Toyota apresenta o FCV, carro movido a hidrogênio, no 28º Salão do Automóvel de São Paulo

Pela primeira vez na América Latina, a Toyota apresenta o mais novo conceito de mobilidade urbana limpa, o FCV, movido a hidrogênio.

Pela primeira vez na América Latina, a Toyota apresenta o mais novo conceito de mobilidade urbana limpa, o FCV, movido a hidrogênio.

A Toyota apresenta o tema “O melhor da tecnologia japonesa no Brasil” no 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, que acontece de 30 de outubro a 9 de novembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP). Com este conceito, o estande com cerca de 2.100 m2, expõe sua visão de mobilidade para o futuro.

Antes mesmo de iniciar a montagem do seu espaço na mostra, a Toyota pisou no acelerador, literalmente. Como um pincel, as rodas com tinta vermelha do bólido inspirado no Novo Corolla, utilizado na Copa Petrobras de Marcas 2014, pintaram um círculo numa superfície de aproximadamente 1.000m2, simbolizando a bandeira japonesa.

Além das diversas atrações estáticas, a Toyota também preparou uma série de atividades interativas e inéditas para o evento. Em uma dessas atividades, os fãs da tecnologia híbrida e aqueles que têm curiosidade sobre o assunto poderão dirigir o Prius dentro do estande da marca, com o auxílio de um simulador operado por um dinamômetro.

Utilizando um conceito global de design, o estande em forma de onda, apresenta os destaques da Toyota em cinco diferentes zonas:

Zona Carros-Conceito

As atrações desta área ficam por conta do FT-1, esportivo-conceito criado como modelo de design para os futuros carros da Toyota e revelado ao público através do jogo “Gran Turismo 6” para os consoles PlayStation, e do FV2, que define a filosofia “Fun to Drive, Again” por conectar-se física e emocionalmente com o motorista. O público poderá apreciar de perto e interagir com estas inovações pela primeira vez em território latino-americano.

Zona Híbrida

O destaque deste espaço e também do estande é o FCV, primeiro veículo do mundo movido a hidrogênio a ser produzido em escala comercial, com lançamento marcado para o início de 2015 nos mercados japonês e norte-americano. Os 750 mil visitantes esperados no Salão do Automóvel poderão conhecer o modelo, que faz sua primeira aparição na América Latina.

Numa ação inédita em toda a história do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, os visitantes poderão acelerar o Prius por meio de um simulador, e atestar os benefícios de suas características ligadas à sustentabilidade.

O test-drive transfere a mesma sensação de direção encontrada nas ruas, utilizando-se de um dinamômetro. Um grande painel de LED simula o movimento do veículo e um visor, disposto no canto superior, exibe o fluxo de energia entre os dois motores e a bateria do modelo aos demais visitantes.

Zona 4×4 (Hilux, SW4 e RAV4)

O grande destaque dos 4×4 da Toyota é a Hilux Limited Edition. A mais nova versão da picape média incorpora, de série, acessórios que transmitem mais robustez e exclusividade. O utilitário esportivo SW4 traz uma novidade em sua linha: uma versão exclusiva, equipada com motor Flexfuel e com capacidade para sete ocupantes. A topo de linha, SW4 SRV Diesel de 7 lugares, também tem novo interior na cor preta.

O RAV4 oferece uma nova opção de pintura para todo o seu line up. A partir de janeiro, os clientes da marca poderão encomendar o modelo 2015 na cor vermelha.

Para entreter o público interessado em veículos 4×4, nessa área serão exibidas duas Hilux especialmente preparadas para o Salão do Automóvel. Uma delas presta homenagem ao Exército Brasileiro, que utiliza o modelo em suas operações em todo o território nacional. A segunda, possui um sistema pneumático que separa a carroceria do chassis, deixando à mostra toda a estrutura de motor, transmissão e suspensão que fazem da Hilux a picape mais robusta e confiável do mercado.

Zona Veículos de Passeio

Nesta área, os visitantes podem conferir o Corolla, sedã médio mais vendido do Brasil, e o Camry, sedã executivo importado do Japão. Além das versões convencionais do Corolla, o público poderá apreciar um modelo especialmente customizado por um dos ícones da moda mundial, o brasileiro Alexandre Herchcovich, unindo o design do novo Corolla às características e tecidos utilizados em suas coleções do “Prêt-à-Porter”.

