Turismo corporativo cresce 80% na FlyBy, que já espera faturar R$ 150 milhões em 2024

Os destinos mais procurados pelo público que viaja a trabalho e lazer são Nova Iorque, Lisboa, Orlando e Miami.

A FlyBy Viagens registrou aumento de 80% na venda de viagens corporativas de janeiro a outubro último. Para 2024, a projeção da empresa é faturar R$ 150 milhões apenas com esse nicho. Os destinos mais procurados pelo público que viaja a trabalho, ou que mistura trabalho e lazer são Nova Iorque, Lisboa, Orlando e Miami.

O movimento de retomada, segundo Gianlucca Nahas, co-CEO da empresa, tem relação direta com a volta da realização presencial de feiras, congressos e eventos, uma demanda que ficou represada por conta da pandemia. “É difícil fazer negócios à distância, por videoconferência. Há muitas situações nas quais o contato interpessoal, o olho no olho, faz toda a diferença. As empresas têm realocado o orçamento antes usado em reuniões “bate-e-volta” para a participação em eventos e congressos com o objetivo de integração entre as equipes e networking, o que contribui demais para a retomada dos serviços turísticos corporativos”, explica o executivo.

Empresas de importação e exportação, de comunicação, bancos, fundos de investimentos e indústria farmacêutica são as que mais têm demandado bilhetes aéreos e outros serviços turísticos na FlyBy. A companhia, que era focada na venda de passagens aéreas na classe executiva até o início deste ano, passou a oferecer produtos e serviços que a reposicionaram como um ecossistema completo de viagens. “Poder oferecer ao cliente pessoa física ou corporativo toda uma gama de serviços, desde a compra até o retorno para casa, também nos permitiu ganhar competitividade no preço total da viagem, mesmo em cenários de aumento de passagem, como o que vem ocorrendo nos últimos meses”, completa.

SERVIÇO:

Saiba mais
Instagram: @flybyviagens

#TurismoCorporativo #FlyBy @turismocorporativo #flybyviagens #ViagensTrabalhoELazer @turismocorporativo @flybyviagens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*