Ô Stopa e Bezão” fazem tributo a Raul Seixas no Espaço Verde Chico Mendes, em projeto “Sesc No Parque”

A música nos faz relembrar e reviver momentos marcantes da vida, nos trazendo sensações únicas vividas, e no dia 16 de Fevereiro o Sesc São Caetano proporciona essa nostalgia no Espaço Verde Chico Mendes a partir das 15h com a apresentação do projeto musical “Duas Casas” com o show “Toca Raul”, que marca o trigésimo aniversário do fim da passagem de Raul Seixas por esse planeta. Bezão e Nô Stopa debruçaram-se então sobre o repertório do baiano para garimpar canções, e elaborar um espetáculo para celebrar esse marco.

Em agosto de 2018, a convite de Zé Geraldo, Duas Casas apresentou-se para mais de cinco mil pessoas na já tradicional “Passeata Raul Seixas” em São Paulo. A ligação da dupla com o repertório do roqueiro baiano vem de outros tempos.

Bezão, no início de sua formação musical, convivia e colaborava com uma banda cover de Raul Seixas – chamada Novo Aeon. Nô Stopa é filha de Zé Geraldo, o menestrel adotado pelos “malucos beleza” como o responsável pela continuidade da obra de Raul Seixas na música popular brasileira.

Para a “Passeata Raul Seixas”, Duas Casas escolheu duas canções do repertório de Raul. Trabalharam no arranjo e na harmonia vocal e presentearam o público com suas versões de “Água Viva” e “Coisas do Coração”. Foi um momento catártico – para a dupla e para o público presente.

E o que era apenas uma participação no show de Zé Geraldo tomou corpo e virou projeto.

Além das canções que mais conversam com a memória afetiva da dupla – como “Gente”, vieram também aquelas que puderam mostrar ao público brasileiro alguma novidade, a partir da singular sonoridade folk que já é marca do Duas Casas.

O resultado é uma apresentação muito especial. Entrega aos fãs de Raul Seixas uma homenagem sincera e carinhosa. E ao público em geral, uma apresentação sofisticada e bem cuidada baseada na obra de um dos grandes ícones da nossa música.

Duas Casas é o encontro de duas histórias, duas vozes, dois violões e uma paixão pela música folk. Donos de trabalhos autorais e de produções independentes, os cantores e compositores Bezão e Nô Stopa encontraram-se no ofício: nas estradas e nos palcos da nova cena folk paulistana, em 2016.

Ele tem vinte anos de carreira. Foi um dos fundadores do Rossa Nova – banda com sonoridade influenciada pelo rock rural e apadrinhada por Zé Rodrix. Atualmente integra o projeto coletivo Folk na Kombi, um dos maiores expoentes da música folk independente.

Ela também tem vinte anos de carreira. Artista plural – cantora, compositora, atriz, bailarina e artista circense – participou da trupe do Teatro Mágico e tem três discos autorais no currículo. Atualmente integra o grupo Banda Mirim.

Lançaram em 2017 o primeiro disco – “Duas Casas”, com nove canções autorais, inspiradas na música folk dos anos 60 e 70, mas sob uma ótica contemporânea e brasileira.

Produzido de maneira independente, o projeto contou ainda com grandes parceiros para sua realização, dentre eles, Alexandre Fontanetti na produção musical e Felipe Camara, como co-produtor. Renato Godá e Roberta Campos foram compositores parceiros em duas canções. E músicos de destaque, como Curumim, Fabio Sá, Thomas Rohrer, Adriano Grineberg e Adair Torres colaboraram para a sonoridade única do disco.

Sucesso de crítica e público, “Duas Casas” vai arrebanhando admiradores por onde passa. Foram premiados duas vezes no Festival Nacional da Canção – segundo lugar na edição de 2018 com a canção “Avançando Sinais” e quarto lugar na edição de 2017 com a canção “Um Minuto de Silêncio”.

Lançaram em 2017 o primeiro disco – “Duas Casas”, com nove canções autorais, inspiradas na música folk dos anos 60 e 70, mas sob uma ótica contemporânea e brasileira.

Produzido de maneira independente, o projeto contou ainda com grandes parceiros para sua realização, dentre eles, Alexandre Fontanetti na produção musical e Felipe Camara, como co-produtor. Renato Godá e Roberta Campos foram compositores parceiros em duas canções. E músicos de destaque, como Curumim, Fabio Sá, Thomas Rohrer, Adriano Grineberg e Adair Torres colaboraram para a sonoridade única do disco.

Sucesso de crítica e público, “Duas Casas” vai arrebanhando admiradores por onde passa. Foram premiados duas vezes no Festival Nacional da Canção – segundo lugar na edição de 2018 com a canção “Avançando Sinais” e quarto lugar na edição de 2017 com a canção “Um Minuto de Silêncio”.

Link convite: https://youtu.be/T3YTUluAMt4

Serviço:

Sesc São Caetano

Rua Piauí -554 Santa Paula – São Caetano do Sul

Dias: 16 de Fevereiro, às 15h

Duração: 2 horas

Recomendação etária: livre

Ingressos: grátis

Telefone para informações: (11) 4223-8800

Para informações sobre outras programações acesse o portal sescsp.org.br

Horário de atendimento do Sesc São Caetano – De segunda a sexta, 11h às 20h, sábados e feriados, das 9h às 17h30

#SescNoParque #EspacoVerdeChicoMendes #DuasCasas #TocaRaul

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*