Endocardite: cuidar da saúde bucal pode evitar AVC entre outras doenças graves

A endocardite pode levar o paciente a uma insuficiência cardíaca, embolia pulmonar, AVC, insuficiência renal aguda e inclusive em 30% dos casos levar o paciente a óbito.

fica o alerta sobre a importância para com a saúde bucal e marque sua consulta com o cirurgião dentista de sua confiança regularmente.

Fica o alerta sobre a importância para com a saúde bucal e marque sua consulta com o cirurgião dentista de sua confiança regularmente.

Por ProfºDr. Mario Leonardo                                                      

Vivemos numa geração onde todos buscam o belo e a estética. Um sorriso bonito está totalmente envolvido com o auto estima das pessoas, bem como nos relacionamentos interpessoais, profissionais e amorosos. Lógico que o belo se faz importante nos dias atuais, porém a saúde bucal está em evidência e vai muito além da estética, sendo que a base para dentes bonitos é uma boca saudável.

Esse assunto torna-se oportuno, uma vez que a má qualidade nos cuidados e tratamentos odontológicos podem acarretar em conseqüências graves, levando alguns pacientes inclusive a morte. Isso mesmo: as bactérias podem sair da boca e seguirem para a circulação sanguínea, desencadeando uma sepse (infecção geral grave), bem como se alojarem no coração, acarretando na temida endocardite bacteriana.

Como consequência, a endocardite pode levar o paciente a uma insuficiência cardíaca, embolia pulmonar, AVC, insuficiência renal aguda e inclusive em 30% dos casos levar o paciente a óbito. O tratamento não é fácil, sendo necessário muitas semanas de internação hospitalar, com uso de antibióticos fortes por via venosa e muitas vezes é necessário cirurgia cardíaca. 

Assim, fica o alerta sobre a importância para com a saúde bucal e marque sua consulta com o cirurgião dentista de sua confiança regularmente. Com a saúde bucal em ótimas condições, você está apto a buscar o belo no seu sorriso.

*ProfºDr. Mario Leonardo é diretor clínico e endodontista (CRO 94.931), mestre pela USP, professor da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas e pesquisador UltraDent (Salt Lake City – Utah). 

Deixe um comentário

*