Sete dicas para aproveitar o sol sem culpa

Lembre-se sempre de passar filtro solar da maneira correta. Aplique uma camada espessa e homogênea, cerca de 30 minutos antes de sair de casa.

Lembre-se sempre de passar filtro solar da maneira correta. Aplique uma camada espessa e homogênea, cerca de 30 minutos antes de sair de casa e, a cada duas horas, repita o processo, rincipalmente se for entrar na água ou se transpirar muito.


Durante a época mais quente do ano, a pele merece atenção especial. Principalmente, no caso de pessoas que optam por passar essa temporada na praia ou na piscina. “A vontade de aproveitar ao máximo é grande, porém por que não tomarmos alguns cuidados básicos?”, questiona a dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Márcia Grieco. A especialista dá cinco dicas valiosas para aproveitar o sol. 
 
De acordo com a médica, a preocupação tem de começar desde cedo. No caso das crianças, a médica orienta aplicar filtro solar (feitos à base de dióxido de titânio/ óxido de zinco), a partir de seis meses de idade. “Essas substâncias refletem os raios solares e são os mais indicados para bebês e crianças por não serem absorvidos através da pele.” Esses filtros podem estar presentes também em xampus e condicionadores.
 
Já os filtros químicos (Tinosorb M, Tinosorb S etc.) absorvem a radiação. Mas quem não se previne pode enfrentar uma série de problemas.  “Os raios UVA e UVB podem provocar manchas escuras, sardas brancas e queimaduras.” Já a exposição crônica e prolongada provoca o envelhecimento da pele, perda de brilho, elasticidade, formação de rugas e flacidez.
 
O câncer de pele é outra consequência grave. “Em todo mundo, essa questão é um problema de saúde pública, com alta incidência. Dentre eles, os mais comuns são os carcinomas basocelulares e espinocelulares e o mais agressivo deles, o melanoma, pode ocasionar metástase”, reforça a Dra. Márcia. 
Confira sete dicas da dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Márcia Grieco, para aproveitar o sol sem culpa.  
  • Lembre-se sempre de passar filtro solar da maneira correta. Aplique uma camada espessa e homogênea, cerca de 30 minutos antes de sair de casa. A cada duas horas, repita o processo, principalmente se for entrar na água ou se transpirar muito.
  • Saiba qual proteção é mais indicada para seu tipo de pele. Além dos cremes e loções oil free para peles normais, existem géis, inclusive a base de água que são mais adequados para peles e jovens, portanto mais oleosos (com tendência a cravos e espinhas).
  • Já os protetores no formato de spray são mais adequados para áreas pilosas. Já os mousses, que se assemelham a um pós-barba, são uma tendência para que os homens se acostumem mais facilmente a usar o protetor na face todos os dias. Há ainda os protetores com cor de base, que além de muito práticos no dia a dia das mulheres, conferem uma proteção extra devido ao pigmento.
  • Evite o sol entre 10h às 16 h, período em que a incidência do sol é maior do que em outros horários;
  • Use proteção mecânica, ou seja, roupas, bonés, chapéus, viseiras e guarda-sol.
  • Opte sempre óculos escuros com lentes com proteção solar UVA-UVB. Elas ajudam a evitar catarata (opacificação do cristalino), desde que compradas em óticas especializadas com certificado de garantia. Evite a tentação de comprar “modelos lindos”, sem procedência.
  • Se possível, use roupas que ajudam a combater o efeito nocivo do sol, sobretudo as feitas com poliamida e dióxido de titânio, que além de serem estilosas, têm certificado da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). 
SERVIÇO:

Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos

Rua Borges Lagoa, 1.450 – Vila Clementino -São Paulo/SP

Tel. (11) 5080-4000

Site: www.hpev.com.br

Facebook: www.facebook.com/ComplexoHospitalarEV

Twitter: www.twitter.com/Hospital_EV

YouTube: www.youtube.com/user/HospitalEV

Deixe um comentário

*