Unilever inova no segmento de antitranspirantes e lança versão comprimida para as marcas Dove e Rexona

Fruto de 10 anos de pesquisas, novos antitranspirantes oferecem a mesma, proteção, cuidado, preço e rendimento  igual as versões regulares de aerossol, porém em embalagens muito menores. As Variantes comprimidas serão oferecidas nas linhas femininas em todo Brasil a partir deste mês. Produtos utilizam 30% menos de alumínio e 50% menos de gás propelente.

A novidade, que estreia agora no mercado, será oferecida ao público feminino em três variantes de Dove e cinco variantes de Rexona.

A novidade será oferecida ao público feminino em três variantes de Dove e cinco variantes de Rexona.

A Unilever lança no mercado brasileiro uma inovação que revolucionará o mercado nacional de antitranspirantes e contribuirá para o meio ambiente: Os antitranspirantes comprimidos.  Fruto de 10 anos de pesquisas nos laboratórios da empresa na Europa, os produtos oferecem o mesmo rendimento, benefício, eficácia e duração dos antitranspirantes em aerossol regulares, porém, em embalagem menor. A novidade, que estará no mercado a partir de julho, será oferecida ao público feminino em três variantes de Dove e cinco variantes de Rexona pelo mesmo valor das versões regulares, em pontos de venda de todo o País.

Sucesso na Europa, onde foi lançada em 2013, no Reino Unido, a exclusiva tecnologia dos antitranspirantes comprimidos se tornou possível graças às mudanças no sistema de pulverização, que diminui a quantidade de gás necessária para entregar a mesma quantidade de componentes antitranspirantes por aplicação. O resultado é um produto que não altera a forma de uso, oferece a mesma eficácia, design diferenciado, e maior portabilidade para ser levado na bolsa, nécessaire ou mochila em diferentes ocasiões do dia-a-dia.

As mudanças também contribuem para o meio ambiente. Por meio dessa revolucionária tecnologia, as embalagens dos antitranspirantes comprimidos trazem uma redução de 30% de alumínio nas embalagens; 50% de redução de gás propelente (responsável pela saída do produto de dentro da lata); 39% menos caminhões nas ruas; 65% mais produtos acondicionados por pallets e 39% de redução no número de pallets necessários para transportar os produtos, o que entrega uma redução de 30% de impacto no meio ambiente durante o ciclo de vida do produto.

Os produtos oferecem o mesmo rendimento, benefício, eficácia e duração dos antitranspirantes em aerossol regulares, porém, em embalagem menor.

Os produtos oferecem o mesmo rendimento, benefício, eficácia e duração dos antitranspirantes em aerossol regulares, porém, em embalagem menor.

Guia da tecnologia

Para incentivar o mercado a investir no formato, a Unilever vai abrir sua tecnologia para empresas interessadas em produzir os antitranspirantes comprimidos. A empresa fornecerá um guia sobre a tecnologia e colocará seus técnicos à disposição dos interessados nesta fabricação.

“O lançamento dos antitranspirantes comprimidos representam a evolução do mercado de cuidados pessoais no Brasil e um compromisso da Unilever em oferecer aos seus consumidores tecnologias que entreguem o melhor de cada produto de uma forma cada vez mais sustentável. Estamos felizes com este lançamento, fruto de 10 anos de pesquisas e que já é sucesso na Europa. Acreditamos nos benefícios desta inovação para os consumidores e para o meio ambiente. Por esta razão, abriremos nossa tecnologia para outras empresas interessadas em produzir os antitranspirantes comprimidos no Brasil.  É uma forma de mostrar que podemos fazer escolhas sustentáveis todos os dias ”, conta Andréa Salgueiro, vice-presidente de cuidados pessoais da Unilever.

Feitos para conquistar

A proteção de Dove com ¼ de creme hidratante, também estará presente nas versões comprimidas, assim como a eficácia da exclusiva tecnologia Motionsense de Rexona – o primeiro antitranspirante ativado pelo movimento.

“Acreditamos que os antitranspirantes comprimidos conquistarão as brasileiras. O produto não muda o hábito de uso e oferece o mesmo rendimento, preço, proteção, eficácia em uma embalagem menor, mais prática e com design diferenciado. Elas são exigentes, estão antenadas às tendências de beleza, buscam produtos bons, práticos e que possam atendê-las no dia-a-dia e sejam benéficos ao meio ambiente. Com os antitranspirantes comprimidos conseguimos atender a todos estes anseios”, explica Adriana Castro, diretora de marketing de desodorantes da Unilever.  

Antitranspirantes comprimidos

Os antitranspirantes comprimidos serão comercializados em pontos de venda de todo o Brasil a partir deste mês. As embalagens de Dove e Rexona feminino têm 85 ml e preço sugerido de R$16,98 para Dove e R$14,28 para Rexona. Serão três variantes de Dove e cinco de Rexona. Para outras informações sobre os produtos, acesse o site:www.desodorantescomprimidos.com.br

Variantes de Dove Feminino: Dove Original, Powder Soft e Invisible Dry.

1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2

 

 

 

 

 

 

 

3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4

 

 

 

 

 

 

5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Benefícios ambientais dos antitranspirantes comprimidos

Os antitranspirantes comprimidos oferecem uma nova opção de consumo e benefícios ao meio ambiente. A mudança do formato regular para o comprimido foi possível graças a uma tecnologia revolucionária aplicada no sistema de pulverização, que reduz a quantidade de gás necessária para entregar a mesma quantidade de componentes antitranspirantes por aplicação.  Ao comprimir as embalagens os ganhos são*1:  30% menos de alumínio nas embalagens. Redução de 30% na pegada de carbono; 50% de redução de gás de propelente (responsável pela saída do produto de dentro da lata); 65% mais produtos por pallet; 39% de redução no número de pallets; 39% menos caminhões nas ruas. 

Ganhos unitários por embalagem

  1. As reduções de alumínio e CO2 durante toda a cadeia nos permite ganhos incríveis como:
  2. Em CO2: Um carro dando quase 6.000 voltas ao redor da Terra;
  3. Em Alumínio: uma economia de energia suficiente para iluminar quase 40mil salas de aula durante um ano letivo, para 1.600.000 alunos e também 1.200.000 bicicletas.

Cálculos Instituto Akatu, baseados na condição do mercado total migrar para comprimidos

Comments are closed.