Grendene registra lucro líquido de R$ 490 milhões e atinge novo recorde

Companhia apresenta aumento de 36,6% no indicador no 4T14. 

Companhia apresenta aumento de 36,6% no indicador no 4T14.

A Grendene – uma das maiores fabricantes mundiais de calçados – anuncia R$741,3 milhões de receita líquida no 4º trimestre de 2014, resultado 5,6% maior do que o mesmo período de 2013. Mesmo em ano desafiador para a economia, o quarto trimestre rendeu aumento de 23,6% no EBIT, que alcançou R$ 172,3 milhões; aumento no lucro líquido de 36,6%, chegando a R$ 195,3 milhões; além de proporcionar melhorias nas margens: Bruta, Ebit, Ebitda e Líquida (alta de 4,1 p.p., 3,3 p.p., 3,7 p.p. e 5,9 p.p., respectivamente).

No acumulado do ano, a receita bruta foi de R$ 2.720,3 bilhões, a receita líquida de R$ 2.233,3 bilhões e o lucro líquido de R$ 490,2 milhões – crescimento de 0,3%, 2,1% e 13,1% – atingindo novos recordes desde que a empresa abriu capital, em 2004. Em 2014, a Grendene produziu 204,9 milhões de pares de calçados, sendo 52,2 milhões destinados ao mercado externo. Esse volume manteve a Companhia pelo 12º ano consecutivo na liderança das exportações de calçados brasileiros, respondendo por 40,3% de participação.

De acordo com Francisco Schmitt, Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Grendene, historicamente a Companhia apresenta crescimento e bons resultados nos cenários mais difíceis da economia e continua mobilizada para adequar o portfólio e custos a essa situação. “No início de 2014 anunciamos que, dadas a condições de mercado, repetir os resultados de 2013 seria um desafio, portanto superá-los foi uma grande vitória”, declara.

Para o executivo, não obstante as dificuldades, os fundamentos que tem proporcionado ganhos de market share com bons retornos à Grendene continuam no lugar e que em períodos de recessão estes alicerces provam o seu valor e demonstram como a Grendene conseguiu crescer ao longo de sua história mesmo em períodos turbulentos.

Schmitt acredita que em 2015 o mercado interno deva continuar crescendo pouco e que o mercado externo continuará contribuindo para as a melhoria das margens. “O histórico mostra que a Grendene reage rapidamente às mudanças de mercado. Por isso, continuaremos mobilizados para adequar o portfólio e custos à situação da economia. O foco será no fortalecimento das marcas, excelência operacional, relacionamento com canais de vendas e melhorias nas margens”, antecipa. 

TOG

A Grendene continua com boas expectativas para este negócio. Conforme previsto, a TOG (nome comercial da operação de móveis A3NP, controlada da Grendene) iniciou as vendas no 3T14 e tem carteira de pedidos confirmados em € 600 mil euros para entrega nos próximos meses principalmente na Europa.  Já as vendas no Brasil devem iniciar em 2015. 

Marcas

Como anunciado em outubro de 2014, a Companhia ampliou a atuação no portfólio de marcas com Azaleia e Dijean. No último trimestre de 2014, a Grendene iniciou a fabricação e comercialização destes produtos e, pelos números iniciais, faz com que a Companhia espere bons resultados. 

Destaques do resultado do 4T14 e 2014

Principais indicadores econômico-financeiros

R$ milhões

4T13

4T14

Var. % 4T14/4T13

2013

2014

Var. % 2014/2013

Receita bruta

864,1

886,0

2,5%

2.711,4

2.720,3

0,3%

Mercado interno

671,8

653,4

(2,7%)

2.146,9

2.077,7

(3,2%)

Exportação

192,3

232,6

21,0%

564,5

642,6

13,8%

Receita líquida

702,2

741,3

5,6%

2.187,3

2.233,3

2,1%

CPV

(380,0)

(370,6)

(2,5%)

(1.193,6)

(1.207,4)

1,2%

Lucro bruto

322,2

370,6

15,0%

993,7

1.025,9

3,2%

Desp. operacionais

(182,8)

(198,3)

8,5%

(594,5)

(636,5)

7,1%

Ebit

139,4

172,3

23,6%

399,2

389,4

(2,5%)

Ebitda

149,4

185,2

24,0%

435,9

436,9

0,2%

Res. Fin. Líquido

28,8

39,5

37,2%

103,6

135,5

30,8%

Lucro líquido

142,9

195,3

36,6%

433,5

490,2

13,1%

Lucro por ação (R$)

0,48

0,65

36,6%

1,44

1,63

13,2%

Volume (mm pares)

68,9

66,5

(3,4%)

216,2

204,9

(5,2%)

Mercado interno

54,0

50,7

(6,2%)

165,7

152,7

(7,8%)

Exportação

14,9

15,8

6,7%

50,5

52,2

3,3%

Preço médio calçados (R$)*

12,55

13,30

6,0%

12,54

13,27

5,8%

Mercado interno

12,44

12,89

3,6%

12,96

13,60

4,9%

Exportação

12,93

14,60

12,9%

11,17

12,29

10,0%

 

 

 

 

 

 

 

Margens %

4T13

4T14

Var. p.p.

2013

2014

Var. p.p.

Bruta

45,9%

50,0%

4,1

45,4%

45,9%

0,5

Ebit

19,9%

23,2%

3,3

18,3%

17,4%

(0,9)

Ebitda

21,3%

25,0%

3,7

19,9%

19,6%

(0,3)

Líquida

20,4%

26,3%

5,9

19,8%

22,0%

2,2

 

Deixe um comentário

*