Thomson Reuters divulga dados sobre emissões de gases do efeito estufa para empresas listadas na Global 500

Empresas classificadas na lista são responsáveis por 10% das emissões em todo o mundo; emissões empresariais aumentam apesar das metas de redução.

Emissões empresariais aumentam apesar das metas de redução.

Thomson Reuters, provedor líder mundial de soluções e informações inteligentes para empresas e profissionais, acaba de divulgar o relatório Desempenho 2010-2013 de Emissão de Gases do Efeito Estufa das empresas listadas no Global 500, que revela dados sobre emissões de gases do efeito estufa (GEE) das 500 maiores empresas do mundo. O relatório foi elaborado em colaboração com a BSD Consulting, uma empresa global de consultoria em sustentabilidade. 

Um dos dados presentes no relatório aponta que as empresas Global 500 são responsáveis por mais de 10% das emissões globais de GEE, que se concentram entre as 50 maiores companhias, responsáveis por 79% de todas as emissões realizadas pelas empresas listadas no ranking. 

Entre 2010 e 2013, as emissões de GEE das empresas que figuram na lista aumentaram 3,1%, uma tendência preocupante, visto que tais emissões deveriam ter apresentado uma redução de 4,2% para atenderem aos padrões descritos no Relatório 2014 sobre disparidades nas emissões do PNUMA [Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente], cujo objetivo é oferecer um caminho até 2050 para manter as temperaturas globais dentro de um limite médio de elevação de até 2 °C. 

“Conforme observamos durante a recente Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas em Lima, Peru, há certa urgência em frear as emissões de gases do efeito estufa em todo o mundo para que possamos reduzir o impacto das mudanças climáticas”, afirmou Tim Nixon, Diretor de Sustentabilidade da Thomson Reuters e coautor do relatório. “Embora esperemos que este relatório acelere o debate relacionado às reduções de GEE entre as empresas da Global 500, é importante nos lembrarmos de que, como consumidores da indústria global, todos temos um papel a desempenhar nesse diálogo.” 

Governança ambiental

As informações foram coletadas a partir de dados de emissões de GEE divulgados pelas próprias empresas e a partir de estimativas obtidas da Thomson Reuters Asset4 – líder no fornecimento de dados sobre governança ambiental, social e corporativa (Environmental, Social and corporate Governance, ESG). A Asset4 reúne dados padronizados, objetivos, quantitativos e qualitativos sobre ESG de mais de 4.800 empresas de capital aberto. 

“A conclusão do relatório é que uma maior conscientização sobre os dados globais de GEE pode fomentar transparência, inovação e melhor entendimento entre as empresas e partes interessadas, o que, por sua vez, conduziria a maiores reduções nas emissões de GEE”, afirmou John Moorhead, executive manager da BSD Consulting e coautor do relatório. “Queremos apoiar uma melhor tomada de decisão tanto pelas empresas globais quanto pelas partes interessadas, melhorando as metas de emissões de GEE a partir de 2015.”

A Thomson Reuters apoia os sistemas operacionais essenciais para governos, empresas e a sociedade como um todo que podem promover um mundo mais transparente, justo e ético. Para obter mais informações sobre nosso compromisso com a responsabilidade empresarial e a inclusão, visite thomsonreuters.com/about-us/corporate-responsibility/

Para acessar o relatório completo ou obter mais informações sobre a metodologia e as análises dos dados das empresas listadas no Global 500, acesse thomsonreuters.com/corporate/pdf/global-500-greenhouse-gases-performance-trends-2010-2013.pdf.

Deixe um comentário

*