Grupo Leger investe R$ 21 milhões em residencial sênior em SP

Localizado a aproximadamente 20 km da região central da cidade de São Paulo, ao lado do Parque Estadual do Jaraguá, residencial conta com uma completa infraestrutura de atendimento e serviços multidisciplinares em uma região privilegiada, junto à Mata Atlântica.

De olho no crescimento do mercado de cuidados para idosos, o Grupo Leger, que atua no setor de medicina preventiva e cuidados estéticos, investirá R$ 21 milhões nos próximos 3 anos em uma nova proposta de Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Nesta primeira fase do empreendimento inaugurado em maio, o Residencial Senior Leger oferece inicialmente 32 leitos. O projeto de expansão prevê inauguração de novas casas e abertura de mais 120 vagas até 2021.

Localizado em uma área de 110 mil m² vizinha à área de preservação do Parque Estadual do Jaraguá, o local conta com uma completa infraestrutura para oferecer serviços multidisciplinares de alta qualidade, que promovem bem-estar e qualidade de vida e contribuem com um envelhecimento planejado e saudável. Tudo isso dentro de uma das áreas mais arborizadas da cidade, onde as famílias dos residentes também podem usufruir do espaço e da programação de atividades.

O local onde está instalado o Residencial Senior Leger era um tradicional ponto de encontro da elite paulistana nas décadas de 70 e 80, que atualmente é administrado pelo Grupo Leger, empresa que atua há mais de 10 anos no setor de medicina preventiva e cuidados estéticos com unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e praia de Ipojuca, em Porto de Galinhas, onde administra um SPA no ENOTEL Resort.

Totalmente reestruturado para atender às necessidades dos idosos, um dos principais objetivos é estimular o convívio social dos residentes em um ambiente único integrado à natureza, com atividades diárias que auxiliam na ativação das funções cognitivas e motoras e atuam na prevenção de doenças como depressão e demências.

“Nossa missão é manter o idoso ativo, assistido, inserido com seus familiares num contexto que ressalta a natureza, com castanheiras centenárias, árvores frutíferas e uma horta orgânica sob responsabilidade dos residentes, além de promover eventos culturais, musicoterapia e diversas atividades que estimulam e promovem qualidade de vida”, comenta Dra. Nívea Bordin Chacur, geriatra e diretora do Residencial Senior Leger.

Piquenique, aulas de jardinagem, fogão à lenha

O Residencial Senior Leger disponibiliza equipe multidisciplinar com geriatra, enfermeiros, terapeuta ocupacional, nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas que cuidarão do conforto e bem-estar dos residentes.

A estrutura contempla ainda salão para festas e eventos com fogão à lenha, biblioteca, sala de música com piano, restaurante, academia e playground para crianças. “Tudo foi projetado para atender às necessidades dos idosos e também dos familiares e amigos. A ampla área verde existente possibilita, por exemplo, um dia inteiro de atividades com os familiares que inclui piquenique, aulas de jardinagem e ikebana, trilhas, almoço da “fazenda” feito no fogão à lenha, visitas pet, enfim, uma série de atividades que propiciam momentos de descontração e alegria”, salienta Dra. Nívea. “Sabemos a importância do convívio social para manter corpo e mente ativos. A ideia é tornar a visita de familiares e amigos mais prazerosa possível”, finaliza.

O Projeto

Conduzido pelos arquitetos Carlos Mauad e Andrea Dellamonica, que trazem no portfólio Enotel (PE) e BEACH PARK (CE) entre outros, o projeto do Residencial traz o aconchego de uma fazenda, com ambiente bucólico, aliado ao conceito de sofisticação. O casarão principal, construído originalmente em 1879, foi totalmente restaurado dentro desta proposta, porém, muitas características do projeto original foram mantidas.

“Procuramos manter o máximo possível a originalidade do casarão, que tem características arquitetônicas colonial com traços renascentistas, maneiristas, barrocos, rococós e neoclássicos, aliado o paisagismo, a natureza, que envolve e acolhe, transformando toda área em um verdadeiro paraíso. Não mudamos, por exemplo, a cor azul da fachada e de alguns outros ambientes. Além disso, mantivemos os azulejos portugueses que revestiam o salão de festas e os banheiros inferiores”, explica a arquiteta Andrea Dellamonica.

Idosos no Brasil

De acordo com números mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país tem aproximadamente 30,2 milhões de idosos (pessoas com 60 anos ou mais). As mulheres são maioria nesse grupo, com 16,9 milhões (56%), enquanto os homens idosos são 13,3 milhões (44%).

Projeções do IBGE apontam que no ano de 2034, 15% da população será composta por pessoas com mais de 65 anos, número que passará de 20% em 2046. Em 2010 o número era de 7,3%.

#GrupoLeger #ILPI #ResidencialSeniorLeger #IBGE #ENOTEL #BEACHPARK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*