Zona Etios

Além de conhecer toda a linha 2015, inclusive a recém-lançada versão topo Platinum, um painel touch screen com o tamanho real de um Etios permitirá ao público desvendar em detalhes o compacto da marca.

A tela é dividida em três partes, que simbolizam dianteira, interior e traseira do Etios. Na dianteira, é possível ver um raio x do motor e da performance do compacto. Em seu interior, todos os itens de conforto e conveniência e, na traseira, informações do porta-malas e do sistema de suspensão, por exemplo.

TOYOTA FCV

SSS

O FCV da Toyota está perto de virar realidade no mundo, com lançamento em escala comercial previsto para o primeiro semestre de 2015, no mercado japonês.

Pela primeira vez na América Latina, a Toyota apresenta o mais novo conceito de mobilidade urbana limpa. O FCV, movido a hidrogênio, mostra uma visão de futuro para a sociedade, trazendo tecnologia amigável ao meio ambiente. O veículo é movido pela energia elétrica proveniente da reação eletroquímica entre hidrogênio (combustível pelo qual é alimentado) e oxigênio. Em contrapartida, o sistema libera apenas água por uma válvula localizada na parte inferior do veículo – não há escapamento no FCV.

Em posição de destaque no estande da Toyota, este carro-conceito está muito próximo de se tornar realidade. No primeiro semestre de 2015, o FCV será o primeiro veículo movido a hidrogênio vendido em escala comercial. Os primeiros a serem contemplados com a novidade serão os consumidores do Japão e, logo em seguida, dos Estados Unidos.

Funcionamento

O FCV possui um motor elétrico, uma bateria, dois tanques de hidrogênio de alta pressão, com capacidade máxima de 70 mpa, um conversor elevador de tensão, uma central de comando e a célula combustível a hidrogênio – uma estação localizada no centro do assoalho do veículo. É dentro desta estação que ocorre a reação química para colocar o FCV em movimento.

O veículo capta o oxigênio da atmosfera através de sua entrada de ar frontal e o leva até esta estação, para onde o hidrogênio contido nos dois tanques também é direcionado. Dentro dela, a célula combustível divide o hidrogênio em duas moléculas, gerando uma carga elétrica. Ao mesmo tempo, o oxigênio se une às células de hidrogênio, formando água. A energia elétrica é direcionada ao conversor, que alimenta o motor do FCV, e a água é expelida pela válvula de escape. O motor também é alimentado diretamente pela bateria, recarregada por energia cinética gerada pela desaceleração e frenagem do automóvel.

O FCV possui dois tanques de hidrogênio com autonomia para rodar 700 km sem necessidade de reabastecimento, e atinge velocidade máxima de 170 km/h. A partida a frio, uma das grandes preocupações para viabilizar a nova tecnologia, pode ser feita a – 40ºC. Antes de ser produzido em larga escala, o FCV foi testado em severas condições climáticas, no norte do Canadá e do Japão.

O abastecimento do modelo deve ser feito em postos de hidrogênio, e bastam apenas três minutos para encher os dois tanques. Tanto Japão como EUA, países que receberão o FCV, estão montando uma rede de postos em regiões estratégicas, para viabilizar a utilização do veículo.

Design

O design do FCV foi inspirado na reação que transforma o ar em água. Na frente, as duas entradas acentuadas simbolizam o ar e sua transformação flui pelas linhas laterais, remetendo ao movimento das águas. O desenho termina na traseira, inspirado na popa de um catamarã.

As medidas do FCV foram especialmente elaboradas para comportar, confortavelmente, até quatro passageiros, com entre-eixos de 2.780 mm e comprimento total de 4.870 mm. A altura, com 1.810 mm, e largura, de 1.535 mm, ajudam a manter um alto padrão de estabilidade.

