Brasil promove ações na Alemanha para captação de eventos internacionais

Estande da Embratur na Imex Frankfurt oferece oportunidade a estados e empresas para fechamento de negócios no Turismo de Negócios e Eventos.

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) apresentou nesta semana o vasto potencial brasileiro para o Turismo de Eventos e de Negócios no mercado alemão, durante a realização da IMEX Frankfurt, uma das mais importantes feiras do continente europeu com foco no segmento MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions). Os 16 coexpositores brasileiros que estiveram presentes no estande do Instituto realizaram 400 reuniões de negócios. No total, o evento reuniu mais de 3,5 mil fornecedores de todos os setores da indústria mundial de eventos e convenções.

De acordo com estudo da Embratur, o mercado emissivo da Alemanha tem potencial considerável, especialmente, nos segmentos de Eventos e Negócios (Mice), Ecoturismo e Aventura, além do Turismo Cultural.

Segundo a coordenadora de Relações Públicas e Assessoria de Imprensa da Embratur, Milena Pedrosa, a participação da Embratur no evento é fundamental para fortalecer a imagem do Brasil no mercado alemão como um destino com potencial para viagens corporativas e de incentivo.

“É essencial estarmos presentes e apresentarmos a diversificação da oferta que o Brasil tem a oferecer como destino turístico. No caso do mercado alemão, a meta para 2019 é ampliar a entrada de turistas alemães em 8%. Em 2018, 210 mil visitantes deste país estiveram no Brasil. O alcance da meta poderá implicar em divisas na ordem de US$ 140 milhões”, explica.

A 17ª edição da IMEX Frankfurt contou com a presença de quatro destinos brasileiros – Foz do Iguaçu, São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis que irão realizar, ao todo, seis apresentações para grupos reunirão um universo de 120 profissionais e fornecedores da cadeia do turismo.

Pela primeira vez a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo participa oficialmente de uma feira internacional, em parceria com o Visit São Paulo. O objetivo é aprimorar a captação de eventos e negócios para o destino. As reuniões promovidas, com apoio da Embratur durante a feira, foram responsáveis para o encaminhamento da realização de seis eventos até 2021, com a projeção de geração de negócios da ordem de aproximadamente 500 mil euros. Os congressos previstos abrangem diversas áreas como médica, logística, transportes, recursos humanos, inovação e tecnologia.

Já os encontros de negócios com participação do Rio de Janeiro geraram a possiblidade de captação de mais sete eventos internacionais com foco em ciência e tecnologia. A capital do estado também se prepara para sediar, em 2010, o maior evento global de arquitetura. O 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA 2020 RIO) reunirá cerca de 15 mil arquitetos de todo o mundo e um total de mais de 20 mil pessoas.

O Congresso é realizado pela União Internacional de Arquitetos (UIA) e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). O Rio de Janeiro venceu a concorrência para sediar o evento com grandes destinos, como Paris, na França e Melbourne, na Austrália.

A IMEX Frankfurt integra a Agenda de Promoção Comercial do Turismo Brasileiro no Exterior. O estande do Brasil na feira conta com a presença de agências de convenções nacionais e regionais, grandes empresas hoteleiras, locais para conferências e exposições, linhas de cruzeiro, companhias aéreas, resorts, provedores de tecnologia, especialistas em gerenciamento de eventos e outros. Atualmente, são 21 voos semanais entre Frankfurt, sede da IMEX, com cidades brasileiras como São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e Recife.

#Embratur #IMEX #MICE #UIA #MilenaPedrosa #VisitSaoPaulo #IAB

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*