Natura lança primeiro refil PET 100% reciclado para linha de perfumaria Ekos

Natura Ekos Frescores ganha refil que emite 72% menos carbono em sua produção.

Natura Ekos Frescores ganha refil que emite 72% menos carbono em sua produção.

A Natura, multinacional brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza, traz para a sua linha Ekos Frescores, fragrância feminina mais vendida no Brasil (Euromonitor, 1º trimestre, 2014), a opção de refis de embalagem produzidos em PET 100% reciclado. Trata-se da primeira grande marca da perfumaria brasileira a desenvolver e lançar refis para seus Frescores, uma atitude inovadora que faz parte do comportamento sustentável que assumiu desde seu lançamento.  

“O compromisso com o desenvolvimento sustentável faz parte da essência da Natura e está presente em todas as ações da companhia. Pioneira no lançamento de refis para a recarga de frascos nos anos 80, fomos a primeira empresa de cosméticos do Brasil a oferecer essa inovação. Além de econômico, o uso de refil reduz o impacto ambiental e ajuda a minimizar as emissões dos gases de efeito estufa na atmosfera”, afirma Denise Coutinho, diretora da unidade de negócios de perfumaria da Natura.
 
Por serem feitos a partir de material descartado, recuperado e reciclado, os refis de Natura Ekos Frescores emitem 72% menos carbono no seu processo produtivo. Além disso, proporcionam mais economia ao consumidor, já que são 20% mais baratos que as embalagens regulares e práticos e fáceis de serem manuseados.
 
Nova visão de sustentabilidade

 
A Natura iniciou a oferta de refil para os seus produtos em 2000, com as linhas Natura Chronos, Natura Erva Doce, Natura Homem, Natura Sève, Natura Plant, Desodorantes, Natura Tododia, Natura Mamãe e Bebê e Natura Ekos. Em 2010, inovou novamente ao relançar o refil de Natura Erva Doce, produzido com plástico verde feito a partir da cana-de-açúcar, e também o refil de Natura Tododia, atualmente com 85% menos plástico que a embalagem regular.
 
Em abril deste ano, a empresa apresentou sua nova visão de sustentabilidade, que conta com as diretrizes sustentáveis para o seu modelo de negócio no longo prazo e ambições para o ano de 2020. Como exemplo, a empresa tem a ambição de utilizar, no mínimo, 75% de material reciclável na massa total de embalagens (56% em 2013), usar, no mínimo, 10% de material reciclado pós-consumo na massa total de embalagens (1,43% em 2013) e ter 40% das unidades faturadas da Natura em embalagens ecoeficientes (21,5% em 2013).
 
“Concentrando iniciativas em três pilares – ‘Marcas e Produtos’, ‘Rede de Relações’ e ‘Gestão e Organização’ –, nosso objetivo é ir além de neutralizar danos causados pelo negócio e promover impacto positivo nos âmbitos social, ambiental e econômico. A nova visão de sustentabilidade da Natura expressa a intenção de que as nossas linhas de produtos estimulem novos valores e comportamentos necessários à construção de um mundo mais sustentável, como é o exemplo de Natura Ekos”, explica Denise Alves, diretora de sustentabilidade da Natura.

Comments are closed.