História

Em 1992, a Toyota deu início aos estudos para viabilizar a produção em larga escala de carros movidos a hidrogênio. Após 10 anos, a montadora desenvolveu a tecnologia e colocou poucas unidades de seu FCHV em experimento no Japão. Em 2008, com a versão FCHV-adv, a Toyota deu o primeiro grande passo para a produção em larga escala de um carro movido a hidrogênio, solucionando dificuldades como autonomia e durabilidade. Após diversos testes, o FCHV-adv percorreu sem reabastecimento uma distância de 500 km, entre as cidades de Osaka e Tóquio, e longas distâncias em estradas do Alasca, nos EUA.

Outros testes também foram feitos em grandes eventos no Japão, utilizando o veículo no transporte de turistas. Além disso, a Toyota adotou a tecnologia em ônibus para condução de passageiros entre terminais de aeroportos daquele país.

TOYOTA FT-1

Outro estreante em território latino-americano, o superesportivo-conceito FT-1 também desfilará pelo Salão.

Outro estreante em território latino-americano, o superesportivo-conceito FT-1 também desfilará pelo Salão.

O FT-1, superesportivo-conceito da Toyota, é outro estreante no mercado automotivo latino-americano a marcar presença no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. O conceito é um símbolo que capta elementos de emoção e energia a serem empregados nos futuros projetos de veículos da Toyota.

Seu design é fortemente influenciado pela longa tradição dos carros esportivos da Toyota, que inclui modelos como o 2000GT, Celica, Supra e, mais recentemente, o 86.

O FT-1, nome que resume o conceito de “Future Toyota” (ou Toyota do Futuro), foi concebido pelo Calty Design Research, estúdio de estilo da Toyota baseado nos EUA, para o ambiente de jogo Gran Turismo, do console Play Station, da Sony, há dois anos. O FT-1 saiu da tela e apareceu pela primeira vez em janeiro deste ano, em uma conferência de imprensa para a corrida de Cobo Hall, na cidade de Detroit, EUA.

O conceito é um símbolo que capta elementos de emoção e energia a serem empregados nos futuros projetos de veículos da Toyota.

O conceito é um símbolo que capta elementos de emoção e energia a serem empregados nos futuros projetos de veículos da Toyota.

O conceito em detalhes

A configuração do motor de tração frontal do FT-1 deixa o cockpit em uma posição mais afastada entre os eixos, para melhorar a distribuição de peso. Os para-brisas e vidros laterais nas aberturas da cabine do piloto dão um toque ainda mais agressivo ao conceito.

O interior concentra uma área de trabalho altamente funcional, que concede ao motorista comandos típicos de um volante inspirado nos carros de Fórmula 1. O painel de exibição em forma de delta envolve e integra o piloto para proporcionar uma sensação emocionante de estar conectado ao veículo.

Embora as especificações técnicas não acompanhem o modelo-conceito, pode-se afirmar que o FT-1 detém um motor dianteiro idealmente equilibrado e de combustão interna de alta performance, e tração traseira com tecnologia superior. Debaixo de uma capa de vidro transparente, o motor é exposto, para a imaginação do visitante.

TOYOTA FV2

Toyota FV2, o novo conceito em mobilidade para o futuro, expressa a filosofia "Fun to Drive, Again".

Toyota FV2, o novo conceito em mobilidade para o futuro, expressa a filosofia “Fun to Drive, Again”.

O FV2 é um conceito que expressa literalmente a filosofia “Fun to Drive, Again” da Toyota, nesta edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. O veículo eleva a experiência de direção a outro patamar, por conectar-se física e emocionalmente com o motorista.

Conexão física: o FV2 é comandado por movimentos do corpo do motorista, em vez de usar o volante. Além disso, sua tecnologia permite conexão com outros carros, obtenção de informações em tempo real do tráfego e da área e avisos antecipados sobre veículos em pontos cegos e cruzamentos.

Conexão emocional: a Toyota vislumbra uma relação motorista–veículo em constante desenvolvimento. O FV2 traduz este conceito, ao utilizar reconhecimento de voz e de imagem para determinar o humor do condutor, e sugere destinos e modos de direção para auxiliá-lo. Além disso, com a ajuda da tecnologia de “realidade aumentada”, pelo display do FV2 é possível modificar, entre outras características, a cor da carroceria.

A Toyota desenvolveu um aplicativo exclusivo para smartphones, que permite experimentar a mobilidade do futuro imaginada pelo FV2. O aplicativo “Toyota FV2” pode ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais Play Store e App Store.

