‘Sabores do Chile’ promove encontro de empresários brasileiros e chilenos

Da esq. para a dir., Rafael Sabat, Jaime Gazmuri Mujica, Abdo Haddad (vice-presidente da Fiesp), Luis Felipe Céspedes e Jorge Pizarro Cristi (Foto: Norio Ito)

Da esq. para a dir., Rafael Sabat, Jaime Gazmuri Mujica, Abdo Haddad (vice-presidente da Fiesp), Luis Felipe Céspedes e Jorge Pizarro Cristi (Foto: Norio Ito)

Composta por autoridades máximas do Chile, desembarcou em novembro no Brasil uma delegação nacional para participar do maior e mais importante evento chileno dos setores agrícola, alimentício e de bebidas, o ‘Sabores do Chile’, que acontece há mais de dez anos em diversas cidades do mundo, e voltou a São Paulo pela quarta vez, oficializando a capital brasileira dos negócios como o principal destino na América Latina a receber o evento, que traz diversas atividades de caráter comercial e social e que procura aumentar o fluxo comercial entre os dois países.

Um dos objetivos do evento é continuar aumentando o envio de alimentos chilenos ao Brasil. Em comparação com o mesmo período em 2013, durante os oito primeiros meses de 2014 houve notável crescimento nas exportações, que registraram um aumento de 22% em produtos do mar, 23% em vinhos e 7% em produtos agropecuários. Tais produções chegaram ao Brasil através de estratégias de grandes Marcas Setoriais chilenas de salmão, mexilhões, vinhos e azeites de oliva, fato que demonstra a crescente demanda e confiança do consumidor brasileiro pelos produtos originários do Chile.

Uma das mais importantes atividades do Sabores do Chile, as Rodadas de Negócios reuniram 25 empresárioschilenos que participaram de mais de 400 reuniões com 64 diferentes importadores brasileiros, não apenas do estado de São Paulo, como também de Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o que reafirma aestratégia de descentralização adotada pelo ProChile, com o objetivo de levar a oferta exportável do país não somente a metrópoles como também a cidades do interior do Brasil.

Além das rodadas de negócios e de visitas técnicas a centros de distribuição, o evento promoveu reuniões entre autoridades locais e empresas e o seminário Brasil | Chile – Ampliando Negócios e Investimentos, que contou com a visita extraordinária de Luis Felipe Céspedes, Ministro da Economia do Chile, Jorge Pizarro Cristi, Vice-Presidente executivo do Comitê de Investimentos Estrangeiros do Chile, e Rafael Sabat, subdiretor internacional do ProChile, instituição que atua na promoção das exportações de bens e serviços chilenos. Eles se juntaram a Jaime Gazmuri Mujica, Embaixador chileno no Brasil, para uma agenda intensa de atividades, reuniões, negociações e entrevistas.

No seminário foram abordados temas como os amplos e promissores benefícios oferecidos às empresas brasileiras que pretendem se instalar no Chile e, assim, usufruir de alguns dos seus instrumentos comerciais, tais como o acesso aos acordos de comércio exterior que o país selou com a economia mundial. Organizado pelo ProChile e pelo Comitê de Investimentos Estrangeiros (CIE Chile), em conjunto com a Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP), contou com mais de 100 participantes, entre autoridades locais e empresários, que demonstraram grande interesse no reforço das relações e investimentos no Chile.

A delegação chilena foi chefiada pelo Ministro da Economia, que convidou as empresas brasileiras a expandirem sua presença no Chile e a utilizarem sua extensa rede de acordos de comércio como uma plataforma para ter mais acesso aos mercados do Pacífico. “As reformas que o governo da presidenta Bachelet propõe são assertivas para a possibilidade de um crescimento mais inclusivo, que dará mais estabilidade à economia em uma perspectiva de longo prazo, o que é muito importante para aumentar a presença de investidores estrangeiros”, disse ele.

Vice-Presidente Executivo do Comitê de Investimentos Estrangeiros, Jorge Pizarro Cristi enfatizou que o tamanho da economia do Brasil é de particular interesse para os esforços feitos para atrair investimentos do país no Chile. “Como governo, estamos comprometidos em aproximar os investimentos estrangeiros, não só em quantidade, mas em qualidade, e o Brasil pode ser um colaborador nesse sentido, com as indústrias que não somente forneçam capital, mas também agreguem valor à nossa oferta de exportação”, afirmou.

Segundo o Embaixador do Chile no Brasil, Jaime Gazmuri, a intenção do governo chileno é aprofundar as relações entre os dois países, principalmente nas áreas relacionadas ao comércio e aos investimentos. Ele também afirmou que o seminário se encaixa precisamente nesta meta do governo. “Queremos fortalecer nossos laços com o Brasil, promovendo uma política de convergência na diversidade, com pleno respeito aos modelos de desenvolvimento de cada país e às vantagens comparativas de cada um para o benefício de nossa região. Nosso principal objetivo é gerar um aumento do fluxo de investimentos brasileiros no Chile, de modo que ele se torne gradualmente mais equilibrado”, concluiu o embaixador.

Gazmuri reforçou que, atualmente, o total de investimentos chilenos no Brasil chega a US$ 26 bilhões, enquanto os investimentos brasileiros no Chile, que estão concentrados em setores de serviços financeiros e indústria, somaramUS$ 2.600 milhões.

Jantar ‘Sabores do Chile

Da esq. para a dir.,  Rafael Sabat, Joaquin Vaccaro, Jaime Gazmuri Mujica, Francisco Mandiola e Oscar Páez (diretor do ProChile Brasil)

Da esq. para a dir.,  Rafael Sabat, Joaquin Vaccaro, Jaime Gazmuri Mujica, Francisco Mandiola e Oscar Páez (diretor do ProChile Brasil). (Foto: Norio Ito)

Para encerrar as atividades e brindar mais uma edição do evento, um jantar reuniu convidados para uma experiência gastronômica baseada na versatilidade e qualidade dos produtos que compõem a oferta exportável do Chile.

Eleito pela revista latinoamericana JOY nas categorias “Chef Revelação” e “Melhor Restaurante” por sua atuação como chef executivo do Restaurant Europeo, o chilenoFrancisco Mandiola assinou o cardápio do jantar, que trouxe os típicos ingredientes da culinária chilena, como o salmão, o mexilhão, o azeite, além de frutas frescas.

Junto ao “Masterchef” chileno, misturando referências e tornando a experiência do jantar, esteve Christophe Besse, um dos mais prestigiados chefs do Brasil, com mais de duas décadas de experiência e reconhecimento por seu talento criativo. Para celebrar a ocasião estiveram presentes importadores, profissionais de cadeias de hotéis, supermercados e restaurantes, distribuidores, jornalistas e líderes de opinião, além de personalidades como o ator André Garolli.

SERVIÇO:

ProChile

Escritório comercial do Chile no Brasil, o ProChile apoia a promoção das exportações de bens e serviços chilenos, além de contribuir na atração de investimentos estrangeiros e no fomento do turismo do país. Com mais de 35 anos de experiência e uma rede de mais de 50 escritórios comerciais no mundo, o ProChile apoia empresas chilenas a participarem das mais importantes feiras e conferências internacionais, bem como eventos em que empresários de diferentes regiões do mundo se reúnem para estreitarem relações comerciais. Mais informações:http://www.prochile.gob.cl.

Deixe um comentário

*