Fique linda e economize água!

 ideias que podem colaborar para que a gente continue os nossos cuidados de beleza e higiene pessoal, mas sem desperdiçar água!

Ideias que podem colaborar para que a gente continue os nossos cuidados de beleza e higiene pessoal, mas sem desperdiçar água!

Por Fê Gonçalves*

Com toda essa situação da crise da falta de água em São Paulo, e em outras regiões, tenho me perguntado no que eu poderia contribuir ∼ além de economizar água ∼ e que mensagem poderia passar. Tenho visto notícias alarmando a situação, claro, pois é muito séria, e até pedindo para a população sair de São Paulo porque a água vai acabar. Também já recebi da Sabesp um folheto comunicando a multa que teremos que pagar no caso de aumento do consumo da água. Eles agirão diretamente no bolso do consumidor, consumo alto = a multa e acabou!

Mas me peguei pensando que o problema é mais embaixo e não sei se estou por fora das ações, mas vejo pouca discussão sobre a educação da população em relação ao uso da água. Não tenho visto campanhas sobre isso e acho que nem dá tempo para ter um resultado imediato, a situação chegou a tal ponto que não tem investimento e nem tempo realmente, pois já estamos vivenciando a crise. Nós sempre consumimos água sem preocupação, vai dizer que estou mentindo? Banho demorado e relaxante, torneira aberta, a limpeza da calçada e do quintal, a lavagem do carro…e por aí vai.

Bom, a minha intenção não é dar sermão e muito menos dizer para não tomar mais banho, não lavar o cabelo e nem o rosto. Pensei em reunir algumas ideias que podem colaborar para que a gente continue os nossos cuidados de beleza e higiene pessoal, mas sem desperdiçar água!

Depilação: você sabia que 20 minutos de banho consomem 120 litros de água? É muita coisa, gente! Então, se você gosta de se depilar no banho, busque outras alternativas como a depilação com cera, por exemplo. O crescimento estimado dos pelos na depilação com cera é, em média, de 20 a 25 dias, o que aumenta a economia de água, não é? Se não curte ir ao salão para fazer esse tipo de processo, existem opções de produtos para que possa se depilar em casa sem usar água. A Veet tem uma linha bem interessante de produtos, vale a pena conhecer!

Cabelo: muita calma nessa hora que não vou dizer para não lavar mais o cabelo…rs. Mas uma alternativa interessante, para reduzir o tempo no banho, seria lavar o cabelo com menos frequência e usar o shampoo a seco para tirar a oleosidade dos fios e dispensar o enxágue. É possível fazer isso dia sim, outro não, alternando o lavagem no banho. Eu já aderi essa prática e está tranquilo, existem ótimos produtos no mercado que ajudam a recuperar o brilho dos cabelos assim que aplicamos o produto. Se tiver dúvidas de quais marcas usar, posso fazer esse levantamento tranquilamente.

Pés e mãos: eu cresci vendo a minha mãe e minha tia colocando os pés e mãos de molho para fazer as unhas. Hoje não vejo mais, esse processo não tem sido usado, mas não duvido que existem mulheres que ainda tem essa prática que ajuda a amolecer a cutícula. Graças a evolução do mercado de cosmético no Brasil existem cremes hidratantes que fazem esse trabalho de amolecer a cutícula rapidinho, entre 3 a 5 minutos. Fora que acho mais higiênico, pois previne infecções na pele por fungos e bactérias que ficam armazenados nos recipientes que são mal higienizados. Aliás, o hábito de tirar a cutícula é das brasileiras, nos EUA e Europa as mulheres não tiram a pele, que tem a função de proteger a unha e impedir a contaminação de bactérias e fungos na região. Elas apenas hidratam e cuidam dela com carinho. E eu também não tiro a minha!

Lavar o rosto: no hora de retirar a maquiagem, lavar o rosto sempre ajuda bastante a remover as impurezas. Mas e se você chegar em casa e não tiver água na torneira? Não entre em pânico, use e abuse dos demaquilantes e dos lenços demaquilantes, inclusive das opções bifásicas para a área dos olhos. Muitos deles além de tirar as makes à prova d’água, limpam, tonificam e hidratam a pele do rosto. Tem post aqui mostrando as opções que tenho usado no momento.

Passei a semana inteira pensando nas mudanças de hábitos para mim e que ao mesmo tempo fossem interessantes de compartilhar. Nós precisamos, urgentemente, nos conscientizar e rever os nossos hábitos para cortar de vez o desperdício. E isso não vale apenas para esse momento, tem que se tornar uma prática, não dá para viver assim, que futuro as crianças terão dessa forma? Vale a reflexão…

*Fê Gonçalves, autora do Blog A Melhor Escolha, é friorenta, disciplinada, vaidosa, adora moda, maquiagens, cosméticos, comidinhas saudáveis e academia. Super adepta à busca pela qualidade de vida, com a prática de hábitos mais saudáveis.

Deixe um comentário

*