Passeio pelo Porto de Santos (SP) divulga o litoral paulista

susan hortas_2140_editada.gif

Programação ocorre uma vez por ano em comemoração aos aniversários da cidade, do porto e ao Dia do Trabalhador Portuário.

Com informações da Prefeitura de Santos 

Mais de 2,5 mil pessoas puderam descobrir o mar de Santos (SP) sob um novo olhar na quarta-feira (28), por meio de passeios gratuitos de escunas ao logo do dia. O objetivo do evento, realizado anualmente, é mostrar à população, a importância do Porto para a região e o Brasil. 

O passeio é uma iniciativa da prefeitura e fez parte dos festejos pelos 469 anos da cidade, comemorados no dia (26/01), além de fazer uma homenagem ao Dia do Trabalhador Portuário (28/01) e ao aniversário do próprio Porto (02/02). 

A partir do embarque pela Ponte Edgard Perdigão, os passageiros seguiram pelo canal do porto até o Valongo, com acompanhamento de guias da embarcação e da Secretaria de Turismo, que apresentaram a história da Cidade, as instalações portuárias, a questão do calado para os navios, potência dos rebocadores, papel dos práticos que acompanham as embarcações, entre outras informações. 

Diferente da TV

“Foi a primeira vez que fiz um passeio de escuna. Além da história da cidade e do Porto, gostei muito da natureza. Os tamanhos dos guindastes também chamaram atenção porque o que a gente vê pela televisão é muito diferente”, afirmou a freira Miriam Soares, 71 anos, turista de Sorocaba (SP). 

O turista alemão Eggert Hollatz, 73, aposentado, também se encantou com o passeio. “Por 25 anos fui oficial de navio e muitas vezes vim de Hamburgo para o Porto de Santos. Adorei o passeio e fotografei tudo para contrastar as mudanças. Tenho um carinho especial por esse porto. Não sei explicar, mas é algo muito profundo”, disse. 

Para incentivar o turismo em Santos, o Ministério do Turismo conta com contratos de repasse de mais de R$ 5 milhões para obras de infraestrutura e revitalização de pontos turísticos. As atrações da cidade incluem, além do maior porto da América Latina, o Museu Pelé que retrata a vida do melhor jogador de futebol de todos os tempos. Até o fim de janeiro, o museu estará com o horário de funcionamento estendido até às 19h, em vez do horário normal que é até às 17h, para entrada e até às 18h para permanência.

Deixe um comentário

*