HILUX LIMITED EDITION 2015

Nova Hilux Limited Edition foi criada para atender clientes que buscam exclusividade.

Nova Hilux Limited Edition foi criada para atender clientes que buscam exclusividade.

A Toyota lança no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo a Hilux Limited Edition, série especial com base na versão SRV Top Diesel 4×4. A edição limitada foi criada para atender clientes que buscam exclusividade, além dos reconhecidos conforto, robustez e desempenho do modelo.

A picape média chega ao mercado com um novo pacote de acessórios. Na parte frontal, a versão ganhou mais proteção ao para-choque com a instalação de uma capa nas cores preto e cinza, aumentando ainda mais a sensação de robustez.

Nas laterais, a Hilux Limited Edition agrega novas rodas aro 17”, em tonalidade preto fosco, e adesivos personalizados, que também se prolongam pela traseira. Na caçamba, a Hilux traz santantônio Sport cromado com protetores laterais em preto, além de capota marítima de lona. Na parte interna, jogo de tapetes exclusivos e soleira cromada personalizada completam o pacote de acessórios.

A Hilux Limited Edition terá 3 mil unidades à venda no mercado nacional, e estará disponível a partir de novembro, nas cores preto e branco, em todas as 145 concessionárias da Toyota.

Outra versão, a Hilux SRV Flexfuel 4×2 com transmissão automática, recentemente apresentada no Brasil, também tem vendas marcadas para novembro. Como diferencial, uma opção de tração ao line up Flexfuel, que contava apenas com a 4×4. Ao todo, a linha Hilux diesel e Flexfuel tem 14 versões para atender ao amplo perfil do consumidor de picapes médias.

SW4 2015

A Toyota inova no mercado nacional de SUVs médios Flexfuel, com uma exclusiva versão de seu utilitário esportivo SW4 2015, exposta no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

Criado sobre a versão SR Flexfuel de 5 lugares, a Toyota apresenta o SW4 SR Flexfuel com 7 lugares, uma versão inédita para esse segmento. Ao todo, a linha SW4 diesel e Flexfuel conta com seis versões.

Outra novidade é a versão topo de linha SRV Diesel com 7 lugares, que agora oferece a opção de acabamento interno na cor preta, além da bege. As vendas têm início a partir de novembro.

RAV4 2015

RAV4 agora conta com line up na opção vermelha.

RAV4 agora conta com line up na opção vermelha.

A Toyota apresenta uma prévia da linha 2015 do utilitário esportivo RAV4, com a opção de pintura na cor vermelha, refletindo um toque de requinte a mais ao veículo. A nova configuração chegará ao mercado a partir de janeiro.

Desde o início deste ano, o utilitário esportivo RAV4, pioneiro por combinar características de uso misto (on road e off road), conta com três versões: 2.0L de 145 cv, 4X2 e câmbio CVT com modo sequencial de 7 velocidades; 2.0L de 145 cv, 4X4 e câmbio CVT com modo sequencial de 7 velocidades; e a topo de linha, 2.5L de 179 cv, 4X4 e câmbio automático Super ECT de 6 velocidades, com modo sequencial e inteligência artificial.

Para as versões 4×4, destaque para o sistema multimídia com tela sensível ao toque com GPS, leitor de DVD e hotspot wi-fi, para acesso à internet pelo celular. Para a topo de linha, as rodas aro 18” com design exclusivo e detalhes na cor preta, que realçam a sofisticação e a esportividade do RAV4.

PRIUS 2015

O Prius, veículo híbrido mais vendido no mundo, é protagonista de ação inédita da Toyota no Salão do Automóvel de São Paulo. Os fãs da tecnologia híbrida e aqueles que têm curiosidade sobre o assunto poderão dirigir o modelo no estande da marca, com o auxílio de um simulador operado por um dinamômetro.

O test drive irá transferir a mesma sensação de direção encontrada ao conduzir o Prius nas ruas. Um grande painel de LED simulará diversas condições de tráfego, tornando a experiência muito próxima da realidade. Além disso, um visor, disposto no canto superior do painel de LED, se abrirá para mostrar o baixo consumo de combustível do modelo.

