SP, Rio e Minas lideram ranking de usuários de serviço de paquera no Brasil

O brasileiro Messenger Match é uma das opções da lista (FOTO: Reprodução)

Solteiros e solteiras cadastradas no serviço de paquera brasileiro Messenger Match são, em sua maioria, dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Em levantamento recente, que apontou ainda mais 1,3 milhão de pessoas no “jogo do amor” gratuito, foi observado ainda que homens representam 70% do público total.

De acordo com Thiago Amarante, cofundador da ferramenta, São Paulo concentra quase a metade dos inscritos, sendo 40%. Depois dele, outros dois estados da região Sudeste do País vêm logo em seguida: Rio de Janeiro (13,5%) e Minas Gerais (12,9%).

Além do Brasil, o assistente virtual que usa inteligência artificial para dar uma ajudinha na paquera online, tem usuários das Filipinas, Portugal, Estados Unidos e Índia. Quanto ao perfil geral, 70% são homens. A principal faixa etária é formada por jovens de 18 a 24 anos, o que representa 42% do total.

Sobre o Messenger Match

Em um mundo cada vez mais conectado, nada como usar a web para conhecer novas pessoas, incluindo “crushes”. E se, nesta busca o usuário tiver um ajudinha, as chances podem aumentar. O Messenger Match roda dentro do Facebook, sem precisar baixar um aplicativo a mais.

Semelhante ao Tinder e também ao recém-anunciado Dating, o MM é um chatbot gratuito que funciona como um verdadeiro assistente virtual, pois ele conversa com o usuário durante a procura pelo(a) parceiro(a) ideal, tornando a brincadeira mais divertida e interativa.

Como participar

Para começar a usar a ferramenta, basta buscar por Messenger Match no bate-papo do Facebook ou entrar diretamente pelo link www.oimm.com.br. Ao clicar em começar, o usuário vai indicar dados simples: idade, faixa etária que busca, localização e sexo de interesse.

“O MM, como é chamado carinhosamente pelos usuários, vai fazer algumas perguntas simples e, logo em seguida, apresentar perfis que combinem com o usuário, a partir das informações repassadas. Daí, ele pode curtir ou não. Ao mesmo, ele é também apresentado para outros usuários”, explica Amarante.

#MessengerMatch #ThiagoAmarante #Dating #Tinder

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*