Criolipólise x Lipo

Conheça as diferenças desses tratamento e veja as indicações de cada um.
Uma das tecnologias mais eficientes para reduzir a área abdominal é a criolipólise.

Atualmente, uma das tecnologias mais eficientes para reduzir a área abdominal é a criolipólise.

Com o avanço da tecnologia, ficou mais fácil cuidar do corpo. Se antes só havia a opção da cirurgia, hoje é possível escolher entre equipamentos que reduzem medidas e uma lipo, por exemplo. E como escolher entre um e outro? É claro que o médico vai ajudar na hora de optar pelo tipo de procedimento. Mas há diferenças que são importantes conhecer.

Uma das tecnologias mais eficientes para reduzir a área abdominal é a criolipólise. Esta técnica congela as células de gordura, causando sua morte natural. “Em apenas uma sessão de uma hora, é possível acabar com pelo menos 25% das células gordurosas”, afirma o cirurgião plástico Rodrigo Fuzaro, de São Paulo. Em sua clínica, o Dr Fuzaro aplica o Dualsculpting, modalidade em que são utilizados dois aparelhos de Coolsculpting para reduzir, na mesma sessão, a gordura dos flancos e do abdome.

Esta técnica é usada principalmente para quem não tem tanta flacidez na região abdominal, pois o aparelho melhora este problema desde que não esteja em excesso. “Para quem tem uma flacidez significativa no abdome, a melhor solução é a cirurgia. Com a plástica abdominal, pode-se reduzir a gordura e também a flacidez”, afirma Fuzaro.

Muitas vezes, é possível associar as duas técnicas: reduzir a barriguinha baixa – que aparece depois do parto, por exemplo – com uma lipo e aplicar o aparelho nos flancos. O Dr. Rodrigo Fuzaro lembra ainda que na cirurgia é possível antever os resultados, o que não acontece com a criolipólise. “Os resultados do aparelho depende a máquina, mas que se torna uma excelente opção para quem tem medo ou falta de tempo para a cirurgia. E a plástica é mais precisa. Por isso, é importante analisar caso a caso”, conclui o médico.

Comments are closed.