O silêncio do Prius e seus baixos índices de emissões de poluentes permitem o funcionamento do seu motor dentro do Salão do Automóvel, algo restrito pela organização do evento. Até 40 km/h, o modelo, equipado com um motor elétrico e outro a gasolina, roda exclusivamente utilizando a eletricidade. Em velocidades superiores, os propulsores funcionam de maneira sincronizada, com o menor uso possível da versão a combustão (gasolina).

O Prius ainda regenera a energia gerada pelas frenagens, transformando esse calor em eletricidade que, por sua vez, alimenta as baterias responsáveis pela energia do motor elétrico.

Apresentado em 1997, o Prius foi o primeiro modelo híbrido do mundo produzido em escala comercial. Em setembro deste ano, a família Prius contabilizou mais de 4,7 milhões de unidades vendidas em todo o mundo, desde o seu lançamento. Ao todo, a Toyota já comercializou, mundialmente, 7.053.000 veículos híbridos.

Os híbridos da marca japonesa contribuíram para redução de cerca de 49 milhões de toneladas nas emissões de CO2, se comparados ao mesmo número de veículos tradicionais. Além disso, 95% do Prius são recuperáveis, 85% são recicláveis, e 95% dos componentes da bateria de alta voltagem podem ser reutilizados.

COROLLA 2015

A Toyota apresenta a linha 2015 do Corolla, veículo mais vendido na história da indústria automobilística mundial. São mais de 40 milhões de unidades comercializadas nos cinco continentes, desde 1966, ano da sua primeira geração. Lançado em março deste ano, em poucos meses já se tornou líder absoluto no segmento de sedãs médios.

Desde sua chegada ao mercado, o Novo Corolla estabeleceu outro patamar no segmento de sedãs médios do Brasil, sendo o primeiro a conquistar a classificação do Latin NCap de 5 estrelas para passageiros dos bancos dianteiros e 4 estrelas para os do banco traseiro.

Somado ao alto nível de segurança, o Corolla 2015 une qualidade construtiva única, design elegante e moderno, powertrain de última geração, pacote de equipamentos de conveniência exclusivo, amplo espaço interno e itens de segurança que excedem os parâmetros encontrados em veículos da mesma categoria. Tudo isso reforçado pelo alto padrão Toyota de Qualidade, Durabilidade e Confiabilidade.

São quatro versões do Novo Corolla: GLi 1.8L com transmissão manual de seis velocidades; GLi 1.8L com transmissão automática Multidrive, que simula sete velocidades no modo Drive e no modo sequencial, por meio de trocas na alavanca de transmissão; e XEi e Altis, ambos 2.0L e equipados com transmissão automática Multidrive, que simula sete velocidades no modo Drive e ainda oferece ao motorista trocas de marchas manuais no modo sequencial, tanto na alavanca do câmbio quanto por meio de borboletas localizadas atrás do volante.

ETIOS 2015

Em setembro, a Toyota apresentou a linha Etios 2015, com novos itens de conforto e conveniência. Destaque para a versão topo de linha Platinum, que agrega central multimídia com navegador, câmera de ré, sistema com reprodução de DVD e TV digital.

Atualmente, a família Etios possui nove versões, sendo cinco hatchbacks e quatro sedãs, para atender aos diversos perfis de clientes que prezam pelos reconhecidos pontos fortes do produto, como excelente desempenho, economia de combustível, amplo espaço interno, segurança e qualidade, durabilidade e confiabilidade da marca Toyota.

A linha Etios 2015 se apresenta nas versões X, XS, XLS e Platinum, nas carrocerias hatchback e sedã, com transmissão manual de cinco velocidades e motores de 1.3L (versão X) e 1.5L (demais versões) 16V Flex . Todas as versões do sedã contam com a motorização 1.5L 16V Flex. Há ainda a versão Cross, disponível na carroceria hatchback, com motorização 1.5L 16V Flex, equipado com transmissão manual de cinco velocidades.

