Esmagadora maioria do e-commerce brasileiro aderiu às promoções de Black Friday

Neste ano o internauta viu preços médios cobrados na internet caírem 30,86%, segundo levantamento da BigData encomendado pelo PayPal.

Uma das novidades apontadas pelo estudo é que a Black Friday – sexta-feira que sucede o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos – deixou de ser um dia de “mega” liquidações apenas nos Estados Unidos, para também se tornar um fenômeno brasileiro.

Segundo o levantamento da BigData, encomendado pelo PayPal do Brasil, a esmagadora maioria (89,4%) dos e-commerces brasileiros aderiu à febre de promoções online da data comercial mais expressiva da internet. Entre os grandes e-commerces, com mais de 500 mil acessos por mês, a adesão foi de 100% na Black Friday. Entre os pequenos, com menos de 10 mil acessos mensais, ela chegou a 74,3%.

Os preços ofertados desmentiram os rumores sobre pseudo promoções na web. Eles de fato aconteceram e representaram oportunidades genuínas de descontos praticados pelos e-commerces. Em média, durante a sexta-feira do dia 27 de novembro, os valores cobrados caíram 30,86% – para R$ 372,00 – em comparação aos praticados na internet brasileira quatro semanas antes.

Cyber Monday

As melhores promoções da Black Friday foram encontradas nos grandes sites. Em relação a quatro semanas antes, os descontos oferecidos nos e-commerces de maior porte chegaram a 51,99%, o que correspondeu a um preço médio de R$ 145,00. Já nos pequenos, o desconto médio oferecido foi significativamente menor, ou 20,43%, alcançando a cifra de R$ 440,00.

A Cyber Monday, segunda-feira posterior ao Dia de Ação de Graças, adotada pelo varejo norte-americano para liquidar eletroeletrônicos, também teve adesão entre os e-commerces locais. Promoções online neste dia tiveram a adesão de 63,5% dos sites de vendas online no Brasil. O dia foi recheado de promoções online em 100% dos grandes e-commerces e em 60,10% dos pequenos. Entre os grandes sites, o preço médio cobrado – ou seja, a média obtida a partir de todos os preços coletados – foi de R$ 170,00, um desconto médio de 43,71% frente aos preços cobrados quatro semanas antes. Nos pequenos, o preço médio cobrado foi de R$ 496,00, um desconto médio de 10,31%. 

“Sabemos por outra pesquisa nossa (Ipsos 2015) que o e-commerce brasileiro, incluindo tanto as transações domésticas, quanto as compras de brasileiros em sites no exterior, deverá movimentar 121,2 bilhões este ano, um crescimento de 29% sobre 2014, uma taxa de crescimento expressiva ante ao atual quadro econômico desafiador. Os números da Black Friday confirmam, mais uma vez, o expressivo potencial das vendas online no País”, afirma Paula Paschoal, diretora Comercial do PayPal Brasil.

“O mito de uma Black Friday cheia de promoções falsas caiu por terra. A data tem se firmado – e nossos números comprovam – como o principal momento das vendas online no País”, declara, por sua vez, Thoran Rodrigues, CEO e fundador da BigData.

Metodologia

O processo de captura de dados da internet usado pela BigData prevê o processamento de 2,5 Petabytes semanalmente, extraídos de visitas a mais de 400 milhões de sites, dos quais são obtidos informações estruturadas e seus links. 

1

Segundo o levantamento da BigData, encomendado pelo PayPal do Brasil, a esmagadora maioria (89,4%) dos e-commerces brasileiros aderiu à febre de promoções online da data comercial mais expressiva da internet.

SERVIÇO:

Mais informações sobre o PayPal podem ser obtidas em www.paypal.com e em www.paypal-corp.com, além dos blogs da marca em português e em espanhol. Para mais informações financeiras do PYPL, visite investor.paypal-corp.com.

Conheça mais a BigData Corp. acessando www.bigdatacorp.com.br

Comments are closed.