Rede de hotéis Mercure divulga pesquisa internacional sobre amizade

Resultados apontam viagens e redes sociais como os novos pilares da relação entre amigos. 

Resultados apontam viagens e redes sociais como os novos pilares da relação entre amigos.

Após realizar uma campanha mundial para verificar a teoria dos seis amigos, a rede de hotéis Mercure, marca de categoria intermediária da líder em operação hoteleira Accor, encomendou uma pesquisa para entender a amizade na era digital. Realizada pelo Instituto TNS Sofres, a pesquisa online foi aplicada em 13 países, com mais de 5.500 pessoas, de 16 a 65 anos, que ajudaram a estabelecer a relação entre afeição, viagens e as redes sociais. 

De acordo com os resultados, a noção de amizade estreita foi descrita como o compartilhamento de valores, a ausência de julgamento e a total disponibilidade de um com o outro. Mais do que qualquer outra coisa, para 83% dos entrevistados, o melhor amigo é alguém em que se possa confiar. 

Segundo dados da pesquisa, nos dias atuais, o círculo de melhores amigos é composto por três a quatro pessoas em todos os países pesquisados, 28% dos brasileiros ajudaram a comprovar esses números. Os japoneses são os mais solitários, 16% deles declararam não ter nenhum amigo mais próximo. 

Estes círculos também têm se transformado em consequência do aumento do número de viagens. Não somos mais próximos apenas das pessoas que moram perto, mas cada vez mais daqueles que conhecemos ao viajar. Mais da metade dos entrevistados, 56%, fizeram amigos durante uma viagem. Os brasileiros com 84%, seguido dos chineses com 71% – apesar das barreiras linguísticas – são os mais entusiasmados com esses encontros. Por outro lado, os japoneses novamente se mostraram mais reservados, com apenas 11% dos viajantes declarando ter feito amizades dessa forma. 

A pesquisa também revelou que as pessoas fazem grande uso das redes sociais para organizar seu itinerário, visando beneficiar-se de conselhos dos habitantes locais, e, assim, explorar de forma mais autêntica o destino. Por exemplo, 45% dos viajantes disseram buscar amigos de amigos em suas redes sociais para obter boas dicas (49%) e para ter alguém conhecido por perto em caso de emergência (35%). É importante notar que os australianos vão um pouco mais além, e contatam os amigos dos amigos em grande parte para perguntar se podem se hospedar em suas casas durante suas viagens, 35% dos entrevistados. 

E o uso das redes sociais não para por aí. As pessoas se mantêm conectadas quando estão de férias. A maioria dos viajantes (77%) mantêm contato com seus amigos nas redes sociais. Os cartões postais são coisa do passado! Viajar atualmente confere status, e as pessoas compartilham suas descobertas quase que em tempo real em seus perfis nas redes – 36% dos entrevistados preferem publicar fotos e 32% postam mensagens. 

As redes sociais (re)criam os laços de amizade 

Embora as redes sociais não substituam as verdadeiras amizades, elas criam de fato novas oportunidades para encontros e servem para manter os laços já existentes. Quando se fala em encontros virtuais, 44% dos usuários das redes sociais já se tornaram amigos de alguém que jamais viram pessoalmente. Os chineses são os maiores “recrutadores” de amigos virtuais, quase 72% deles se aproximam de pessoas do universo digital que nunca conheceram. Os brasileiros seguem esse número de perto com aproximadamente 67%. Quanto aos franceses, eles são os últimos da lista com apenas 26% dos usuários declarando ter se tornado amigo de alguém somente no online. 

As redes sociais também são usadas para manter contato com os amigos “reais”: 58% dos usuários já se tornaram amigos virtuais de pessoas que eles de fato conheciam. Novamente, os franceses parecem ser mais tímidos do que as outras nacionalidades com apenas 42% declarando ter feito isso, o que significa que estão na lanterna do ranking se comparados com o resto do mundo. 

Por fim, a internet encoraja o nascimento e, acima de tudo, a preservação das amizades. As pessoas redescobrem colegas da época de escola (61% dos entrevistados consideram essa a maior vantagem das redes sociais), não esquecem os aniversários dos seus entes queridos (40%) e enviam mensagens e fotos para seus conhecidos (51%), e tudo isso cria um sentimento de proximidade diária e cumplicidade. 

Teoria dos seis amigos 

A teoria dos seis graus de separação, que declara que apenas seis pessoas separam um ser humano do outro no planeta, é conhecida no mundo todo. Um terço dos entrevistados já ouviu falar dela, sendo a maioria chineses, 67%.

Outro dado curioso da pesquisa foi a resposta à pergunta “Quem você gostaria de conhecer graças à Teoria dos Seis Amigos?”, 70% dos brasileiros disseram que gostariam de conhecer uma celebridade, preferencialmente um cantor, músico ou DJ (14%), especialmente as mulheres.

SERVIÇO:

Accor é a principal operadora de hotéis do mundo e conta com 470 mil quartos em 3.700 hotéis, por meio de 14 marcas de confiança em 92 países. A rede Mercure é composta por 743 hotéis em 51 países em todo o mundo e representa uma alternativa aos hotéis padronizados e hotéis independentes. Para mais informações, visite www.mercure.com e o portal de reservas accorhotels.com accorhotels.com.

Deixe um comentário

*