão tahiti + molho inglês + pimenta tabasco + sal – R$26). Todos os xaropes e sucos são elaborados pelo bartender Diego.

A casa ainda possui uma carta de vinhos e uma série de opções etílicas para consumir em dose com os mais variados tipos de uísques, cachaças, licores, biltres  runs, saquês entre outros. E não podiam faltar as cervejas, com opções como Bamberg Weizen, Altbier e Rauchbier (355ml – R$21) e Maniacs Ipa (300ml – R$13).

Para comer, petiscos e pratos como penne crocante com lemon pepper (R$6), ovo marinado no saquê com alga e shimeji (R$16), sanduiche da casa (pão de fermentação natural recheado com carne cozida no vinho com queijo canastra e compota de cebola roxa e balsâmico – R$23), massa da casa (massa fresca feita na casa com molho do dia – R$26), porção de queijos artesanais brasileiro (queijos artesanais que podem ser escolhidos entre canastra, atalaia tulha, zola, minas cerrado e bananal com fatias de pão de fermentação natural – R$23), porção de embutidos artesanais brasileiros (embutidos que podem ser escolhidos entre copa, salame tipo secallona, salame tipo fuet, butifarra catalana, linguiça tipo chorizo espanhol ou linguiça calabresa – R$23).

Serviço:

Cava Bar

Rua Guarará 565, subsolo. Jardim Paulista, São Paulo/ SP.

Deixe um comentário