Dia das Mães: presidente da Abefin dá 6 orientações para economizar no presente

ELA MERECE. Mas é preciso cuidado para não ultrapassar o orçamento e entrar em um endividamento que pode levar à inadimplência.

Por Reinaldo Domingos*

Nas compras dos presentes de Dia das Mães – celebrado em 14 de maio – é preciso cuidado para não ultrapassar o orçamento e entrar em um endividamento que pode, até mesmo, levar à inadimplência. Por isso, o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos, dá orientações para economizar.

“Quem acreditar que o tamanho do sentimento deve ser representado no preço do presente correrá sério risco de gastar mais do que pode. Afinal, o amor pela mãe é imensurável e não deve estar atrelado a nenhum bem material. Se o desejo for dar um presente de alto custo, é válido fazer um planejamento antecipado e poupar mensalmente para poder fazer isso no próximo ano, sem entrar em endividamento”, orienta Reinaldo.

Confira 6 orientações para economizar nas compras de Dia das Mães:

1- Realize os sonhos de sua mãe

Evite correr o risco de comprar algo que ela não goste ou nem esteja precisando. Converse sobre os sonhos – que vão além dos desejos de consumo – como viajar, trocar de carro ou de casa. Caso não possa presenteá-la com a realização deste sonho, você pode dar o primeiro passo: juntar uma quantia para que ela complete e conquiste futuramente.

2- Respeite o seu orçamento

Não dê passos maiores do que as pernas. Caso já tenha poupado dinheiro para esta ocasião, mantenha-se no orçamento. Caso não tenha feito uma reserva com antecedência, preze por sua estabilidade financeira e presenteie com algo simples, de valor emocional e simbólico, que remeta ao sonho. Reunir os irmãos pode gerar um montante maior.

3- Compre com consciência

Pesquisar preços em pelo menos três lojas diferentes e negociar descontos e melhores condições de pagamentos são formas simples de valorizar o dinheiro que você trabalhou duro para conquistar. As economias obtidas podem ser o primeiro aporte para realizar um sonho no futuro, seja o seu ou o de sua mãe.

4- Evite compras a prazo

O parcelamento, apesar de ser uma facilidade no pagamento, também é uma forma de endividamento. Caso realmente precise dividir o valor em algumas parcelas para pagar nos próximos meses, tenha certeza de que elas caberão no orçamento, para que não corra o risco de se tornar inadimplente.

5- Presenteie com o coração

Nem sempre o que a mãe deseja é um presente “comprado”. É possível que ela queira ter mais tempo com os filhos, fazer um passeio ou ser convidada para uma refeição preparada com carinho. Não tenha medo de sair do convencional e demonstrar seus sentimentos por meio de atitudes.

6- Poupe para o ano seguinte

O Dia das Mães é uma celebração que se repete todos os anos, portanto procure conhecer os verdadeiros sonhos de sua mãe e comece a poupar, desde já, para realizá-los no próximo ano. Traçar um planejamento com antecedência e reservar dinheiro mensalmente para comprar algo é ter educação financeira.

Fonte: DSOP Educação Financeira

*Reinaldo Domingos é doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista e é autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.

Hashtags: #diadasmaes | #presenteparaodiadasmaes | #dsop | #dsopeducacaofinanceira | #educacaofinanceira | #reinaldodomingos | #associaçãobrasileiradeeducadoresfinanceiros | #abefin

Deixe um comentário