Secretaria de Agricultura realiza workshop sobre turismo rural

Valorização dos Produtos Regionais, Gastronomia e Sustentabilidade servidos de bandeja.

Valorização dos Produtos Regionais, Gastronomia e Sustentabilidade servidos de bandeja.

Para discutir a importância estratégica do turismo rural, da gastronomia, do potencial dos produtos regionais para Indicação Geográfica e outros signos de qualidade no contexto do desenvolvimento sustentável, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta) e a Abraturr-sp (Associação Paulista de Turismo Rural) realizarão o workshop “Turismo Rural, Indicação Geográfica, Gastronomia e Sustentabilidade”, no dia 17 de setembro, na sede da Secretaria, em São Paulo. 

O evento está dividido em dois momentos; no primeiro estão previstos dois painéis: Turismo Rural e IG, valorizando o produto regional e o patrimônio local, que terá como mediador um representante da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo e quatro debatedores ligados às entidades que representam o setor; e Gastronomia com compromissos sócio ambientais, que será mediado por Bruno Blecher, editor da Revista Globo Rural, com a presença de palestrantes expertnos temas e chefs. Na sequência, haverá exposição dos produtos regionais e do turismo paulista que poderão ser degustados pelos participantes.

Novas funções

A agricultura do século XXI apresenta novas funções e compromissos sócio ambientais buscando atender os quesitos para a Sustentabilidade do Planeta. As multifuncionalidades da agricultura brasileira podem ser observadas nas atividades de turismo rural, com ações educativas e pedagógicas, de hospitalidade, de lazer e experiência, de segurança alimentar e atuação na gastronomia.

Sistemas produtivos sustentáveis como a Produção Integrada, Produção Agroecológica e as Práticas de Qualificação dos produtos com Indicação Geográfica são exemplos do rural moderno, que busca valorizar os produtos agroalimentares regionais e o artesanato, preservar o patrimônio local, a biodiversidade e as culturas locais, ressalta Geni Satiko Sato, pesquisadora do IEA.

O evento conta com apoio do Instituto ATÁ, presidido pelo chef Alex Atala; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Secretaria Estadual de Turismo, Idestur (Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural), Fundepag (Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio), Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias do Estado de São Paulo); Senar/Faesp (Serviço Nacional de Aprendizagem/Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo); Pecege/Esalq/USP (Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas / Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/ Universidade de São Paulo;  Arroz Preto Ruzene, Guanandi Produtos Agrícolas, Linguiçaria Real Bragança, Água Platina, Instituto AUÁ – Rota do Cambuci, Secretaria de Turismo de Mogi das Cruzes, Raízes Mangalarga Cavalos & Cavalgadas, ISA (Instituto Socioambiental), Vinícola Góes, Doceria Schmidt, Café da Colônia, Prefeitura de Socorro, Grupo de Viola Morena da Fronteira, entre outros parceiros.

Confira a programação aqui.

SERVIÇO:

Workshop Turismo Rural, Indicação Geográfica, Gastronomia e Sustentabilidade
Data: 17 de setembro
Horário: das 8:30 as 16:00
Local: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
Endereço: Praça Ramos de Azevedo, 254, Centro / SP.

Comments are closed.