Férias: temporada de caça ao sinal de Wi-Fi nas pousadas e hotéis

George Bem (*)

Houve um tempo – não muito distante – que apenas os executivos e funcionários de empresas e em trânsito exigiam que os hotéis fornecessem sinal de Internet nos quartos e na área social para que pudessem trabalhar. Com o aumento do número de pessoas – crianças, tios, avós – de posse de um dispositivo móvel, a exigência mudou um pouco. Agora, os hotéis e pousadas somente conseguem clientes se puderem garantir sinal de Internet em todas as dependências, além dos quartos: na piscina, no campinho de futebol, no restaurante.

O sinal fraco ou ausente de Wi-Fi está entre as principais reclamações dos hóspedes, o que pode gerar muita mídia negativas nas redes sociais. É antiga história: cliente satisfeito conta para um, o insatisfeito, para mil. Então, como garantir a alta disponibilidade de serviço vital para o estabelecimento de hospedagem e lazer? Aqui podemos listar os pontos básicos para o sucesso na entrega do serviço:

Suporte 24/7 – Contratar empresas de tecnologia que possam garantir o SLA, que é a sigla de Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço – ANS). O SLA consiste num contrato entre duas partes: entre a entidade que pretende fornecer o serviço e o cliente que deseja se beneficiar deste. Há alguns dias, um amigo nosso chegou para se hospedar em um resort que enfrentava havia sido dias problemas no Wi-Fi. Quatro dias! O gerente alegou que não os técnicos estavam com muito serviço e que também não queriam trabalhar no final de semana. Oras, neste mercado de tecnologias os problemas não escolhem dia e hora para acontecerem. Simplesmente acontecem e você tem que resolver. Por isso, você tem que contratar uma EMPRESA que garanta o SLA, e não pode depender da vontade de profissionais autônomos, que lá têm os seus motivos para não desejar trabalhar no feriado ou domingo.

Infraestrutura tecnológica atualizada – Os sistemas estão cada vez modernos e exigindo muito mais processamento de máquina. Existem muitas diferenças entre as tecnologias (roteadores e repetidores) de sinal de Wi-Fi. As melhores marcas são as mais caras, mas, no entanto, são as que melhor oferecer aquilo que é necessário para que entregar ao cliente um serviço à altura das suas expectativas.

Segurança – Como os hóspedes trafegam por muitas páginas na Internet, nas quais você não têm controle, e bem sabem se os seu dispositivos móveis estão protegidos, é mandatório ter um conjunto de sistemas de segurança de rede e de aplicações capazes de responder pró ativamente aos riscos que o roubo online de dados representa.

Redundância de Internet - Redundância é um termo muito conhecido por quem trabalha com informática, sistemas e redes de computadores e reúne os meios para se garantir que um computador se mantenha conectado à Internet quando a conexão principal de um provedor apresenta problemas ou pare de funcionar. Em cidades onde existe apenas um provedor de serviços de Internet (ISP), a situação pode ficar pior. Isso porque as empresas locais não podem contar com o serviço de outro provedor para garantir que as atividades se mantenham em funcionando. Por isso, apesar de poder representar uma despesa a mais, é importante pode contar com um acesso adicional à Internet. A este serviço adicional chamamos de redundância.

Como garantir a redundância de Internet?

O primeiro passo é verificar se existe outro provedor de Internet em sua cidade e fazer a contratação para que, se o serviço já existente sofra alguma pane, este segundo serviços entre em operação, evitando que a queda da conexão possa trazer perdas na execução de tarefas, seja ela o salvamento de um arquivo, seja uma transação financeira online. Lembra da empresa de suporte 24/7 que comentamos anteriormente? Ela também pode ajudar nesta escolha.

A Internet via Satélite é alternativa

Com a Internet via satélite, as empresas podem mantém o serviço do seu provedor tradicional e podem ser beneficiada por um serviço com uma série de benefícios e serviços adicionais, como por exemplo, adicionar serviços de telefonia via IP (que é o protocolo da Internet), adicionar acesso privado às redes corporativas (VPN), acesso para IOT, transmissão de vídeo e entre outras atividades. Há casos em que o próprio provedor de Internet já oferece este serviço de redundância. Vale a pena consultar o ISP sobre isso. O que vem ganhando mercado e se tornando uma realidade é a Internet via satélite, onde a nova tecnologia consegue oferecer alta velocidade e excelente relação custo/benefício, viabilizando o uso de uma tecnologia que, em um passado recente, só era possível para grandes empresas e com muito dinheiro para investir.

De depois de tudo isso, nada melhor do que desejar boas férias aos seus hóspedes e a você também (quando chegar a hora).

(*) CEO da InternetSAT, operadora e integradora de soluções de Telecomunicações.

#WiFi #InternetSAT #GeorgeBem #SLA

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*