Toda a gama Etios, desde a versão X, oferece uma lista de equipamentos, única em modelos de entrada, composta por air bag duplo frontal e freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), cinto de segurança com pré-tensionador e limitador de força, direção eletroassistida progressiva, ar-condicionado, vidros e travas elétricos. Foram adicionados, ainda, a partir da versão X, novo indicador do nível de combustível, que inclui também relógio digital, volante com o mesmo design do Novo Corolla 2015 e do Camry, acabamento em tecido nas portas e maçanetas com detalhes cromados. Traz preparação para instalação de som na traseira, assento do motorista com regulagem de altura, alerta sonoro de portas abertas e faróis acesos e função “auto down”, para o vidro elétrico do motorista.

A versão XS soma aos itens do X, também em ambas as carrocerias, sistema de áudio com nova interface e conexão Bluetooth®, alarme por controle remoto, comandos de som no volante e acabamento dos bancos em tecido e material sintético.

Como novidade adicional para as versões XLS e Cross, está o acabamento do volante revestido no padrão couro, bancos em padrão Comfort Drive e a adoção dos repetidores de seta nos retrovisores externos. Vale ressaltar que estas versões já possuíam acabamento diferenciado e itens exclusivos, como farol de neblina.

A Platinum, versão topo do modelo, agrega central multimídia com navegador, câmera de ré, sistema de reprodução de DVD e TV digital, controle do sistema de áudio e conexão Bluetooth®. Na parte externa, o Etios Platinum destaca-se pelas rodas exclusivas de 15”, com acabamento escurecido, além de sensor de estacionamento na cor da carroceria, lâmpadas traseiras com máscara negra, grade frontal cromada, ornamentos cromados para os faróis de neblina e na base do porta-malas e o emblema “Platinum”. Em seu interior, há detalhes cromados na base e na manopla do câmbio, que na Platinum é revestida em couro.

CAMRY

Complementando sua linha de carros de passeio, a Toyota traz a sétima geração do Camry para seu estande no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

O sedã de luxo da Toyota é equipado com motor V6 de 3.5 litros 24V Dual VVT-i, potência máxima de 277 cv a 6.200 rpm e torque máximo de 35,3 kgf.m a 4.700 rpm. A transmissão é automática de seis velocidades, com trocas sequenciais e tecnologia Super ECT, que analisa as condições de uso do veículo e seleciona a marcha mais adequada para aquela situação. A Super ECT aperfeiçoa o desempenho e reduz o nível de emissão de poluentes e o consumo.

Tanto a suspensão traseira quanto a dianteira são independentes, do tipo McPherson e foram totalmente adaptadas para as condições brasileiras de rodagem.

O Camry oferece seis air bags, controle de tração (TRC) e estabilidade (VCS), além de estar equipado com freios ABS nas quatro rodas, com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e assistência à frenagem (BAS). Os faróis de xenônio são dotados de sistemas de acendimento automático e ASF, para direcionar o facho de luz, acompanhando as curvas.

O interior do novo Camry possui tecnologia que absorve determinadas frequências de ondas sonoras, tornando a cabine altamente silenciosa. O desenho do para-brisas e do vidro traseiro foi pensado para proporcionar máxima visibilidade ao motorista.

Fundação Toyota do Brasil no Salão do Automóvel

Entre carros, alta tecnologia e test-drives, os visitantes do estande da Toyota do Brasil contarão com mais uma atração no 28º Salão Internacional do Automóvel: participar de um concurso, que sorteará quatro viagens ao Pantanal e conhecer de perto o Projeto Arara Azul, apoiado pela montadora há 24 anos e, mais recentemente, pela Fundação Toyota do Brasil. O concurso ficará disponível ao público de 30 de outubro a 9 de novembro no Pavilhão de Exposições Anhembi.

Para participar, os interessados devem visitar o estande da Toyota, se cadastrar e responder a perguntas sobre a Fundação Toyota no Brasil e seus projetos nos totens de atendimento que estarão espalhados pelo local. Os participantes que acertarem 100% das respostas vão concorrer a uma viagem ao Pantanal com acompanhante. O prêmio inclui três dias, duas noites e pensão completa na Pousada Ecológica Caiman, em Miranda (Mato Grosso do Sul). Os quatro vencedores serão anunciados na segunda semana de novembro. Os interessados podem ter acesso a mais informações pelo endereço www.fundacaotoyotadobrasil.org.br/concurso5anos.

Deixe um comentário

*