Goiânia celebra a importância da gastronomia regional

Ministro do Turismo visita eventos que valorizam a culinária como atrativo turístico e afirma que alimentação fora de casa gera seis milhões de empregos diretos, além de mobilizar cerca de um milhão de empresas pelo país. 

O Cozinha Goiás reúne chefs de cozinha de todas as partes do Brasil.

O Cozinha Goiás reúne chefs de cozinha de todas as partes do Brasil.

A gastronomia é uma das experiências mais ricas que o viajante pode ter em um destino turístico. Para reforçar a importância desse atrativo no centro-oeste brasileiro, o ministro do Turismo, Vinicius Lages, participou nesta quarta-feira (12) do 1º Festival Cozinha Goiás, em Goiânia.

Com o tema “Tudo de melhor, junto e misturado”, o Cozinha Goiás reúne chefs de cozinha de todas as partes do Brasil, além de pesquisadores, professores, estudantes, autoridades e empresários do setor. O festival começou no dia 10 e se estende até o dia 16 de novembro com mais de 45 atividades, entre elas palestras, cursos, mesas redondas e degustações.

Simultaneamente ocorrem o 8º Festival Bar em Bar, o Vinum Brasilis – edição Goiânia, a festa gastronômica Nossa Pitada, o 21º Encontro Regional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e o Festival Gastronômico do Instituto Federal de Goiás. Durante o encontro da Abrasel, o ministro Vinicius Lages destacou a importância econômica da alimentação fora de casa. “O setor é responsável por 2,4% do PIB, gera seis milhões de empregos diretos e congrega cerca de um milhão de empresas”, disse.

O ministro Vinicius Lages também reforçou que os serviços de gastronomia e restaurantes do país estão entre os mais bem avaliados pelos brasileiros em viagem doméstica. “De acordo com a última pesquisa anual de demanda doméstica do MTur, o índice de satisfação chegou a 89,7%. Além disso, 93,2% dos estrangeiros que visitaram o país durante a Copa do Mundo aprovaram a gastronomia brasileira e 92,8% avaliaram positivamente os restaurantes que frequentaram”, disse o ministro.

A exposição Vinum Brasilis, considerada o maior evento de vinhos nacionais fora do Rio Grande do Sul, abriu espaço para degustações orientadas, divulgação e comercialização de rótulos nacionais, com ênfase em vinhos goianos e valorização da produção regional. O evento ocorre entre esta quinta-feira (13) e sexta-feira (14). O Brasil é o 13º maior produtor de vinhos, atrás de Itália, França, Espanha, Estados Unidos, Argentina, Austrália, Chile, África do Sul, Alemanha, Portugal, Romênia e Grécia.

O ministro também visitou o Festival Gastronômico do Instituto Federal de Goiás (IFG), que este ano também está integrado ao Cozinha Goiás. Coordenado pelos professores do bacharelado em Turismo e do curso técnico integrado em Cozinha, os professores aproveitam o evento para integrar as áreas, valorizando o conhecimento e a troca de experiências. As atividades acontecem no prédio do IFG – Campus Goiânia.

Deixe um comentário

*