Licentia Digital coloca a inovação a favor do meio ambiente

Solução desenvolvida pela startup, que é investida do BMG UpTech, otimiza o cumprimento, pelas empresas, das etapas para o licenciamento ambiental.

A Licentia Digital foi desenvolvida para gerenciar, de maneira simples e eficiente, os processos e projetos ambientais.

Os temas ligados à sustentabilidade ganham força em junho, em função da comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6). Trata-se da principal data do calendário da Organização das Nações Unidas (ONU) para promover reflexões sobre a relevância da preservação dos recursos naturais, ampliando a participação da sociedade nessas pautas. Engajada no assunto, a Licentia Digital, startup investida do BMG UpTech, atua como apoio nos processos de gestão e licenciamento ambiental das empresas e, ao completar dois anos de atuação, tem experimentado um aumento da procura pelos serviços nos últimos meses.

A plataforma online foi desenvolvida para gerenciar, de maneira simples e eficiente, os processos e projetos ambientais, eliminando a necessidade do uso de planilhas e trabalhos manuais. No atual contexto de isolamento social, oferece uma contribuição ainda maior, mantendo a organização dos procedimentos, compromissos com órgãos ambientais, prazos e atividades executadas. “A empresa que utiliza os serviços da Licentia ganha mais transparência interna, trabalha com mais eficiência, amplia a governança corporativa, bem como o controle das ações e do reconhecimento dos riscos ambientais”, argumenta o CEO da startup, Leonardo Santiago.

O licenciamento ambiental é uma exigência da legislação brasileira para empreendimentos ou atividades que empregam recursos naturais ou que possam causar algum tipo de poluição ou degradação do meio ambiente. Assim, aspectos como localização, instalação, operação e expansão desses negócios precisam ser autorizados pelos órgãos competentes. Companhias dos mais variados segmentos – construção, energia, mineração, manufatura, telecomunicações, entre outras – estão sujeitas às regras de licenciamento ambiental.

São procedimentos que envolvem muitas variáveis e prazos para o cumprimento da legislação e das condicionantes ambientais. Em função dessa complexidade, as empresas que não possuem uma gestão eficaz para controlar tudo isso acabam expostas a riscos de multas e até paralisação das operações. A tecnologia oferecida pela Licentia otimiza o fluxo de trabalho e o acompanhamento das métricas para o cumprimentos das exigências ambientais.

No início do ano, foi lançada uma nova versão da plataforma, com melhorias para facilitar o acesso dos usuários. “Nos tornamos uma empresa parceira da Microsoft. Com isso, estamos implementando novas tecnologias dentro do sistema para ampliar nossos serviços e nossa performance. O propósito da Licentia é revolucionar o licenciamento ambiental no país”, destaca Santiago.

A parceria também oferece a tecnologia de Power BI para análise de dados e processamento de informações potencializadas pela plataforma, sem a necessidade de o cliente assinar esse serviço. A ferramenta ainda disponibiliza dashboards interativos, organizações de documentos, controle de condicionantes, alertas automáticos, planos de ação individuais, entre outros serviços. Atualmente, a Licentia Digital conta com clientes como Rio Energy, Guanhães Energia e Fundação Renova. A startup é uma spin-off da WayCarbon.

#LicentiaDigital #BMGUpTech #ONU #WayCarbon #Microsoft

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*