No Brasil, 35% das consumidoras já compram cosméticos via e-commerce

A Glambox oferece uma experimentação de vários produtos e marcas.

A Glambox oferece uma experimentação de vários produtos e marcas.

Em tempos de crise no comércio tradicional, muitas empresas têm buscado alternativas no comércio online para garantir o lucro e a rentabilidade. Além de informar rapidamente sobre a chegada de novos produtos, as companhias ainda contam com o forte engajamento das consumidoras espalhadas pelas dezenas de redes sociais. Dados da pesquisa realizada pela Glambox com sua base cadastral de aproximadamente 20 mil assinantes espalhadas pelo Brasil mostram a força do comércio eletrônico.

Segundo os números, 35% das consumidoras cadastradas tornaram-se assinantes, pois preferem provar produtos de beleza em casa. E 57% delas preferem comprar cosméticos via e-commerce – 66% delas compram em perfumarias e 77%, em farmácias.

“É um número a se considerar, resultante da combinação de informação de qualidade sobre soluções para os diferentes assuntos de beleza feminina, que gera uma audiência pró ativa em consumo de informação e a busca de soluções para suas demandas, com a conveniência da compra simples e rápida, adicionados à praticas de preços agressivas por parte dos e-commerces  são as principais razões para o crescimento do comércio eletrônico de beleza”, explica Fernando Leal, CEO da Glambox.

Mercado gigante

O Brasil é o maior mercado do mundo para produtos de beleza atrás dos EUA e da China, empurrando R$ 100 bilhões de cosméticos, perfumes e produtos de higiene pessoal para uma população de quase duzentos milhões.

E hoje, com iniciativas como a Glambox, que oferece uma experimentação de vários produtos e marcas, a perda da interação física com o produto, proporcionada pelo comércio tradicional, é resolvida, oferecendo uma oportunidade de experimentar diversas marcas e produtos até encontrar o cosmético ideal. “Por isso, o modelo de experimentação via assinatura de beleza cresce no mundo com muita velocidade, e no Brasil, através da Glambox, onde a mulher passa a ter o melhor dos dois mundos, conhecer o produto real para testar com calma, e a facilidade, preço e variedade da compra digital”, acrescenta o CEO.

A Glambox é um clube de assinatura e experimentação. A assinante recebe mensalmente uma caixa contendo de 5 a 7 produtos de beleza (miniaturas ou amostras) de marcas nacionais e importadas. As caixas são uma atração à parte! Sempre surpreendendo suas Glamgirls, a caixa traz estampas exclusivas, como a da edição assinada pela estilista Patricia Bonaldi, lançada com exclusividade na última São Paulo Fashion Week.

Comments are closed.