Saiba quando procurar auxílio médico após dores no joelho durante a prática de esportes

De acordo com o Prof. Dr. Rene Abdalla, diretor médico do Instituto do Joelho HCor, dor e desconforto podem indicar danos consideráveis a estas articulações do corpo, caso persistam por mais de 48h.

Saiba quando procurar auxílio médico após dores no joelho durante a prática de esportes.

Não são apenas os jogadores de futebol e demais esportistas profissionais que devem se preocupar com os joelhos. Afinal, o risco de lesões também é grande entre aqueles que não dedicam tempo integral ao esporte. Porém, sem o acompanhamento médico à disposição dos atletas profissionais, quando esportistas amadores ou mesmo casuais devem procurar auxílio médico, caso sintam dores nestas articulações do corpo?

Segundo o ortopedista e diretor médico do Instituto do Joelho HCor, Prof. Dr. Rene Abdalla, tudo depende dos sintomas. “Caso a sensação de dor ou desconforto nos joelhos perdurem por mais de 48 horas, mesmo após a ingestão de analgésicos, há grandes chances de que possa ter ocorrido alguma lesão ou dano mais significativo. Nestes casos, é fundamental procurar auxílio médico”, afirma Dr. Rene.

Causas

O médico acrescenta que o joelho é formado por ossos, ligamentos, meniscos e músculos. Portanto, dores nesta região do corpo podem ter diferentes causas. “Algumas podem ocorrer por fora da articulação, onde ficam os tendões. Nestes casos, temos as tendinites ou as chamadas para-tendinites, que acontecem quando eventuais danos se dão em estruturas localizadas ao redor dos tendões”, explica. “Além disso, existem dores que vêm de dentro da articulação. Entre as principais, destacam-se as provocadas por lesões de cartilagem, que também podem ser degenerativas e, eventualmente, por lesões nos meniscos”, complementa o ortopedista.

Prevenção

Todas estas contusões, ainda de acordo com o Dr. Abdalla, estão relacionadas não só a torções, quedas ou choques, dependendo do tipo de atividade física da qual o indivíduo participa, mas também a fatores como falta de estabilidade, desalinhamento ou sobrecargas nos joelhos. “Portanto, cuidados como combater o sobrepeso, praticar alongamentos antes de começar exercícios mais intensos, usar palmilhas de absorção de impacto e, se possível, contar com a orientação de um personal trainer são fundamentais”, recomenda.

Tratamento

Já os métodos de tratamento para as dores no joelho, dependem de onde elas se manifestam. O Dr. Abdalla explica que em casos de lesão dos meniscos, causados por alterações mecânicas da articulação, é recomendável tratar cirurgicamente. Já as tendinites podem ser tratadas com fisioterapia. “Vale lembrar que no HCor contamos com uma alternativa de tratamento conhecido como microneurolise. Esse método funciona como se anulássemos todos os nervos que causam dor no joelho. Não se trata da cura definitiva do problema, mas em casos crônicos, principalmente entre aqueles que possuem artrose, com muito desgaste da articulação, é uma alternativa importante”, conclui.

Deixe um comentário